domingo, 9 de agosto de 2015

Sheik Munir agrediu a mulher


Notícia do Correio da Manhã: o líder da comunidade islâmica de Lisboa, o "moderado" sheik David Munir, de 52 anos, agrediu à cotovelada a sua esposa Nazira Barakzay, uma refugiada afegã de 29 anos, na mesquita central de Lisboa, onde ambos vivem desde que se casaram em 2014.
De acordo com o islão, é permitido um homem bater na sua esposa como forma de a corrigir e educar.

21 comentários:

Anónimo disse...

Isso nao muda o fato de paises cristãos serem recordistas em violencia contra mulher.

http://www.pulpitocristao.com/2013/08/sou-evangelica-e-meu-marido-me-bate.html?m=1

http://noticias.gospelmais.com.br/mulheres-cristas-vitimas-violencia-domestica-orar-denunciar-27091.html

Anónimo disse...

"(...) A região com as piores taxas é o Nordeste ( região mais cristã do Brasil), que apresentou 6,9 casos a cada 100 mil mulheres, no período analisado. Um ranking feito pela Organização das Nações Unidas (ONU) aponta o Brasil (pais cristão )na 7ª posição entre os países com maior número de feminicídios. Em primeiro lugar, fica El Salvador(pais cristão), onde este tipo de crime já foi tipificado.(...)"

http://www.m.vermelho.org.br/noticia/256061-8

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

É ASSIM ELA TAVA QUERENDO TIRAR A BURCA HOJE AMANHÃ O HIJAB DEPOIS VESTINDO ROUPAS OCIDENTAIS E SE PROSTITUINDO NAS RUAS COMO AS OCIDENTAIS VADIAS TIPICAS SUJAS DAÍ ERA NECESSARIO ACABAR COM O ETNOCIDIO OPRESSOR ALOGENO MOSTRANDO A ELA A SUPERIOR CULTURA ORIENTAL

wind disse...

E ninguém toma providências?
Estamos em Portugal.
E o apoio à Vítima?

FireHead disse...

Wind,

Boa pergunta! Não deve dar em nada, pois o agressor é apenas o exemplo de tolerância islâmica. :)

FireHead disse...

KVRGANIVS NOSTRATORVM,

Superior cultura oriental?? Então porque é que não vais para os países islâmicos e continuas num país cristão onde é tudo muito pior que nos países islâmicos? Aproveita e leva contigo o Direita e todos os outros anónimos que adoram vir para aqui dizer que os países mais perigosos do mundo são cristãos. Bazem todos dos países cristãos duma vez por todas.

FireHead disse...

Anónimo,

Primeiro: os "evangélicos" não são cristãos. São gnósticos.

Segundo: nem todos os que vivem nos "países cristãos" são de facto cristãos.

Terceiro: será que, por esta ordem de ideias, não existem ateus ou agnósticos que maltratam as suas mulheres? Será que podemos considerar "países ateus" a antiga URSS ou a China, responsáveis pela morte de mais de 100 milhões de pessoas?

Quarto: vê lá se deixas de ser totó.

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

MAS POR QUE FICOU OFENDIDO COM O SUPERIOR CULTURA DO LESTE?NÃO VIVES NO LESTE?ENTÃO POR QUE NÃO SAIS DA ZONA DE CONFORTO E SE MUDA PRA DETROIT OU PRO CONGO?

Ivan Baptista disse...

Não pode! Quando li a noticia, fiquei surpreendido, eu tive lá na Mesquita e falei com o Sheik.. Pareceu-me uma pessoa normal, não tenho nada contra as comunidades orientais islâmicas, Paquistaneses por exemplo, falei tabem com um ou outro do mediterrâneo , Marrocos e Argélia, agora o escarumba de um velho de idade que guardava a porta da mesquita insultou-me, disse-me que eu estava ali para gozar com eles, vim a saber que o gajo era da Guiné.
Falei com um jovem da guiné pacifico, e percebi que os mais velhos é que por ódio ou por causa de um passado colonial, incentivam o ódio ás gerações mais novas.
Quando falo mal de pretos, isso não quer dizer que sejam muçulmanos.
Há Angolanos, Cabo-Verdianos e etc.. principalmente nas gerações mais novas com a mania, mas nem todos são maus.
Para mim os piores de todos são os Branquelas com a mania do politicamente correcto, esses sim, para mim era vê-los executados e com ódio, por minha vontade até convertia-me ao EI e apanhava-os um a um.
Só não o faço por que não deixam, é que a lei está do lado da esquerda caviar, por isso nada a fazer é demasiado arriscado, ainda vinha a fazer companhia ao 44 a ver o sol aos quadrados ..

