segunda-feira, 31 de março de 2014

Como é possível esquecer-se de 13,6 milhões de euros?

 
No ano passado alguém se esqueceu de reclamar, durante o prazo de 90 dias, um prémio de mais de 13 milhões de euros do Joker! Segundo o Correio da Manhã, "um apostador particular ganhou 13,6 milhões de euros no Joker e deixou caducar o prémio sem o reclamar". O mesmo jornal acrescenta que a Santa Casa da Misericórdia não sabe quem é o apostador, que é anónimo.
Façam como eu: nunca se esqueçam de conferir as chaves depois dos sorteios...

Beyoncé mostra Sintra


A cantora (diva?) norte-americana Beyoncé aproveitou a passagem por Portugal, onde deu dois espectáculos em Lisboa, para passear na vila de Sintra, aproveitando assim para fazer publicidade e promover a romântica localidade. A título de curiosidade, no concelho de Sintra existem alguns bairros problemáticos e perigosos habitados essencialmente por gente de origem africana: Moinho das Rolas, Cruz Vermelha, Navegadores e, claro, Mem Martins. Depois de Amadora, Sintra é bem capaz de ser o concelho onde a violência urbana atinge proporções desgraçadas. Duvido que a Beyoncé tenha visitado esses lugares...

18 golfinhos já deram à costa desde Janeiro


Segundo a Sociedade Portuguesa da Vida Selvagem, este ano já deram à costa algarvia 18 golfinhos. O último golfinho foi encontrado na praia da Rocha Baixinha, em Albufeira, com "uma grave infecção pulmonar" e que acabou por não resistir. No ano passado, deram à costa algarvia 106 golfinhos, um número que o organismo - que estuda, resgata, reabilita e devolve animais marinhos à natureza - considera "dentro da normalidade". Élio Vicente, director do centro de reabilitação de animais marinhos do Zoomarine, explicou ser frequente o aparecimento de golfinhos mortos na costa portuguesa: "A maioria surge no Inverno, mais na zona norte. Como não vamos à praia, não damos por isso. Por ano aparecem mais de 200 e só se conseguem salvar uma média de dez".

Sporting de Macau recupera liderança isolada


O Sporting de Macau aproveitou-se da folga do Monte Carlo para voltar a comandar isoladamente a Liga de Elite. A equipa de matriz portuguesa orientada por João Maria Pegado empatou, no jogo grande da 7.ª jornada, com o Ka I a uma bola. O Benfica de Macau colou-se ao Monte Carlo, ambos com 13 pontos, depois de golear o Lai Chi por 9-0. Fabrício Lima, Filipe Duarte, William Carlos Gomes bisaram, Nicholas Torrão e Chan Pak Chun marcaram os restantes dois golos para os encarnados. Nos restantes encontros, os Sub-23 conseguiram finalmente ganhar um jogo, frente ao Kei Lun (vitória dos rapazes por 4-3), e o Chau Pak Kei empatou a zero com a Polícia. A lagartada comanda o campeonato com 14 pontos.

Nacional afunda 'Andrades'

 
O fcp perdeu no Estádio da Madeira frente ao Nacional e já está a 15 pontos do Benfica. A presença na Liga dos Campeões na próxima época é cada vez uma miragem para os ainda campeões nacionais que, depois de se tornarem na melhor equipa do mundo por terem vencido a meio da semana passada o Benfica na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, desceram à Terra para se afundarem ainda mais no campeonato, mantendo pelo menos o terceiro posto, agora a 8 pontos do Sporting. O Nacional esteve por cima do fcp durante a primeira parte com o ex-portista Candeias a abrir o activo aos 19'. Jackson Martínez empatou no início do segundo tempo (46'), mas, dois minutos volvidos, Rondón fez o segundo golo da equipa da Choupana. O gipsy Ricardo Quaresma, a dada altura do jogo, perdeu a cabeça e tentou agredir o egípcio Gooma (quero ver se isso vai ou não dar direito a castigo...). Já o treinador do fcp, Luís Castro, criticou a arbitragem de João Capela, ele que de certeza que já deve ter-se esquecido da arbitragem de Marco Ferreira na passada quarta-feira. "Vamos lutar enquanto for matematicamente possível", garantiu.

