terça-feira, 25 de agosto de 2015

Não aceitar refugiados é sinónimo de racismo e xenofobia!

video

Depois da Macedónia ter cedido, milhares de "migrantes" puseram-se em marcha para o centro/norte da Europa porque lá os países são mais generosos em termos de subsídios, como o Reino Unido (indo para lá através de Calais), Suécia ou Alemanha, ou seja, são óptimos países para o parasitismo. Dos cerca de 160 mil refugiados que chegaram à Grécia, poucos são os que permanecem nesse país em crise, pelo que procuram atravessam a Macedónia e depois para a Sérvia e a Hungria. Em Itália, os "migrantes" até têm a lata de se queixar das condições que lhes são oferecidas nos centros de acolhimento e exigem que o governo italiano faça alguma coisa em relação a isso! Além disso, no país dos transalpinos costumam acontecer coisas vibrantes nos centros de refugiados, como por exemplo violações, ainda por cima perpetradas por menores de idade! São as maravilhas da "religião da paz"!


Como não haveriam os "migrantes" de estar "famintos", como já andei a ler por aí, se, por causa da merda do islão, andam a recusar comida por ter uma cruz nas embalagens (comida da Cruz Vermelha) e por não ser comida halal (ou seja, "permitida")? São estes os muçulmanos fanáticos que estão a invadir a Europa! E como os europeus não querem que nada de mal lhes aconteça, como terem que passar fome porque isto seria uma péssima hospitalidade, são bem capazes de começar a oferecer-lhes comida halal! Tudo para não ofender a crença desses "migrantes", pois a Europa é um lugar de Direitos Humanos, onde há igualdade, fraternidade e liberdade!

video

Com a invasão de "migrantes" - a pior crise de refugiados desde a II Grande Guerra - surge uma reacção por parte dos europeus. Mas esta reacção é considerada "racismo" ou "xenofobia", pois os europeus para demonstrarem que não são "racistas" ou "xenófobos" só têm é de comer e calar, ou seja, aceitarem a invasão das suas terras sem um pio. Um edifício para refugiados em Weissach im Tal, na Alemanha, foi incendiado na sequência de fortes manifestações populares contra os refugiados. Weissach im Tal faz parte do estado federal de Baden-Württenberg, localidade que deverá receber 100 mil "migrantes" este ano. Também no leste da Alemanha, em Heidenau, foram registados confrontos entre manifestantes e a polícia por causa da abertura de um centro de acolhimento de refugiados, o que levou a que a Angela Merkel condenasse os primeiros, pois a Alemanha "é um país solidário" e não vai deixar que os refugiados "em situação difícil" sejam "recebidos com palavras de ódio e gritos de embrigados". Se os governos europeus não se preocupam em defender os seus próprios povos, de que é que se espera?


O pior é que a imagem dos "migrantes" tem que ser bem preservada. É por isso que no país da Merkel um refugiado foi "protegido" mesmo apesar de ter violado uma rapariga de 21 anos. Não vá o povinho "racista" e "xenófobo" generalizar e acreditar que todos os refugiados são uma escumalha! Por muito que noticiemos casos, muitas das vezes abafados, de crimes cometidos por "migrantes", a palavra de ordem é impor-nos a todos a ideia que os europeus que estão contra a presença maciça de "migrantes" nas suas terras são "racistas" e "xenófobos". Ponto final.


Por muito que a malta do politicamente correcto grite "racismo" ou "xenofobia", o problema está bem à vista de todos e por este andar só vai é piorar ainda mais. A entrada em massa de "migrantes", na sua esmagadora maioria muçulmanos e com culturas hostis em relação à superior civilização ocidental, aliada à sua alta taxa de reprodução contra o índice de fecundidade europeu nativo (graças às engenharias sociais esquerdistas) vão acabar por destruir a civilização, conduzindo ao genocídio e à consequente substituição demográfica e islamização. Mas, pronto, é isso mesmo que os iluminados construtores da Nova Ordem e os esquerdistas desejam: acabar com o Ocidente.

12 comentários:

Afonso de Portugal disse...

O meu coração está dividido. Tenho dois amores, como o Marco Paulo.

Por um lado, fico imensamente contente por haver "trabalhadores humanitários" e outra gentinha de merda que quer à viva força ajudar os refujiadistas e que depois acabam "enriquecidos" pelos "coitadinhos" que tanto quiseram ajudar.

Por outro lado, há muita gente ingénuo e indefesa que vai apanhar por tabela. A Europa está em guerra, mas a maior parte das pessoas ainda não se apercebeu. Isto vai acabar muito mal...

Anónimo disse...

ve este video... https://www.youtube.com/watch?v=HSX2ALtIejw
é por isto que admiro o putin.

FireHead disse...

Afonso de Portugal,

Pois, eu fico triste por haver tantos "trabalhadores humanitários" que no fundo não passam de gente com potencial suicida. Tanta gente a precisar de ajuda no Ocidente e eles preferem ir para longe para se sujeitarem às atrocidades...

Pode ser que a invasão de refugiados na Europa provoque ainda uma maior reacção por parte dos nativos. Não te esqueças que isto é um óptimo aliado do nacionalismo, pois a arma do povo é o voto.

FireHead disse...

Anónimo,

És tu e eu. Já tinha chegado a falar aqui no blogue da visão do Putin e de facto todos os restantes líderes ocidentais deveriam ser assim como ele, pelo menos no que diz respeito à defesa dos valores do Ocidente.

Obrigado pelo link do vídeo. Vou colocá-lo aqui no blogue apesar de já ser de 2013, pois é uma coisa sempre actual.

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

putin.

SÓ É MENOS PIOR QUE O MEDVEDEV

FireHead disse...

KVRGANIVS NOSTRATORVM,

E muito, mas muito, melhor que o Estaline. Sim, que mandava quando o Hitler foi com os porcos.

Saraiva disse...

Deveriam ser todos repatriados, excepto os de religiões minoritárias tais como Cristãos, Budistas, etc. Mas isso, infelizmente, não seria muito fácil de provar, por ex., já que grande parte deles, na Europa, bebem álcool para “confraternizarem” para “iludirem” as pessoas parecendo ser “normais”, algo que eles nunca serão… “PESSOAS NORMAIS”, pois ainda vivem na antiguidade e na era da Idade Média, tendo em conta que a Des(Religião) deles não permite beber bebidas alcoólicas. Outro ex. eles seriam capazes de matar a própria mãe para conseguirem atingir os seus objectivos e agora o principal é viver à custa dos impostos dos Europeus que trabalham.
Pena Geert Wilders não aparecer na televisão (pelo menos em Portugal) e certamente seria chamado de Islamofóbico, de racista e de Xenófobo. Realmente o conceito de “Liberdade” e “Igualdade” está muito “banalizado”.

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

E muito, mas muito, melhor que o Estaline. Sim, que mandava quando o Hitler foi com os porcos.

NÃO HITLER VEIO PRA AMERICA DO SUL ANTA POR ISSO QUE DESTRUIRAM OS RESTOS DOS CORPOS QUE NÃO ERAM DELES PRA EVITAR IDENTIFICAÇÃO POR DNA POSTERIORMENTE - FOI A MESMA FARSA DO BIN LADEN

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

QUEM JA VIU ESSA DE NENHUM PAÍS QUERER ENTERRAR ELE?HAHA HISTORIAZINHA MAL CONTADA DO KCT SÓ OTARIO CAI

FireHead disse...

Saraiva,

O que não falta são muçulmanos não-praticantes (tipo o Zidane) tal como há católicos não-praticantes. Conheci muçulmanos pretos (uma contradição, pois o islão é anti-pretos) que bebem e fumam, coisas que são "haram" (proibidas) para o islão, do mesmo modo que estou farto de ouvir gente que se diz católica de boca para fora e que depois apoia a homossexualidade, o aborto, a eutanásia, etc. São falsos muçulmanos e falsos católicos, mas com gente desta podemos nós muito bem desde que não atentem contra a lei nem contra os outros.

O Geert Wilders é neto de uma indonésia, portanto se o chamam de racista ou xenófobo por ele estar contra um muçulmano castanho (ainda que o islão não seja uma raça) então é porque de facto o esquerdalho está decadente. O problema é que também muitos muçulmanos merdosos que são brancos, como os que se convertem e que se juntam às fileiras dos grupos terroristas, isso quer dizer que quando nós estamos contra esses muçulmanos brancos estamos também a ser racistas? Ou, no limite, contra a nossa própria raça??

FireHead disse...

«NÃO HITLER VEIO PRA AMERICA DO SUL ANTA POR ISSO QUE DESTRUIRAM OS RESTOS DOS CORPOS QUE NÃO ERAM DELES PRA EVITAR IDENTIFICAÇÃO POR DNA POSTERIORMENTE - FOI A MESMA FARSA DO BIN LADEN»

Tu acreditas mesmo nisso? E também acreditas nas fadas e nos unicórnios, não acreditas? Sim, já que tu não acreditas no holocausto, precisas de acreditar em fábulas, hehehe. Anta?? Tu é que és uma anta, pá. XD

FireHead disse...

«QUEM JA VIU ESSA DE NENHUM PAÍS QUERER ENTERRAR ELE?HAHA HISTORIAZINHA MAL CONTADA DO KCT SÓ OTARIO CAI»

Sim, sim, é por isso que tu és otário por adorares e lamberes as botas a um defunto que se matou só porque não teve tomates para enfrentar a parada depois de ver que já estava fodido e conduziu à derrocada das suas tropas. XD

Na verdade estou-me a cagar para onde foi o Hitler, se para a Argentina ou para a puta que o pariu - os soviéticos afirmam que o cadáver do Hitler foi retirado, cremado e as cinzas levadas pelo vento -, pois ele já está morto e bem morto!! Portanto se queres chorar e fazer beicinho, estás à vontade, mas cala-te! :)