sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Porque é que os defensores do multiculturalismo vivem longe do multiculturalismo?


Segundo o sítio informativo Sputnik, os activistas e defensores do multiculturalismo na Dinamarca, os tais que defendem que o país deve receber mais imigrantes e refugiados, preferem viver em bairros sem imigrantes ou com poucos imigrantes, como Frederiksberg u Østerbro e København, e evitam os bairros islamizados. Uma "hipocrisia", classificou assim o historiador Mikael Jalving, famoso pelas suas críticas contra a imigração em massa: "Eles não querem submeter-se à prática que eles próprios propagandeiam em palavras. Vivem nos seus castelos de vidro e devem confessar que o seu conhecimento da realidade social é bastante limitado".
"Faz o que eu te digo, não faças o que eu faço", eis um bom ditado esquerdista. É claro como a água que quem não sofre na pele os problemas do multiculturalismo não tem problemas nenhuns em defendê-lo.

9 comentários:

Anónimo disse...

Por que é que os defensores dos ciganos não os querem ao pé da sua porta, mas sim, às portas dos outros?

Gaudio

FireHead disse...

Pois, é o tal mistério...

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

Anónimo disse...
Por que é que os defensores dos ciganos não os querem ao pé da sua porta, mas sim, às portas dos outros?

Gaudio

22 de agosto de 2015 às 09:58



Blogger FireHead disse...
Pois, é o tal mistério...

24 de agosto de 2015 às 14:28

SIM DEVIAM VOLTAR PRA INDIA INCLUSIVE OS QUE VC´S ENFIARAM NA AMERICA POREM HA UMA QUESTÃO POR QUE QUEM PERSEGUE GRUPO BUCHA TIPO CIGANO QUE CAGA NA RUA (ECA) TAMBEM NÃO PEGA NO PÉ DE OUTROS GRUPOS AINDA MAIS DESTRUTIVOS A SERIO EM TENDAS E CIA?

FireHead disse...

Deviam voltar para a Índia?? LOL! Mesmo que tenham a sua origem ancestral na Índia não significa que a Índia seja a terra se eles não forem de facto da Índia. Mas já sei que tu confundes todas as merdas que existem; qualquer dia dizes que não és do Brasil porque apesar de teres nascido no Brasil os teus antepassados não são brasileiros, lol.

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

Blogger FireHead disse...
Deviam voltar para a Índia?? LOL! Mesmo que tenham a sua origem ancestral na Índia não significa que a Índia seja a terra se eles não forem de facto da Índia.

25 de agosto de 2015 às 17:44

AINDA TENS DUVIDAS?O Y CONFIRMA A ORIGEM, AS LINGUAS ETC

FireHead disse...

Tu é que continuas com dúvidas. Se não são da Índia, não podem voltar para Índia porra nenhuma. O teu problema é o português.

Para os que gostam muito de dizer que um cão não se transforma numa galinha por nascer num galinheiro, então se o teu tetravô for da China, também voltarias para a China mesmo tendo tu nascido no Brasil?? Não sejas burro e ridículo ao mesmo tempo.

JP disse...

Talvez Portugal seja dos países mais multiculturais do mundo, e um dos raros onde isso parece funcionar. Talvez devido aos portugueses terem mantido contacto com vários povos durante muitos séculos. As comunidades cá estão bem integradas, sem os benefícios que existem na Suécia, etc. Mesmo a comunidade africana está bem integrada. São os filhos já nascidos em Portugal que fazem alguns desacatos, por influencia do afro-coitadismo transmitido pela imprensa e inspiração no rap e filmes dos EUA onde ficam com a mania que são gangsters do bairro. Certamente se viessem para cá mais islâmicos isso iria mudar. Mas continuo com a impressão que os islâmicos mais fanáticos não querem vir para cá. Esse pessoal só quer subsídios que cá não existem, logo se vierem alguns islâmicos é pessoal que quer realmente paz e sossego. O resto baza logo daqui e foge para o norte da europa ou uk.

FireHead disse...

Eu acredito antes que Portugal ainda não atingiu é o nível de podridão que já atingiram outros países, como a França, o Reino Unido ou a Suécia e, claro, o facto de ser um país "pobre" também faz com que os "migrantes" não querem nada ou tanto com Portugal.

Anónimo disse...

Às vezes ser pobre tem as suas vantagens.