segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Angela Merkel, futura Obama europeia?


A refugiada ganesa Ophelya Adé está num abrigo para refugiados na cidade de Hannover. Foi nessa cidade do norte da Alemanha que deu à luz a pequena Angela Merkel, actualmente com meio ano de vida e filha de um cidadão alemão, o que faz com que a pequena tenha o direito de adquirir naturalmente a nacionalidade alemã e com que a mulher tenha o direito à residência na Alemanha. A refugiada de 26 anos deu o nome da chanceler alemã à filha porque considera-a uma "excelente mulher", tendo surpreendido os funcionários do registo civil de Hannover. "Ela é uma excelente mulher. Gosto dela", disse Ophelya sobre a chanceler à agência alemã DPA. "Ela providenciou-me um abrigo e a Alemanha cuida dos meus filhos", acrescentou. Com que dinheiro cuidará a Alemanha dos filhos dela? Do dinheiro dos contribuintes, será? Ah, é verdade, Ophelya disse também que gostava que a filha crescesse para se tornar "presidente"!
Temos uma futura Obama europeia?

2 comentários:

direita disse...

E os idiotas culpam a UE - que Alemanha manda,dizem eles - pela invasão em massa . Engraçado que suiça , russia e noruega nao fazem parte da UE mas sofrem com invasão em massa ,sendo russia e suiça os paises europeus que % mais recebem invasores.

FireHead disse...

A Suíça deve-se ao acordo Shenghen. A Rússia porque, não sei, talvez porque o Putin não tem como conseguir controlar eficazmente as fronteiras do maior país do mundo que está maioritariamente no continente asiático...