sexta-feira, 13 de novembro de 2015

O Bashar al-Assad é mesmo um tirano que mata o seu próprio povo?

Sim, é isso que gostam de vomitar os nojentos mé®dia do mainstream, pois afinal de contas ele é um ditador. No entanto, uma revista de moda da Rússia, país aliado da Síria que está agora a tentar dizimar o Estado Islâmico, entrevistou Bashar al-Assad, esse bandido cruel, num fim-de-semana enquanto passeava com a sua família. Apesar de ter nascido no seio de uma família alauíta, que é uma seita derivada do islamismo xiíta, consta que o Assad não é lá muito praticante - não jejua durante o Ramadão, por exemplo - e a sua mulher é uma "sunita ultraliberal", Asma, que não usa o véu na cabeça.



Vós achais mesmo que este pai de família é um horrível assassino e que os rebeldes islâmicos pró-"democracia" é que estavam bem no poder depois de termos visto o que aconteceu na Tunísia, no Egipto ou na Líbia após a fatídica Primavera Árabe??

7 comentários:

wind disse...

Como as aparências iludem:)

FireHead disse...

Não me digas que tu também és daquelas pessoas que acham que os rebeldes sírios é que estariam bem no poder lá na Síria? Se sim então o melhor é abrires os olhos e enxergares a porcaria da realidade que já provou mais que provado o que é que a porcaria da pseudo-democracia já fez nos países onde os ditadores foram abaixo. Se calhar se o Assad fosse do Estado Islâmico o teu discurso já seria outro.

RICARDO DA SILVA LIMA disse...

Eu penso o seguinte: Bashar Al-Assad não é "flor que se cheire", mas será que esta dita oposição é melhor do que ele? Será que a maior parte do povo da Síria quer a tal endeusada "democracia"?

Sinceramente, eu duvido.

Querer impôr um tipo de sistema de governo a qualquer país, sendo que a maioria da população de tal país não o quer, não seria uma ofensa ao direito de auto-afirmação deste mesmo povo?

E cá entre nós: a democracia é uma grande porcaria, isto sim. Nada melhor do que uma boa monarquia, seguindo princípios morais e religiosos dignos e salutares, para fazer um país prosperar e melhorar.

wind disse...

Não, não percebeste o meu comentário?
Revê o que escrevi:)

FireHead disse...

Ricardo,

Quem quer impor a democracia na Síria são os americanos, muitos europeus e os habituais idiotas úteis de plantão. Pensam que os mesmos conceitos que os ocidentais têm são aplicáveis em países com gente de culturas e mentalidades diferentes. E depois dá a merda que já se viu com a Primavera Árabe que foi aplaudida por todos os anormais na sua verdadeira acepção da palavra. O Bashar al-Assad vai-se aguentando, ao contrário do Mubarack ou do Khadafi que já foram com os porcos, e como ele continua a dar luta, os idiotas úteis vão continuando frustrados e fodidos com ele. Só que, acredito, como do outro lado está também o Estado Islâmico, anda agora tudo muito caladinho porque a queda do Assad pode significar a vitória do Estado Islâmico e as imagens que nós podemos ver nas redes sociais sobre as atrocidades cometidas pelos jihadistas selvagens, apesar de não serem o suficiente para fazer com que os imbecis engulam duma vez por todas a necessidade de impor a merda da democracia na Síria, pelo menos são capazes de mantê-los bem caladinhos à espera duma nova oportunidade de dizer merda.

Quanto ao teu último parágrafo, a questão não é ser uma monarquia ou república, pois nas monarquias europeias há também democracia. Eu não sou monárquico, mas sim republicano, embora saiba que a república é de origem maçónica/pagã. Prefiro ter a possibilidade de escolher um presidente por tempo determinado do que ter que sustentar toda uma família de parasitas "reais" que nada de especial fizeram excepto terem nascido com o cu virado para a lua. Prefiro ter um presidente que não precisa de ter sangue azul para ocupar o cargo e que dá depois a vez a outro sem precisarmos de esperar que ele morra ou abdique do cargo. E digo isto porque para mim só Deus é Rei e não um homem qualquer.

FireHead disse...

Wind,

O que tu escreveste pode ser entendido de diferentes maneiras. Tu tanto podes estar a dizer que achavas que ele é mesmo um tirano e depois de teres visto estas imagens teres mudado de ideias porque viste que ele até é um homem com coração, sensível, de família, etc., como podes ter insinuado que ele apesar de ser um chefe de família carinhoso, etc. o gajo é mesmo assim um tirano. :P

wind disse...

Eu escrevi uma ironia:)