domingo, 11 de outubro de 2015

Os cristãos pagam a jizya ao EI

E isto é se eles não quiserem ser executados ou verem as suas mulheres transformadas em escravas sexuais. O serviço informativo do Estado Islâmico lançou um vídeo, no passado dia 3 no Arquive.org, em que mostra alguns cristãos que não quiseram abandonar a sua Fé a assinar o contrato de dhimmi (submisso ao islão) que os obriga a pagar a jizya (a taxa que os não-muçulmanos têm de pagar aos muçulmanos nas terras dominadas pela sharia) na cidade síria de Qaryatayn. No vídeo vê-se também muçulmanos selvagens a destruir uma cruz e uma igreja.

video

Toda a minha solidariedade para com os cristãos que não apostataram e que, face às circunstâncias, não tiveram outra opção senão aceitar pagar a jizya ao EI. Acima de tudo está a verdadeira religião, o Cristianismo. A seita do ídolo lunar árabe de Meca é sem dúvida nenhuma uma das invenções demoníacas de maior sucesso do mundo.

Sem comentários: