terça-feira, 4 de agosto de 2015

Benfica de Bissau campeão da Guiné-Bissau

 
Se o Glorioso original não parece estar bem, ainda que a época ainda não tenha começado, o mesmo não se pode dizer de mais uma filial benfiquista, o Benfica da Guiné-Bissau, que se sagrou campeão do pequeno país africano lusófono que na verdade de lusófono pouco tem. Os encarnados de Bissau derrotaram o Bula por 4-0 na última jornada do campeonato da primeira divisão local, com destaque para os dois golos apontados por Sumaila Djassi, que terminou a época com 27 golos marcados. O primeiro-ministro guineense, Domingos Simões Pereira, assistiu ao jogo de consagração do título e no fim houve festa nas ruas de Bissau apesar da chuva. Em segundo lugar do campeonato ficou o Sporting, com menos dois pontos que o campeão.

2 comentários:

Anónimo disse...

Felizmente que o multiculturalismo ainda mantém puras as equipas africanas. Bem hajam!

FireHead disse...

No hóquei em patins, não.