quarta-feira, 22 de julho de 2015

Mais um português assassinado na Venezuela

 
O português Manuel da Conceição, de 60 anos e dono da padaria Lamedor Deli em San Bernardino, no centro da capital venezuelana Caracas, foi assassinado a tiro enquanto conduzia o seu carro por três motociclistas armados durante a manhã do dia de ontem. Os motociclistas tentaram assaltá-lo, mas como o português resistiu ao assalto acabou baleado com quatro tiros.
A culpa disto é capaz de ser do Hugo Chávez. Quem é que lhe mandou morrer e deixar o seu querido país construído à base do bonito ideal bolivariano entregue à bicharada? O quê, quando ele era vivo a Venezuela já era assim? Ups...
Que o malogrado comerciante português descanse em paz.

2 comentários:

Lura do Grilo disse...

Uma tragédia. Os assassinos nunca são capturados. Não voltarei lá ... eu que até gostava dos cheiros, do granizado, da arepa do cambur, da iguana, do barulho dos insectos na noite.... pobre Venezuela.

FireHead disse...

Lura do Grilo,

O Maduro pelos vistos não está a saber lidar com a pesada herança do Chávez. Vejam lá se não precisam de ressuscitar o Bólivar.