sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

«Nós continuaremos a vir aqui em centenas de milhões até a Europa virar negra!»

O comentador, blogueiro e analista Sukant Chandan, um tremendo activista anti-imperialista e anti-colonialista de nacionalidade britânica, disse que os negros e os asiáticos devem continuar a ir para a Europa porque o imperialismo ocidental roubou a riqueza e destruiu os seus países. É preciso que centenas de milhões de extra-europeus continuem a ir para a Europa para, como dizia o Muammar Khadafi, tornar a Europa negra! É um longo processo, mas a Europa há-de lá chegar...

video

Só não consigo perceber qual é a parte do anti-imperialista e anti-colonialista ele é depois de ter dito isto. De resto, é o marxismo cultural no seu melhor...

5 comentários:

Adilson disse...

Novamente!

Bem, jumento sempre será jumento. Há ditado que diz assim: "Deus sabe porque as cobras não tem asas"! Tá aí. As tecnologias e as políticas esquerdistas com acesso aos milhões de dinheiro público e e privado, está cada vez mais se tornando a hegemonia da destruição. Os capitalistas globalistas agradecem, pois sabem que essas bestas estão cumprindo os objetivos deles.

Afonso de Portugal disse...

Cabrão!

Afonso de Portugal disse...

O Sunkat Chanda, obviamente!

FireHead disse...

Adilson,

Por falar em Deus, então não sabes que há "nacionalistas", ou melhor, nazionalistas, que dizem que isso é tudo culpa do Cristianismo? Como os cristãos têm que dar sempre a outra face aos outros, mesmo aos que os querem matar, é preciso promover o suicídio da Europa deixando entrar escumalha tão hostil ao Cristianismo como esses próprios nazionalistas.

O problema é que até agora ainda não vi nenhum desses tipos explicar porque é que isso só está a acontecer à medida que a Europa vai-se descristianizando ao mesmo tempo que o paganismo vai ganhando força. Não é suposto acontecer precisamente o contrário, hem???

FireHead disse...

Afonso de Portugal,

Cabrões como ele ainda têm direito a tempo de antena. A Europa está mesmo lixada.