Ivan Baptista disse...

FireHead disse...


" Terceiro: será que, por esta ordem de ideias, não existem ateus ou agnósticos que maltratam as suas mulheres? Será que podemos considerar "países ateus" a antiga URSS ou a China, responsáveis pela morte de mais de 100 milhões de pessoas? "

Já ouvi falar que existia muçulmanos em África a lutar pelo nosso lado, pois os Soviéticos, China e Cuba , eram contra qualquer tipo de credos, a não ser o comunismo pois claro.

Ivan Baptista disse...


Anónimo disse...
"(...) A região com as piores taxas é o Nordeste ( região mais cristã do Brasil), que apresentou 6,9 casos a cada 100 mil mulheres, no período analisado. Um ranking feito pela Organização das Nações Unidas (ONU) aponta o Brasil (pais cristão )na 7ª posição entre os países com maior número de feminicídios. Em primeiro lugar, fica El Salvador(pais cristão), onde este tipo de crime já foi tipificado.(...)"

http://www.m.vermelho.org.br/noticia/256061-8

10 de agosto de 2015 às 00:52



Este é o perfeito exemplo de um politicamente correcto, das duas uma, ou gajo é pago lá pelo PT do Lula para defender a Casa/usa do PT, ou então é mais um tolo com problemas oftalmológicos.
Que o Brasil é desigual , problemático e violento, já toda a gente sabe disso, mas não ver que a violência nem sempre está relacionada com a exclusão social, porque tabem existe psicopatas em todas as classes sociais , raças e etc.. É de loucos.
Psicopatas existem em todos os lados e cada vês mais, só há uma solução, embora não fosse a favor, se por exemplo o Brasil tivesse a Pena de morte, se calhar a criminalidade seria menor, em Portugal por exemplo ainda não se justifica, e a pena de morte tem um senão, pode haver muitas injustiças e pode ser aplicada por tirania, mas se vivermos em países onde as nossas liberdades e a nossa integridade possa estar em causa, dasss , o melhor é tal como no USA, Pena de morte, é remédio santo, experimentem ai mudar a legislação no Brasil e vão ver que funciona ;)

Anónimo disse...

Mais uma exemplo vivo da "tolerância" dessa Religião da "Paz".

FireHead disse...

KVRGANIVS NOSTRATORVM,

Bom, se tu desejas tanto a superior cultura do leste, então porque é que não vais tu para o Oriente em vez de ficares no Brasil todo atrofiado da vida e a dizeres cobras e lagartos de tudo e todos? LOL!

E porque é que eu haveria de ir para África? Eu não quero nada com África e jamais lá porei os pés. E se é para ver negros não preciso de ir para África, pois na Europa há muitos e aqui em Macau também há uns quantos!

FireHead disse...

Ivan Baptista,

Saúdo a tua coragem em ires a uma mesquita para pores o diálogo com os muçulmanos a funcionar. A questão é saber até que ponto é que já vai a "taqqiya" deles, uma vez que a população muçulmana em Portugal é, ainda, minoritária e eles precisam de fazer esse joguinho na esperança de um dia serem muitos mais que é para poderem primeiro fazer exigências e depois começar a partir para o ataque como já acontece nos países mais islamizados da Europa.

Muçulmanos a lutarem por nós? Claro que houve. Infelizmente a colonização portuguesa não foi assim muito efectiva. As populações das antigas colónias, sobretudo da Guiné-Bissau e de Moçambique, não foram completamente cristianizadas como era suposto ter acontecido. Daí que muitos muçulmanos estacionados em Portugal, como o Sheik David Munir, o Abdool Vakil ou o Zeinal Bava serem precisamente de Moçambique.

