sexta-feira, 10 de julho de 2015

Crucifixo comunista


O presidente boliviano, Evo Morales, ofereceu ao Papa Francisco uma cruz formada por um martelo e uma foice, o símbolo do comunismo, uma reprodução criada pelo jesuíta espanhol Luis Espinal que foi assassinado no Chile em 1980 por paramilitares devido ao seu compromisso com as lutas sociais na Bolívia. Além disso, o Papa recebeu também a condecoração máxima da Bolívia, a medalha Condor dos Andes, e a distinção Luis Espinal, criada para reconhecer quem professe uma fé religiosa e se destaque por defender os pobres, marginalizados e doentes. "Não estou aqui para interpretar as intenções do presidente Evo Morales. O que tenho de falar é da atitude do Papa. O Papa não o sabia, eu não o sabia e muitos outros bispos não o sabiam. Nestas coisas, há sempre um problema de interpretação e utilização correctas. Porque, para nós, o mais importante é que não haja nenhuma confusão nem utilização ideológica da fé, um risco de confusão entre o religioso e o ideológico. E este, evidentemente, é um símbolo problemático", disse, o padre Federico Lombardi, numa conferência de imprensa, no Vaticano, acerca do sucedido.
Apesar de alguns média, como o Washington Times e o Town Hall, terem dito que o Papa não gostou nada da brincadeira, a julgar pela foto de cima parece o contrário. O comunismo ceifou a vida a cem milhões de pessoas apenas no último século, com uma grande percentagem cristã entre as vítimas. Se a isso acrescentarmos os abortos, o número deverá atingir os mil milhões. Talvez um Papa verdadeiramente Papa teria tido a coragem de recusar tamanho presente venenoso, mas como se trata deste Papa que já envergonhou bastas vezes os católicos de verdade, creio que já nem se esperava outra coisa.

6 comentários:

Dylan disse...

Não sei onde este Papa já envergonhou os católicos de verdade. Só sei que, se calhar, hoje, há muita mais gente a aceitar a religião católica do que há algum tempo atrás. E graças a quem?...

Afonso de Portugal disse...

Um crucifixo bem à medida deste papa!

FireHead disse...

Completamente. O crucifixo é mesmo a cara dele.

FireHead disse...

Dylan,

É natural que tu não saibas onde é que este Papa já envergonhou os católicos de verdade. Para saberes seria necessário tu perceberes alguma coisa do Cristianismo...

Se confirmares melhor as tuas fontes, verás que não é bem assim como tu estás a afirmar... Eu já cheguei a falar dessa tua falácia aqui neste blogue, talvez queiras pesquisar...

Dylan disse...

Fire,

Quem te garante que eu não percebo nada do Cristianismo? Será assim um mistério tão grande o Cristianismo que não possa ser entendido por leigos?
Não encontro a tal falácia, espero que me ajudes.

FireHead disse...

Este Papa já contrariou várias vezes a Doutrina. Sabes quando, se é que tu que és leigo entendes o Cristianismo?