Benfica cada vez mais perto do título

 
Sem realizarmos, uma vez mais, uma exibição com "nota artística", arrancámos um precioso e justo triunfo na pedreira de Braga com um golo solitário do ex-braguista Lima aos 13'. Jorge Jesus voltou a apostar numa equipa teoricamente mais forte, com excepção na inclusão de Sílvio no lugar de Maxi Pereira, e Enzo Pérez, para variar, esteve muito longe daquilo que sabe muito bem fazer. O resultado acabou mesmo por ser melhor que a exibição, mas podíamos mesmo assim ter evitado sofrer até ao fim se Rodrigo não tivesse falhado uma grande penalidade já no tempo de compensação. Não deixa, contudo, de ser incrível como é que o árbitro Pedro Proença assinalou falta de Miljkovic sobre Rodrigo na área braguista. Sinceramente já não me lembro quando é que tinha sido a última vez que o árbitro lisboeta foi capaz de assinalar uma grande penalidade a nosso favor...
 
video
 
No final do jogo, Jorge Jesus preferiu ser realista: "O Real Madrid, que é uma das melhores equipas do mundo, há duas jornadas estava em primeiro, perdeu dois jogos seguidos e agora é terceiro. O futebol é fértil nestas situações. Não me iludo. Vamos pensar jogo a jogo. Só estaremos tranquilos quando tivermos margem pontual para isso. Temos de estar desconfiados e é isso que temos feito em todos os jogos. As contas só se fazem no fim". O autor do único golo, Lima, disse, por sua vez, o seguinte: "É sempre difícil jogar em Braga. Já estive aqui e conheço as dificuldades. Como o nosso treinador disse, seria importante entrarmos fortes e determinados para marcar. Felizmente, foi isso que aconteceu. Não baixámos as linhas para defender, foi um jogo difícil como têm sido todos. Mostrámos mais uma vez que somos uma grande equipa, com uma vitória num campo muito difícil".
Com esta vitória voltámos a ter 7 pontos de vantagem sobre a lagartada, bastando-nos agora apenas 8 pontos para sermos campeões. Convém despacharmos já a questão do título o quanto antes, para assim podermos apostar nas restantes competições que ainda podemos conquistar - Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa -, invertendo a programação para passar a gerir o esforço no campeonato. Pelo menos é isso que eu espero que aconteça.

O Destino não nos dá tréguas

Quando, após aquele final de época 2012/13 em que do tudo nos restou o nada, a Direcção do Benfica renovou com Jorge Jesus, eles, os especialistas, garantiram que se acabara de perder o actual campeonato. Nós, que vivemos o benfiquismo, não acreditámos. O mesmo aconteceu quando Cardozo ficou no plantel e tantos peroravam como isso seria fatal para a época corrente. Com a derrota na primeira jornada, acentuou-se a ladainha do apocalipse. À terceira jornada e com apenas uma vitória, eles, os especialistas, já nos tinham feito a extrema-unção e encomendado a alma. Quando estivemos a cinco pontos do primeiro lugar (à época ocupado pelo FCP da estrutura perfeita) aconselharam-nos a começar a preparar a nova época. Os empates caseiros com Arouca e Belenenses fizeram com que os especialistas garantissem a infalibilidade das suas teses. A suspensão de Jorge Jesus por um mês deu aos especialistas permanentes e aos abutres de ocasião a oportunidade para fazer sangue, acertar contas antigas com o treinador e garantir a falência desportiva da época. Mais tarde, foi a lesão de Cardozo a dar-lhes o alento para agoirarem (vindo dos especialistas, até os agoiros são científicos) a época. Atendendo a que a realidade sempre se encarregou de desmentir os seus desejos disfarçados de opiniões, esperaram pela saída de Matic para garantir que isso é que faria com que deixássemos de contar para a vitória no campeonato. Sempre que eles, os especialistas, garantiram que tínhamos o campeonato perdido, nós, os que vivemos o benfiquismo, não acreditámos e continuámos, com os nossos, a lutar. Agora, porque faltam seis jornadas e temos sete pontos de avanço para o segundo classificado e doze para o terceiro (o FCP da estrutura perfeita), eles, os especialistas, querem convencer-nos de que temos o campeonato ganho. E nós, os que vivemos o benfiquismo, continuamos a não acreditar neles, pois sabemos que em Portugal só há um clube que ganha de véspera e nós, Benfica, não ganhamos nem perdemos de véspera. Lutamos sempre para construir permanentemente um destino que não nos dá tréguas.
 