A pena de morte não há em todos os EUA, apenas em alguns estados. Eu não apoio nem deixo de apoiar a pena de morte, mas sei perfeitamente que há crimes que não merecem perdão. Mas isso sou eu a dizer, que sou apenas um ser humano. Não dizem que perdoar é divino? :)

FireHead disse...

Anónimo,

Então tu não vês que foi tudo muito tolerante? O sheik David Munir podia ter matado a mulher, mas não o fez, limitou-se apenas a contentar com duas cotoveladas na fronha dela! Fê-lo por tolerância!!

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

Blogger FireHead disse...
KVRGANIVS NOSTRATORVM,

Bom, se tu desejas tanto a superior cultura do leste, então porque é que não vais tu para o Oriente em vez de ficares no Brasil todo atrofiado da vida e a dizeres cobras e lagartos de tudo e todos? LOL!

E porque é que eu haveria de ir para África? Eu não quero nada com África e jamais lá porei os pés. E se é para ver negros não preciso de ir para África, pois na Europa há muitos e aqui em Macau também há uns quantos!

12 de agosto de 2015 às 17:40

NÃO VOU PRO LESTE GOYIM POR QUE A AMERICA FOI INVADIDA POR ALOGENOS OS ALOGENOS QUE TEM QUE SAIR TENDAS DERIVADICES DESALICERCICAS E FF-CIAS

João disse...

Antes de qualquer julgamento deve-se tentar perceber o que se passou.
Como refere a noticia, a esposa estava em tratamento devido a sua doença de bipolaridade.
Só quem passa por uma situação parecida é que sabe como é uma situação complexa.
Depois de tudo a esposa regressa à mesquita, e permanece lá até hoje tendo uma casa em Odivelas e recebendo apoio do Estado?
Isso aconteceria se a Senhora, a Policia, amigas ou o mesmo o hospital sentisse que a integridade física da pessoa estivesse em risco?

Quando a mulher foi para o hospital com quem ficou a filha?

Não sou ninguém para julgar o sucedido, mas penso que se deve dar o beneficio da dúvida a toda a gente,
tendo também em conta que se trata de uma pessoa que nunca teve nenhum comportamento agressivo.
Com a queixa apresentada de certeza que o assunto vai a tribunal, deixemos que a justiça traga as respostas.
Se for verdade, justiça será feita.

FireHead disse...

KVRGANIVS NOSTRATORVM,

E tu és um desses muitos alógenos na América, pois tu não és ameríndio. Xô daí!

FireHead disse...

João,

Resolve-se um caso de bipolaridade à cotovelada? Esta para mim é nova.

Nunca teve nenhum comportamento agressivo? Mas isso é até à data. Lá sabemos nós se o homem não teve outros comportamentos agressivos sem nós sabermos?

O Alcorão na Surata 4.34 diz o seguinte: "... àquelas de quem temeis a desobediência, exortai-as, pois, e abandonai-as no leito, e batei-lhes".

Já o falecido cardeal-patriarca D. José Policarpo tinha avisado às mulheres não-muçulmanas para não se juntarem aos muçulmanos.
"Só é possível dialogar com quem quer dialogar, por exemplo com os nossos irmãos muçulmanos o diálogo é muito difícil", disse então na altura. D. José Policarpo sublinhou ainda que, no caso da comunidade muçulmana portuguesa, "estão-se a dar os primeiros passos". "Mas é muito difícil porque eles não admitem sequer [encarar a crítica de que pensam] que a verdade deles é única e é toda".

Abraço e, sim, que a justiça seja feita.

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...


E tu és um desses muitos alógenos na América, pois tu não és ameríndio. Xô daí!

NOSTRATIA GOYIM PARA OS NOSTRATICOS GOYINS XO ALOGENOS

FireHead disse...

«NOSTRATIA GOYIM PARA OS NOSTRATICOS GOYINS XO ALOGENOS»

O Brasil é nostrático? ROTFL!!!! Foi pelo hemisfério sul que o Hitler também andou a lutar, hahaha!