quinta-feira, 10 de março de 2016

Benfica vence na Rússia


E pronto! Ganhámos na Rússia por 2-1, encaixámos mais seis milhões de euros pelo apuramento, somos agora uma das oito equipas mais fortes da Europa e conseguimos fazer com que na época 2017/18 Portugal tenha três equipas na Liga dos Campeões e mais três na Liga Europa!
Vi o jogo em directo na TDM a partir da 1:00 da manhã e vi a nossa equipa jogar sem medo e com muitos dos nossos jogadores a demonstrarem de que é que são feitos. Falo do jovem sueco Lindelöf, falo dos jovens portugueses Renato Sanches e Nélson Semedo, falo dos gregos Samaris e Mitroglou, falo do sérvio Fejsa, falo do grande desiquilibrador argentino Nicolás Gaitán, o melhor em campo, falo do jovem e já grande guarda-redes brasileiro Ederson, falo dos suplentes que entraram - Raúl Jiménez e Talisca - que decidiram o jogo, enfim, falo de toda a equipa bicampeã nacional e da grande noite fria de futebol que houve em São Petersburgo e que culminou numa grande vitória nossa por lá, salvo erro a primeira, e o quão excelente isto é para o futebol português.
Os golos só surgiram na segunda parte. O Zenit igualou a eliminatória por Hulk aos 69 minutos num lance em que Nélson Semedo é derrubado. O árbitro húngaro Viktor Kassai deixou seguir e os russos adiantaram-se na partida, mas a alegria deles só durou 16 minutos, altura em que o recém-entrado no jogo Raúl Jiménez desferiu um potente remate para a defesa de Lodogin que fez a bola bater na trave e sobrar redondinha para Nicolas Gaitán empurrar de cabeça sem oposição para o fundo das redes. Já quando o empate parecia ser o resultado mais certo, eis que outro suplente, o brasileiro Anderson Talisca, servido por Gaitán na área russa, controlou a bola com o pé esquerdo e rematou de pronto com o seu pior pé, o direito, fazendo a reviravolta no tempo de descontos. Pelo que aconteceu em campo, penso que o empate seria um resultado aceitável dado ao equilíbrio que houve, mas o futebol é mesmo assim. Jogámos melhor na Rússia do que em Alvalade e ganhámos em ambos os jogos.


"É uma vitória dos jogadores, de um grupo fantástico que tem trabalhado muito e merece este momento. Tenho de realçar também a postura fantástica dos jogadores que ficaram em Lisboa, o nosso presidente, pois é a figura do clube que mantém toda esta estabilidade e que permite que possamos ganhar mais vezes", disse Rui Vitória em declarações à RTP. "Estive nervoso, agitado, estamos nos quartos-de-final da Liga dos Campeões. É uma vitória justa, de uma equipa que demonstrou muita personalidade, sabia o que vinha fazer e esteve sempre organizada do ponto de vista defensivo. O golo não mudou a nossa forma de pensar, vínhamos com a missão de defender bem e fazer golos". Em relação aos nossos jogadores, Gaitán afirmou que "esta equipa merece pela humildade que tem e o respeito que demonstra sempre pelos seus adversários", Talisca garantiu que "a equipa sai fortalecida desta fase", Fejsa falou da "grande vitória para a família benfiquista", Pizzi e Jonas falaram do orgulho que é pertencer "a esta grande família", Mitroglou dedicou a vitória aos adeptos, Nélson Semedo sublinhou que "a união faz a força" e Salvio já anseia pelo próximo desafio. Do lado dos russos, André Villas-Boas, portista assumido, fez questão de demonstrar isso mesmo: "Não sou benfiquista. Apesar de ser uma equipa portuguesa, sou portista, e não me interessa muito onde o Benfica pode chegar na Liga dos Campeões. Peço desculpa mas é a minha sinceridade".
Apesar de nunca ter chegado aos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Zenit não é uma equipa qualquer. Em termos de poderio financeiro é de longe muito superior ao Glorioso devido aos milhões da Gazprom, o que permite ao clube adquirir grandes jogadores, como os nossos ex-jogadores Axel Witsel, Javi García e Ezequiel Garay. Se em termos financeiros nós não temos como esgrimir argumentos com os russos, pelo menos nós temos a nosso favor a mística e o peso da nossa história: é a 18.ª vez que somos a oitava melhor equipa europeia. Muito provavelmente ficaremos agora pelo caminho, pois só vão restar mesmo é tubarões nos quartos-de-final - o Real Madrid, o Paris St-Germain e o Wolfsburgo já lá moram -, mas deixem-nos sonhar, pois o sonho comanda a vida.


