quinta-feira, 31 de março de 2016

Austrália lança filme para desencorajar imigração ilegal


As autoridades australianas investiram 4 milhões de euros num filme que visa desencorajar a imigração ilegal porque o país não recebe imigrantes com toda a facilidade, não lhes garante emprego nem uma vida próspera. O filme, que dura 90 minutos e tem um final trágico, é falado em árabe, pashtum, dari, urdu e farsi (línguas comuns a vários países do Médio Oriente) e está a ser divulgado no Afeganistão, Irão, Paquistão e Iraque. "Uma pesquisa independente nestes países revelou que existiam falsas percepções e rumores acerca da política de imigração da Austrália. Havia a percepção de que a Austrália é um país preferido para aqueles que desejam viajar ilegalmente de barco", afirmou um porta-voz do Departamento da Imigração da Austrália. "Foi difícil de ver. Deixou-me perturbada. Sei que são actores, mas estas coisas acontecem mesmo aos afegãos", contou ao jornal britânico The Guardian Ali Reza, de 18 anos. A produtora do filme (Put It Out There) é bem explícita na explicação da obra: "Este filme pretende educar e informar as audiências acerca da futilidade de investir em traficantes de pessoas, dos perigos da viagem e das políticas duras que os aguardam se chegarem a águas australianas".
A verdade é mesmo assim, faz muitas das vezes doer quando ela vem ao de cima. Mas ela tem que ser mesmo dita, custe o que custar, pois conhecendo-a seremos libertados...

2 comentários:

Afonso de Portugal disse...

Duvido que a mensagem passe. É que do outro lado há uma propaganda muito forte em sentido inverso.

FireHead disse...

Ainda assim, a Austrália é um exemplo no que diz respeito à intercepção de embarcações ilegais. Se ao menos a Europa fizesse isso...