sexta-feira, 31 de julho de 2015

Eva Vital campeã nacional dos 100 metros barreiras

 
Falando novamente de macaenses, segundo a página de Facebook da Federação Portuguesa de Atletismo, Eva Vital é campeã dos 100 metros barreiras em Portugal.
Muitos parabéns, minha patrícia!!

12 comentários:

Fatyly disse...

Vi o resumo do atletismo no Eurosport e foi excelente. Está de parabéns!

Beijocas e um bom dia

FireHead disse...

Ela ainda vai ser a Telma Monteiro do atletismo. :)

Beijinhos e bom fim-de-semana! :)

Massama disse...

Não sabemos como ainda a gente contra o multiculturalismo . São uns invejosos que invejam gente como Eva isso sim!

wind disse...

Hoje sim, bom fim de semana:)
Parabéns para ela:)

Leocardo disse...

Porra, espero bem que não. E que tal a Rosa Mota, Fernanda Ribeiro, ou outra qualquer que ganhe medalhas, para termo de comparação?!

FireHead disse...

Massama,

Que eu saiba a Eva Vital tem cultura portuguesa tal como a (ainda) maioria dos portugueses, penso eu de que...

FireHead disse...

Wind,

Hehehe, claro que o facto dela ser macaense como eu é apenas e só um pormenor. :)

Beijinhos e bom fim-de-semana também para ti.

FireHead disse...

Leocardo,

Se calhar é porque eu estava a comparar o número de títulos e não o facto de se ter ganho ou não medalhas. Para isso podia ter ido buscar o exemplo do Obikwelu.

Massama disse...

Firehead , as nações Europeias sempre foram multiculturais . Assim se deduz de forma acertada que o termo multiculturalismo é usado pelos racistas pra referir-se a gente de origem racial e etnica alogena a Europa.

FireHead disse...

Massama,

Nem todas. Portugal, por exemplo, não. Ao contrário duma Espanha, Bélgica, Suíça, etc. O multiculturalismo pode ser bom e quando ele é bom é de realçar. Mas quando é mau, é bom que também ninguém fique calado e o denuncie. O que se vê por exemplo com os muçulmanos ou africanos/ciganos em guetos (e também podia falar de brancos, é claro) é um sinal claríssimo de que o multiculturalismo falhou, como afirmaram já muitos líderes europeus.

Os racistas em regra usam o multiculturalismo só no sentido negativo. Esquecem-se, julgo eu, que também têm na sua maneira de pensar, na alimentação e até mesmo no que vestem muitos aspectos vindos precisamente do multiculturalismo. O pior é que entendem que o multiculturalismo é averso ao nacionalismo, invalidando o integralismo. Explicarem o facto de existirem nações multiculturais como precisamente a Espanha ou a Bélgica é que deve ser uma bota que é difícil de descalçar.

CUCKservador disse...

O multiculturalismo(eufemismo para multiracialismo) de fato é a anti tese do nacionalismo . Os á direita de forma acertada constatam que naçoes são oriundas de subespecies raciais .ou seja : sao fruto do racismo.
Por outro lado, as culturas foram formadas em "guetos" e neles ão de sobreviver . Os racistas não se incomodam com Isto pois ,de fato, evita-se a miscigenaçao.

FireHead disse...

CUCKservador,

Então estás a dizer por exemplo que países como os EUA, o Canadá ou a Austrália não podem ser países nacionalistas? Eu não sei, mas parece-me que quanto ao patriotismo, os americanos dão autênticos shows de bola a muitos outros povos do mundo...