Que mais há a dizer? Obrigado, Benfica!! E agora as atenções viram-se novamente para a Liga NOS, para a importante final com o Tondela no Estádio da Luz! Carrega, Benfica!!

12 comentários:

cards disse...

O nosso grande guarda redes chama-se Ederson e não Everton.
Carrega Benfica.

wind disse...

Benficaaaaaaaaaaaaaaa:)

FireHead disse...

cards,

Lol, é verdade, enganei-me!! Já está feito o reparo, obrigado! :)

E é isso mesmo, carrega, Benfica!! Mas agora vamos lá desejar boa sorte ao Braga. :)

FireHead disse...

Wind,

Até os comemos!! :)

Observador disse...

Ooppss, Viktor Kassai é húngaro e não búlgaro.

Vitória de quem mais fez para isso. Quem diria que com tantas ausências na zona da defesa, Rui Vitória (e os jogadores) conseguiria montar uma equipa, um sistema, sem se dar pela falta de Jardel, Luisão, Lizandro.

Estamos de parabéns. A partir daqui, embora não hajam impossíveis, vai ser complicado. Talvez uma ténue esperança se dia 18, quando for mostrado o papelinho com o nome do adversário, lermos Wolfsburg.

Josephvs disse...

Parabens aos lampioes :)

FireHead disse...

Observador,

Tem razão, o gajo é húngaro! Já está rectificado também! Obrigado. :)

Fejsa regressou em boa hora e jogou muitíssimo bem! Samaris como defesa central não estranhou a posição! Renato Sanches tem um grande pulmão mas por vezes comete faltas ingénuas que podem ser perigosas! Nélson Semedo precisa de ganhar mais rotatividade. Raúl Jiménez merece mais oportunidades. Salvio também precisa de minutos nas pernas - porque não colocá-lo a ele e o Nélson na equipa B para ganharem ritmo?

E que dizer da falta que o Luisão felizmente não faz? E o Jardel? Lindelöf pegou de estaca! É jovem e um grande central. O mesmo em relação ao Ederson, primo de Artur Moraes. Jonas e Mitroglou estiveram um tanto apagados mas os dois são muito bons e têm que continuar no Benfica na próxima época! Pizzi também esteve apagado. Do Gaitán já nem são precisas palavras. O pior da noite? Para mim foi o Eliseu. Ele é esforçado, mas falta lá qualquer coisa...

O Wolfsburgo é forte. Aliás, todas as equipas que estarão nos quartos-de-final são necessariamente fortes. Uma coisa é certa: em termos de riqueza financeira, somos os mais pobres de lá. Somos claramente os underdogs. Duvido que consigamos passar à fase seguinte... mas o céu é o limite e a esperança é sempre a última coisa a morrer! Só espero é que a nossa ainda presença na competição não prejudique a nossa corrida ao tricampeonato e a nova conquista da Taça da Liga. Nada de euforias! Um jogo de cada vez.

FireHead disse...

Josephvs,

E parabéns também ao benfiquista do ex-treinador do Vitória Sport Clube, Rui Vitória! Onde é que andam os engraçadinhos que diziam que ele era o Rui Derrotas? ;)

Diana Fonseca disse...

Apesar de ser portista, o meu namorado também é benfiquista, parabéns!

FireHead disse...

Diana Fonseca,

Hehehe, o teu namorado tem bom gosto. E tu também, por gostares de um benfiquista. :)

CENSURADO AGAIN disse...

QUEM É ESSE 20 CABELO HORRIVEL

FireHead disse...

CENSURADO AGAIN,

O teu pai.