segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Activista liberal violada por negro acusa brancos pelo sucedido


Esta notícia já tem uns anos, mas é boa para nós sabermos até que ponto pode chegar a estupidez feminista: a activista liberal Amanda Kijera é uma feminista que foi violada por um negro quando estava no Haiti. Para além de não culpar o violador, Amanda defendeu-o e tratou de acusar os brancos porque a cultura dos brancos, no entender da violada, obriga os negros a violar pessoas! 
Mais pormenores em português no blogue Marxismo Cultural.

6 comentários:

VSM disse...

É bem provável que ela tenha gostado, muitas mulheres têm a fantasia de serem violadas, e por um negro ainda melhor. Mas depois é sempre preciso uma desculpa. Vá lá que desta vez não culparam os judeus...lol
Se por acaso duvidarem da tara das mulheres em serem violadas, leiam o livro "my secret garden" de Nancy Friday.

Ivan Baptista disse...

Olha que nem todas as nuticias, são para se levar a sério, não se deve acreditar em tudo..
Se a gaja gosta de ser violada por pretos, isso é lá com ela, agora culpar brancos por essas coisas ? Dasss !

FireHead disse...

VSM,

Bah, é uma acéfala a 100% e vozes de burro não chegam ao céu.

Aqui nesta foto ela aparece cheiinha. Será que algum negro lhe encheu a barriga? :O

FireHead disse...

Ivan Baptista,

Lol, o melhor é ires então ao e-farsas, pois muitos são os sítios que falam desta notícia.

E sim, se ela gosta de pretos, é lá com ela. Agora ter sido violada por um preto e acusar os brancos por causa disso?? Falta-lhe algo dentro da cabeça...

Anónimo disse...

"Mas depois é sempre preciso uma desculpa. Vá lá que desta vez não culparam os judeus...lol"

mas ai a cria se voltava contra o criador.

FireHead disse...

Anónimo,

Isso quer dizer o quê? Que a culpa afinal é dos judeus? Hahaha.