quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Menino quase cego no quadro de honra da escola Diogo Cão


O menino Diogo Santos, de sete anos e nascido com amaurose congénita de Leber, uma forma hereditária de perda de visão, vive em Mirandela, percorre todos os dias 120 quilómetros para ir à sua escola, que é a escola Diogo Cão de Vila Real, e o seu nome já consta no quadro de mérito e excelência da mesma por ser um dos melhores alunos da turma. "Acorda todos os dias às sete da manhã. Meia hora depois, entra no táxi – o custo é suportado pelo Estado –, que o leva até Vila Real, mas antes ainda passam numa aldeia aqui próxima (Cabanelas) para apanhar uma menina que também tem problemas de visão. Depois, chega a casa por volta das 18:15. A sua ambição em aprender ajuda a ultrapassar tudo", disse o pai do Diogo, Miguel Ângelo, de 40 anos. A escola Diogo Cão é uma das duas escolas referenciadas da região transmontana para a inclusão de alunos cegos ou com baixa visão. "Escolhemos Vila Real por uma questão prática. Ele tem consultas lá e no Porto. Assim, fica mais perto", acrescentou a mãe, Isabel Pereira, de 35 anos. Diogo só vê sombras, mas com o avançar da idade ficará totalmente cego. "Gosto muito de ir à escola e não me importa que seja longe e que tenha de ir de táxi porque eu quero aprender. Tive excelente a todas as disciplinas no primeiro período", contou Diogo, que sonha um dia ser técnico informático.
E queixamo-nos nós por tudo e mais alguma coisa... Aproveito aqui para enaltecer a atitude do Estado português, que criou uma rede de escolas de referência para alunos invisuais ou de baixa visão, em pagar as despesas de transporte do Diogo e também da outra menina. Afinal de contas o Estado também sabe fazer coisas boas.

8 comentários:

Lura do Grilo disse...

Uma infelicidade não é motivo de "enfrascamento" ou consumo de drogas: são estes casos que devem ser exaltados e não o discurso de coitadinhos e da vitimização.

Fatyly disse...

Tal e qual Fire...e como essas ajudas são preciosas. Mas há mais que são pouco badaladas e a todas as ajudas dadas a crianças e jovens com deficiências, tiro o meu chapéu e aplaudo de pé!

Parabéns Digo e segue o teu sonho e que os teus pais continuem a lutar como pais que são!

FireHead disse...

Lura do Grilo,

Infelizmente nem todas as pessoas conseguem encarar os problemas da vida. Mas é verdade o que você diz, até porque enfrascar-se ou drogar-se não resolve problema nenhum, antes pelo contrário.

FireHead disse...

Fatyly,

Que o Diogo realize todos os seus sonhos. :)

wind disse...

Sabe e deve, só que infelizmente isto não é divulgado.

FireHead disse...

Wind,

Pois não... é como falar das coias boas nos tempos doutra senhora. Como não falam delas, dá até a sensação que não as houve e que foi tudo mau naqueles tempos.

Princesas, Principes ou sapos disse...

Tomara muita gente ter a força do Diogo...

FireHead disse...

Princesas, Príncipes ou sapos,

Isto é uma verdade verdadinha. :)