quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Angola, ontem e hoje


Nos últimos tempos têm vindo a lume inúmeras notícias sobre a crise financeira que Angola atravessa actualmente, em consequência da diminuição do preço do petróleo, originando uma situação deveras preocupante que se traduz no aumento da inflação e do custo de vida, mas sobretudo no incumprimento de compromissos básicos como o pagamento de salários na Função Pública e de facturas aos fornecedores, originando falências sucessivas, deteriorando ainda mais a sua já débil economia.
 
O petróleo representa 42% do PIB, 90% das exportações e 75% das receitas do Estado e as receitas totais de Angola, de capital e correntes, decresceram 85% face ao ano transacto, tornando-se fácil, face a estes números, entender o drama por que está a passar aquele país africano.
 
Meditava em tudo isto quando me veio à memória o que era Angola em 1972 e nalguns casos com dados até Maio de 1973 (não vou contabilizar os quatro meses de 1974, porque a partir daí Angola entrou em colapso, graças ao processo da “descolonização exemplar” levada a cabo pelos socialistas e comunistas portugueses), sendo então Governador de Angola o Engº Santos e Castro que, seguindo a anterior política de governar com a cabeça bem assente, sem demagogias, sem interesses próprios, pensando apenas no bem comum, e com competência, fazia daquele território o mais cobiçado de África – daí os diversos apoios estrangeiros aos “terroristas” – cuja economia, além de ser um exemplo, fazia inveja a muita gente.
 
Ora, dentro dos critérios anteriormente descritos, a diversificação tornava-se palavra de ordem, e assim a economia angolana prosperava através do investimento agrícola, industrial, científico e de turismo e serviços, com resultados espantosos e crescimentos assinaláveis.
 
 
in O Diabo

4 comentários:

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

A CIA DEU UMA AJUDINHA E FINANCIOU O TERRORISTA DO PAÍS VIZINHO A ATACAR ANGOLA E DEPOIS OS PROPRIOS DETROITS DE ANGOLA FIZERAM O RESTO

KVRGANIVS NOSTRATORVM disse...

ANTES PORTUGAL NUNCA TIVESSE PISADO NAQUELE CHIQUEIRO PIOR QUE SOBROU FOI PRA AMERICA COMO SEMPRE POIS AS DETROITS ALOGENAS QUEM AGUENTA ATÉ HOJE SOMOS NÓS CA COM ESSE SANGUE AMALDIÇOADO ALOGENO QUE INFILTRARAM AQUI

FireHead disse...

«A CIA DEU UMA AJUDINHA E FINANCIOU O TERRORISTA DO PAÍS VIZINHO A ATACAR ANGOLA E DEPOIS OS PROPRIOS DETROITS DE ANGOLA FIZERAM O RESTO»

Não foi só a CIA! Foram também o McDonald's, o Pizza Hut, o Kentucky Fried Chicken, a Microsoft, a Banpresto, a Kodak...

FireHead disse...

«ANTES PORTUGAL NUNCA TIVESSE PISADO NAQUELE CHIQUEIRO PIOR QUE SOBROU FOI PRA AMERICA COMO SEMPRE POIS AS DETROITS ALOGENAS QUEM AGUENTA ATÉ HOJE SOMOS NÓS CA COM ESSE SANGUE AMALDIÇOADO ALOGENO QUE INFILTRARAM AQUI»

Temos tanta pena de ti que até já enchemos vasos inteiros de lágrimas, hahaha.