Fonte: Tertúlia Benfiquista

domingo, 30 de março de 2014

Os gays já se podem «casar» na Grã-Bretanha


Já entrou em vigor a lei que permite o «casamento homossexual» em Inglaterra e no País de Gales. O primeiro-ministro britânico, David Cameron, considerou o momento como «importante para o país». Pouco depois da entrada em vigor da nova lei, à meia noite, celebraram-se de imediato os primeiros «casamentos aventesmas». Os defensores dos «direitos homossexuais» afirmam que o país entrou finalmente no século XXI. Falta agora aprovarem também «casamentos» entre homens e animais, entre homens e meninos(as) e também entre irmãos de sangue. Só assim é que poderemos dizer que estamos verdadeiramente no século XXI...

A estupidificação da Europa


Na Bélgica, quem não é, hoje, favor da eutanásia livre e "à vontade do freguês", é considerado retrógrado, da direita, e/ou conservador — epítetos que são considerados sinónimos. Por este andar e por absurdo que seja, se se defender na Europa, um dia destes, a existência de campos de exterminação em massa para velhos e deficientes, quem for contra eles é democraticamente reaccionário, retrógrado e conservador. A História repete-se.

Na Europa, quem for defensor da vida humana intra-uterina é hoje considerado um troglodita pelas elites políticas (nacionais e internacionais) do leviatão europeu (leia-se, União Europeia), e a tal ponto que o "Papa ambíguo" toma posições relutantes e ambivalentes acerca do aborto.

"Troglodita" é hoje o superlativo absoluto simples de "conservador": é uma criatura que ainda habita na caverna de Platão — porque o europeu moderno, democrático, progressista e de vistas largas há muito tempo que viu a luz.

Até em Portugal, o "cota" socialista Manuel Alegre referiu-se a quem não concorda com o "casamento" gay e com a adopção de crianças por pares de invertidos como sendo um "conservador" no sentido de troglodita.

Depois, esta gente estranha que surjam fenómenos políticos como o da Front Nationale de Marine Le Pen.

É que o radicalismo de esquerda foi já tão longe na Europa que quem defenda hoje o aborto apenas e só até às 10 semanas de gravidez é considerado um "cota" moderado, um indivíduo do "centro político". À medida que a esquerda radicaliza, o centro vai virando à esquerda que há vinte anos não era tão radical como é hoje. Hoje, um indivíduo que se diga "do centro" político aproxima-se das posições políticas (na cultura) do Bloco de Esquerda do tempo da sua fundação.

Depois, esta gente vem dizer que a Front Nationale de Marine Le Pen é de "extrema-direita". Pudera! As pessoas não se dão conta de que o epíteto de "extrema-direita" surge em função do actual fenómeno de radicalização extrema à esquerda que aconteceu progressivamente na Europa nos últimos 15 anos.

