sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Prisão para quem insulta o cão do rei!

Um homem incorre numa pena de prisão de 37 anos por alegadamente ter insultado no Facebook o cão do rei da Tailândia, um rafeiro adoptado de nome Tongdaeng, o que é um crime de lesa-majestade! Pawinee Chumsri, a advogada de Thanakorn Siripaiboon, de 27 anos, sabe que a acusação enquadra-se na lei contra a difamação real e considera-a "draconiana".
Na Tailândia o rei, que se chama Bhumibol Adulyadej e tem 88 anos, é considerado um deus pelo povo. Quem ousar insultar o monarca, a sua mulher ou os seus herdeiros pode ser condenado a penas de prisão de até 15 anos por cada acusação. O governo actual, que chegou ao poder através de um golpe de Estado no ano passado e que se considera "um campeão da democracia", tem prendido muita gente desta maneira, inclusive estrangeiros.
Até o cão do rei vale mais que uma pessoa na Tailândia!

2 comentários:

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

NÃO SABIA QUE EM PAISES BUDISTAS O NIVEL DE DESPOTISMO FOSSE ESSE

FireHead disse...

Oh, que chatice! Nos países ateus a vida talvez seja melhor, como por exemplo a Coreia do Norte, digo eu...