segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Um caso de integração bem sucedida na Alemanha

Um alógeno muçulmano conta como é que foi violar em grupo uma virgem na Alemanha:

video

A Angela Merkel deve estar radiante com isto!

4 comentários:

Afonso de Portugal disse...

Só é pena isto acontecer muitas vezes a jovens inocentes e não acontecer a certas mulheres europeias que odeiam os seus irmãos brancos...

FireHead disse...

Pois, coisas destas de certeza absoluta que não acontecem à Angela Merkel...

Anónimo disse...

não sei se o gajo é muslo ,tambem é porque isso não importa pois se fomos nos ater a essa questão devemos lembrar que é em paises cristãos onde ocorrem mais estupros no mundo. oque sabemos éque a raça sempre desempenha um papel no acometimento de estupros seja ess[ta raça de que religião for.

FireHead disse...

E tu possuis dados sobre as taxas de violação nos países não-cristãos, como países africanos ou do Médio Oriente, para afirmares que só nos países cristãos é que há muitas violações? Olha que a Índia ou o Paquistão não são países cristãos!

A Suécia não é de facto um país muçulmano, mas sim (nominalmente) cristão (ainda que protestante), e no entanto é o segundo país do mundo com a mais alta taxa de violação. Significa isto que os (cristãos dos) suecos são violadores natos?

Se a raça desempenha sempre um papel no acometimento de estupros então está a afirmar convictamente que não há violadores brancos? Ou vais fazer como os comentadores Direita e KAGANITA KAGORVM que dizem logo que eles não são brancos mas sim judeus, mestiços ou decaídos que são apenas fenotipicamente brancos e merdas do género?