quarta-feira, 27 de abril de 2016

"Aproveitem-se das vantagens do sistema ocidental"


A vereadora muçulmana da plataforma esquerdista Guanyem Badalona En Comú (em coligação com vários partidos entre eles o Podemos), Fatima Taleb Moussaqui, disse que os muçulmanos deveriam aproveitar-se das vantagens do sistema ocidental, como as prestações e ajudas à habitação, mas mantendo-se à margem socialmente. Isto porque, acrescentou a mulher de origem marroquina, a primeira vereadora muçulmana na Catalunha, não é justo os muçulmanos renunciarem a sua cultura. Forte apoiante da independência catalã, Fatima acredita que se Catalunha se tornar independente de Espanha os muçulmanos poderão aproveitar-se disso - a Catalunha independente poderia ser um novo país europeu islâmico, quiçá? - e não é por acaso que é a favor de que os imigrantes possam exercer o direito ao voto.
Antigamente os muçulmanos tentavam islamizar através da guerra. Hoje em dia islamizam graças às abébias que os ocidentais lhes dão...

6 comentários:

Adilson disse...

De fato. A esquerda está realmente bestializando a Europa. E maçonica e globalista União (Criminosa e genocida) da Europeia está feliz.

FireHead disse...

A esquerda serve-se do islão e os muçulmanos aproveitam-se do idiotismo útil. Em comum têm o mesmo objectivo: acabar com a influência cristã do Ocidente. No dia em que isso acontecer, os muçulmanos depois aniquilarão os esquerdistas e aí terão o califado.

Lura do Grilo disse...

Parece que na Catalunha a língua árabe é mais acarinhada que o castelhano. A Catalunha foi das regiões de Espanha que mais colaborou com Hitler.

FireHead disse...

E parece que muitos traidores catalães pró-independência veriam com bons olhos uma Catalunha islâmica. Muitos são também os muçulmanos que apoiam a independência catalã, como essa autarca. O motivo é muito óbvio.

http://bloguedofirehead.blogspot.com/2012/06/independencia-da-catalunha-islamica.html

http://bloguedofirehead.blogspot.com/2012/09/adeu-catalunya-hola-califat.html

Anónimo disse...

Em Portugal conheci um tipo de Barcelona que estava aqui num intercâmbio estudantil...branco, catalão de gema, fanático do Barcelona FC e pró-independência da Catalunha...era também um tipo impecável e porreiro mas já na altura me pareceu ser esquerdista...depois de o adicionar no facebook percebi que era mesmo de extrema-esquerda, e apesar de ser pró catalunha independente, semana sim semana não lá saía um post anti-branco e anti-direita e claro o tradicional apoio á causa palestiniana...

Fico mesmo incomodado porque muita desta gente europeia de esquerda até é bastante simpática e tal mas depois há ali qualquer coisa no cerebero deles que não funciona bem...como é que um independentista catalão orgulhoso pode adorar ver aquela bela cidade inundada de Africanos e muslos? não entendo

FireHead disse...

Quem é de esquerda em regra é a favor da independência catalã e também da causa palestiniana. Portanto não te admires quando tu na blogosfera dita nacionalista vires gente a vibrar com os defensores da independência catalã.

A Espanha é um reino que abarca mais do que uma nação; na verdade a Espanha é uma nação verdadeiramente multicultural, multilinguística e multiétnica. Logo, Barcelona, País Basco, Galiza, etc. fazem tudo parte do mesmo país.

O esquerdismo é um cancro; é a pala dele que as coisas estão como estão.