segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

O que os mé®dia não nos dizem sobre a crescente criminalidade alógena em Berlim

A criminalidade descontrolada provocada por alógenos, como os muçulmanos, está a devastar a capital alemã. A nível nacional, os crimes cometidos por migrantes aumentaram 79% em 2015. A polícia não tem mãos a medir e os políticos fazem de conta que não se está a passar nada. Há que agradecer à política de portas abertas da Angela Merkel pela invasão islâmica. Vinde agora dizer que o aumento da imigração terceiro-mundista não faz aumentar também a criminalidade!

video

Mas não dizem que a esperança é a última a morrer? Sim, é mesmo, pois há refugiados iraquianos que estão a deixar a Alemanha para voltar para o Iraque! Os mé®dia nojentos, como os britânicos, perguntam porque é que estes oportunistas alógenos não se deram bem na Alemanha: "Vós chegastes à Alemanha e mesmo assim agora quereis voltar para o Iraque?", perguntou o jornalista no vídeo que podemos ver em baixo. Yes, responderam eles, mesmo que morram por lá. Home, sweet home, certo? Então good-bye! Auf wiedersehen!

video

4 comentários:

Dr. NO disse...

Se não regressaram ao Iraque, falem com o Costa que ele mete-os cá todos: na agricultura, nas universidades e nas piscinas!

Costa - o coveiro de Portugal, da República, da democracia e da paz.

FireHead disse...

Por mim podem não regressar ao Iraque desde que bazem para outros países islâmicos como o Irão, o Iémen, o Dubai, o Koweit, etc.

Anónimo disse...

Engraçado que o alcorão condena a criminalidade bem o uso de alcool ,e oque mais vemos entre os médio orientais estacionados em solo Europeu é o uso indiscriminado de álcool e a violência dirigida a membros da própria comunidade .

FireHead disse...

Engraçado que o Alcorão exorta claramente aos fiéis para matarem os "infiéis".