sexta-feira, 10 de julho de 2015

Sacerdote salvou milhares de crianças


O padre espanhol Ignacio Doñoro, um antigo capelão militar natural de Bilbau, já salvou milhares de crianças do tráfico de órgãos nos últimos 20 anos. Tudo começou quando o sacerdote basco foi para Salvador, no Brasil, para ajudar crianças que passavam fome e aí conheceu Manuel, um paralítico que tinha então 14 anos e que ia ser vendido pelos seus próprios pais aos traficantes de órgãos. Chocado com o que viu, Pe. Doñoro juntou 20 mil euros, fez-se passar por traficante e foi comprar o adolescente. Para sua imensa surpresa, os traficantes não pediam 20 mil euros pela vida do Manuel, mas sim apenas 20 euros. Dez anos depois, Pe. Doñoro emocionou-se depois de ter recebido uma carta do Manuel, que não se esqueceu dele, e continua hoje a salvar vidas, agora no Peru.
Os detractores anormais da Santa Igreja e que não gostam nada dos padres podem agora dizer que o Pe. Doñoro anda a salvar crianças apenas para poder abusar delas, mas eu, e uma vez que não se atira pérolas aos porcos, termino aqui esta notícia realçando o grande carácter deste servo de Deus na sua nobre missão.

2 comentários:

redonda disse...

Parece ser alguém de verdade muito bom e corajoso.

FireHead disse...

Sim, eu também acredito que ele não é pedófilo apesar de lidar com crianças!