domingo, 13 de março de 2016

Notas soltas


Na inauguração da Casa do Benfica de Beja, o presidente encarnado Luís Filipe Vieira deu uma alfinetada no Jorge Jesus afirmando que com o Rui Vitória é possível o Glorioso ter sucesso com jogadores da cantera. "Destaco a nossa equipa de futebol, não pelo que fez nesta última semana - e foi muito -, mas pela capacidade que sempre teve durante todo o ano, de acreditar que seria possível chegar aqui. Não foi fácil, porque nenhuma mudança é fácil. Mas podem compreender a minha alegria e o meu orgulho quando vejo uma equipa tão madura e com tantos jovens jogadores da nossa formação a dar o seu contributo. Sempre pensei que isto era possível. O tempo - e o nosso treinador - provaram que sim. Que é possível sermos competitivos olhando para a nossa formação, que é possível ganhar combinando a experiência dos mais velhos e a irreverência dos mais novos, que é possível mudar contrariando o receio e a desconfiança de muitos".
É mesmo caso para dizer: ainda bem que Jorge Jesus já não é treinador do Benfica! Se ele tivesse saído mais cedo para o Sporting, possivelmente a esta hora o Bernardo Silva não teria ido para o Mónaco...


Alguém conhece o craque de râguebi britânico de apenas 17 anos da foto de cima? O nome do rapaz que actua na equipa dos Harlequins of London dificilmente passa despercebido entre os falantes da língua portuguesa. Ele chama-se Lamb quê mesmo??


A mulher do presidente turco Recep Tayyip Erdoğan, Emine Erdoğan, afirmou que o harém da era do Império Otomano era uma "instituição que preparava as mulheres para a vida". Essas mulheres eram educadas e alimentadas pelo sultão e pelos seus criados, sendo por isso uma "inspiração". O harém, bem como o Império Otomano, acabou em 1922 depois do laico Mustafa Kemal Atatürk, o pai da Turquia moderna, ter fundado a república turca.
É tão bom haver ainda mulheres submissas como a Emine e ver a Turquia a voltar a ser um país verdadeiramente islâmico... E querem os turcos entrar para União Europeia!


O músico de rua israelo-canadiano Yishai Montgoméry, de 26 anos, virou herói nacional de Israel depois de ter travado com a sua guitarra acústica um terrorista "palestiniano" que matou uma pessoa e feriu várias outras com uma faca em Telavive. Yishai atingiu o alógeno na cabeça com a guitarra até parti-la. A polícia israelita acabou por abater o alógeno e Yishai já ganhou uma nova guitarra, oferecida por um popular artista local.


Um desertor do Estado Islâmico entregou um documento aos serviços secretos internacionais com nomes de 22 mil pessoas de 51 países que se juntaram ao grupo terrorista na Síria. 72% deles falam árabe e 25% deles são sauditas, seguidos pelos tunisinos, marroquinos e egípcios. Os turcos são o maior grupo dos não árabes e atrás deles seguem-se os franceses.


A actriz Angelina Jolie, que juntamente com o seu marido Brad Pitt tem uma família verdadeiramente internacional à pala dos seus filhos adoptivos, despediu a sua ama por desconfiar que ela estava sempre próxima de Brad Pitt. Segundo consta, Angelina Jolie "não acredita que tenha acontecido alguma coisa" entre eles os dois mas mesmo assim fez um xeque-mate.


No Estado norte-americano da Virgínia Ocidental, uns defensores de leite não pasteurizado resolveram festejar a aprovação da legislação que reduz as restrições ao consumo de leite não pasteurizado bebendo precisamente leite não pasteurizado e como consequência acabaram intoxicados. As bactérias do leite cru podem ser perigosas e, segundo o Centro para o Controlo de Doenças Infecciosas, o consumo de leite não pasteurizado, isto é, leite não tratado, multiplica por 150 o risco de intoxicação alimentar.
LOL, o Karma é mesmo lixado!


Na região autónoma chinesa do Tibete já há finalmente um restaurante da Kentucky Fried Chicken (KFC)! Apesar de a intenção de abrir por lá um restaurante da KFC já durar há imensos anos, só agora há uns dias atrás é que a coisa se deu, muito por culpa da forte oposição do Dalai Lama que acredita estupidamente que os animais podem ter sido gente numa vida passada e que comer as galinhas criadas e mortas pela KFC vai contra os "valores tibetanos". Literalmente a lixar-se para o Dalai Lama, o restaurante garante que serão sempre contratados tibetanos e que a língua tibetana será sempre usada por lá juntamente com o mandarim, a língua oficial da República Popular da China.


A Coreia do Norte continua a ameaçar a segurança dos seus países vizinhos com o desenvolvimento de armamento nuclear. O líder norte-coreano, Kim Jong-un, afirmou recentemente que os seus cientistas já conseguiram reduzir o tamanho das ogivas nucleares de modo a poderem ser colocadas em mísseis balísticos. Em resposta aos exercícios militares conjuntos entre os EUA e a Coreia do Sul, a Coreia do Norte lançou no mar dois mísseis balísticos de curto alcance, mostrando ao mundo, e sobretudo à maçónica ONU, que a Coreia do Norte está-se a lixar para as sanções impostas. Até a própria República Popular da China, tradicional e única aliada da Coreia do Norte, está contra este atrevimento norte-coreano.


Foi lançada, creio eu, uma nova petição para ver se se acaba com a bárbara "tradição" da "queima do gato" nas festas de São João no Mourão. Esta barbárie tinha sido abolida em 2008, mas entretanto foi recuperada, pelo que é urgente voltar a aboli-la, pois, como o próprio site da Petição Pública recorda, isso vai contra o artigo 387º da lei n.º 69/2014 de 29 de Agosto.
Para quem não sabe, a "queima do gato" é uma "tradição" herdada dos celtas pagãos assim como as touradas são uma "tradição" nascida na ilha grega de Creta para glorificação da virtude pagã.

6 comentários:

Anónimo disse...

«Para quem não sabe, a "queima do gato" é uma "tradição" herdada dos celtas pagãos»

Onde é que isso está escrito?

Anónimo disse...

«só agora há uns dias atrás é que a coisa se deu, muito por culpa da forte oposição do Dalai Lama que acredita estupidamente que os animais podem ter sido gente numa vida passada e que comer as galinhas criadas e mortas pela KFC vai contra os "valores tibetanos".»

Porque é que as crenças do Dalai Lama são estúpidas?

FireHead disse...

«Onde é que isso está escrito?»

"O ritual de queimar o gato era comum na Europa. Foi relatado no País Basco, França, Alemanha e Inglaterra. A tradição remonta à época celta, Estrabão e Júlio César comentam o sacrifício de animais e humanos em fogueiras" (Wikipédia)

Fontes: Essays in Basque Social Anthropology and History, The Golden Bough, Volume 2 (2007), Rethinking Popular Culture: Contemporary Perspectives in Cultural Studies, Myths and Symbols in Pagan Europe (1988): Early Scandinavian and Celtic Religions, Festivals of Western Europe (2008), Ethnography of Europe. 3d ed. 1841, Sir James George Frazer (1854–1941) - The Golden Bough, 1922: § 2. The Burning of Men and Animals in the Fires.

Agora é só investigares se não acreditares.

FireHead disse...

«Porque é que as crenças do Dalai Lama são estúpidas?»

Porque as crenças dele são anti-metafísicas.

wind disse...

Que barbaridade!

FireHead disse...

Referes-te a quê? Ao último caso? Sim, é uma barbaridade. Não é por acaso que os bárbaros eram um povo pagão. :)