quarta-feira, 22 de julho de 2015

MAC cometeu crime de homicídio por negligência?

 
Um bebé mulato morreu depois de ter sido forçado a nascer de parto natural na Maternidade Alfredo da Costa (MAC), em Lisboa, no passado dia 16. O pessoal médico entendeu que a mãe, Alda Forbs, "era muito nova" (tem 20 anos) para ser feita uma cesariana e forçou o parto natural com fórceps e ventosa. "Esmagaram o crânio do meu filho", acusou Alda, a companheira de João Correia. O pai de Alda, Alexandre Forbs, já apresentou queixa na Polícia Judiciária por "crime de homicídio por negligência", pois o pedido de cesariana foi negado apesar do "bebé ser grande". Curiosa e infelizmente, no mesmo dia da tragédia registou-se também a morte de um outro bebé no MAC.
Não era esta a maternidade que não querem que se feche?

6 comentários:

wind disse...

Infelizmente para pouparem, os idiotas dos médicos evitam fazer cesariana!

Diana Fonseca disse...

Sem palavras!

Anónimo disse...

Mulato é quanto um dos pais é branco - que nao é o caso.

FireHead disse...

«Mulato é quanto um dos pais é branco - que nao é o caso.»

Isso, no teu caso, chama-se daltonismo.

FireHead disse...

Diana Fonseca,

É, o melhor mesmo é nada dizer em relação a isso, excepto lamentar o sucedido.

FireHead disse...

Wind,

Para pouparem o quê? O dinheiro de quem?