domingo, 6 de março de 2016

A moda de chamar «asiáticos» aos violadores muçulmanos


Uma menina de oito anos foi atacada sexualmente por um muçulmano em Greggs, em Leeds, no Reino Unido. A polícia de West Yorkshire dispõe das imagens do alógeno, captadas pelas câmeras de videovigilância, e já encetou a caça ao homem.
O anedótico é que, uma vez mais, o politicamente correcto não quis chamar os bois pelos nomes e disse que o pedófilo muçulmano, mais um, é um "asiático". Será que um europeu nativo convertido ao islão que vira violador também se torna "asiático"?

6 comentários:

Lura do Grilo disse...

Numa padaria e com a mãe por perto a pagar a conta na caixa! Não há limites para a perversidade dos maometanos

FireHead disse...

Se calhar é porque sabem que têm as costas quentes. Basta sempre que se sintam ofendidos de usar como arma de arremeso o chavão que é a islamofobia, do mesmo modo que os negros adoram usar a cartada do racismo quando se sentem discriminados.

Adilson disse...

Sem palavras estou!!!

Aqui no Brasil ainda é viva e forte a cultura da humilhação e pancadaria em praça pública contras esses tipos de bestas. Já houve caso de massas enfurecidas invadir delegacias, destruir o patrimônio da polícia, tirar um estuprador da prisão e surrá-lo até a morte. Nas cadeias e presídios esse tipo de besta é transformado em mulher para a diversão dos presos! E não há nada que os hipócritas dos direitos humanos possam fazer!

Até.

FireHead disse...

Eu continuo à espera que os muçulmanos violadores continuem a importunar mulheres esquerdistas, feministas, políticas das elites reinantes, os familiares destas, etc. etc.

Rui Vaz disse...

Na Inglaterra é assim que os chamam e não é incorrecto. Normalmente os media chamam-nos "south asians" ou "asians", referindo-se a indianos, paquistaneses, bangladeshes, indonésios, malaios e por aí fora a questão é que nem todos eles são muçulmanos como você sabe apesar de partilharem traços étnicos muito semelhantes. Qual é a diferença entre um indiano e um paquistanês? Sabe me dizer?
E a diferença entre um indonésio e um malaio?
Por exemplo na India, os muçulmanos ainda são uma minoria de 15 ou 20% por isso é incorrecto chamar muçulmanos a todos os asiáticos só por serem digamos parecidos uns com os outros, até porque os chineses e os japoneses que também são asiáticos mas a maioria não são muçulmanos.
Olhando para essa foto é natural considerar esse sujeito como asiático mas ele até pode ser inglês pois é o eterno problema das nacionalidades no Ocidente que infelizmente deixaram de respeitar a sua identidade como a raça, a cultura e a religião, misturaram-nas e agora é perigoso dizer o que quer que seja para não ofender gente de outras cores ou de outras culturas pelo menos na Europa. Já no resto do mundo pode-se discriminar à vontade.
Errado é chamar muçulmanos a todos os asiáticos. Espero que me tenha feito entender de forma simples.

FireHead disse...

Claro que sei. Um indiano é um indiano, um paquistanês é um paquistanês, um indonésio é um indonésio e um malaio é um malaio. São nacionalidades diferentes, com línguas diferentes (embora possam ser parecidas) e mesmo com etnias diferentes. Dizer que são todos iguais só porque são asiáticos é que é bastante redutor, pois se quisermos ir por aí, então também os israelitas são asiáticos, bem como muitos russos da parte asiática do imenso território da Rússia.

O politicamente correcto continua impedido de dizer a verdade. Se não se sabe a religião que o alógeno professa, pelo menos que diga qual é a sua nacionalidade e a sua origem. Tens dúvidas de que se esse anormal tivesse a nacionalidade inglesa, os mérdia já diriam que ele é inglês, como acontece muito na Suécia com os "novos suecos", isto é, imigrantes que com o tempo adquiriram a nacionalidade sueca??

Há muitos muçulmanos nascidos no Ocidente. E também há muitos ocidentais que são convertidos ao islão. Eles não se tornam asiáticos por causa disso, como é lógico.