quinta-feira, 3 de março de 2016

Holanda detecta 30 refugiados suspeitos de crimes de guerra

Uma manifestação dos irracionais que são contra a PEGIDA em Utrecht no ano passado
Geert Wilders é capaz de ter agora motivos para sorrir ainda mais: as autoridades holandesas descobriram 30 suspeitos de crimes de guerra entre os refugiados em 2015, 10 deles são sírios e os restantes são provenientes da Nigéria, Eritreia, Sudão e Geórgia (países que estão também em guerra com o regime de Bashar al-Assad??). Já em 2014, apesar da Holanda ter recebido menos refugiados, o número de suspeitos de crimes de guerra foi maior: 50. Segundo a convenção de Genebra, pode-se recusar asilo quando "há razões para acreditar que (os refugiados) são culpados de crimes de guerra, crimes contra a humanidade ou outros crimes sérios".
Vamos esperar que o Partido da Liberdade ganhe as próximas eleições na Holanda. Há que ter fé.

4 comentários:

Adilson disse...

Novamente.

Creio que tudo o que se pode fazer pela Europa e rezarmos. Rezarmos para que o povo encontre forças para reagir praticamente e espiritualmente. Às vezes Nosso Senhor faz brotar um bem de fatos ruins, e Nossa Senhora intervém misteriosament. É o que mostra a história da Igreja.
Até.

Josephvs disse...

Bom entao aqui tens em Inglês

http://www.frontpagemag.com/fpm/262026/muslim-woman-who-beheaded-child-allah-made-me-do-robert-spencer

FireHead disse...

Adilson,

Eu só gostava de saber quando é que os refugees' lovers ganham juízo duma vez por todas. Ajudarmos quem precisa é uma coisa, prejudicarmo-nos à pala da estupidez é outra.

FireHead disse...

Josephvs,

Obrigado. Com certeza que a muçulmana é considerada doente mental...