Um dia destes, e por este "andar hegeliano", um indivíduo que defenda a vida humana intra-uterina será metido na prisão por ser de "extrema-direita". Em alguns países da Europa, pelo simples facto de se defender publicamente o casamento natural (entre um homem e uma mulher), já se pode ser levado a tribunal e condenado por "crime de ódio".

Em suma, a Front Nationale de Marine Le Pen é o que a elite política desta Europa merece. Não merecem outra coisa. Para radical, radical e meio.


Fonte: perspectivas

O que é que os rebeldes jihadistas anti-Assad apoiados pelo Obama e pelo Ocidente de idiotas úteis andam a fazer na Síria




Tenho a certeza absoluta que isso não ficará impune. A justiça humana pode falhar, mas a Justiça Divina não.

Outro cristão condenado à morte por ofender Maomé no Paquistão


Depois da católica paquistanesa Asia Bibi, outro cristão paquistanês foi condenado por ofensas contra o pseudo-profeta do islão, Maomé (que a merda esteja sobre ele). Sawan Masih (na foto) foi condenado à morte pelo crime de blasfémia na localidade de Lahore enquanto conversava com um «amigo» muçulmano em Março do ano passado, o que provocou a fúria de 3000 muçulmanos (três mil!) que reagiram com violência contra habitações cristãs em Joseph Colony. «O juiz decretou a pena de morte a Sawan Masih. Ele vai apelar para as instâncias superiores de Lahore», disse um dos advogados de Masih, Naeem Shakir. O Paquistão é um dos piores merdistões do mundo, com uma lei muito rígida que protege o islão. Não nos esqueçamos que no Paquistão foi assassinado a 2 de Março de 2011 por um extremista islâmico o ministro para as minorias, o católico Shahbaz Bhatti. Para ocupar o seu lugar foi outro católico, Paul Bhatti.

sábado, 29 de março de 2014

"És um idiota disposto a trabalhar de graça?"

Descobri isto na blogosfera, ri-me e agora deixo-o aqui:
 

Jovem! És um idiota útil que gosta de destruir o valor do trabalho de todos os trabalhadores ao ofereceres o teu trabalho de graça ao capital? Gostas de lamber o cú aos patrões em troca de t-shirts, pulseiras e iogurtes? Então o voluntariado talvez seja para ti!
 
São 400 as vagas destinadas a jovens, a partir dos 16 anos, que irão trabalhar no evento, sem remuneração. A organização espera milhares de candidaturas (em 2013, foram 8 mil). Mas se cada uma destas pessoas trabalhasse 40 horas no total dos cinco dias do festival, a receber cinco euros por hora, o Rock in Rio Lisboa teria uma despesa de 80 mil euros com estes trabalhadores. O valor corresponde a 0,32% do orçamento do evento (25 milhões de euros).

Aborto Ortográfico trama juiz Rui Teixeira

O juiz Rui Teixeira, que ficou conhecido com o processo da Casa Pia, foi alvo de um processo disciplinar que pode levá-lo à expulsão por ter-se recusado a receber um relatório dos serviços prisionais relativos a um recluso porque o documento está escrito ao abrigo da nova ortografia. "Nos tribunais, pelo menos neste, os factos não são fatos, as actas não são uma forma do verbo atar, os cágados continuam a ser animais e não algo malcheiroso e a língua portuguesa permanece inalterada até ordem em contrário", escreveu assim Rui Teixeira, que defende que os tribunais não estão obrigados a cumprir a resolução do Conselho de Ministros que determina a adopção das novas regras em todos os serviços da administração pública.
Não há por aí na net uma petição pública de apoio a este senhor?

Bêbedo engoliu garfo

 
Na Roménia, um bêbedo prometeu que engoliria um garfo e cumpriu. O jovem Randu Calincescu, de 25 anos, tinha garantido a um amigo que se quisesse conseguia engolir um garfo sem se ferir. Resultado: acabou por ser hospitalizado, em Bacau. Felizmente para ele, os médicos conseguiram evitar uma cirurgia...

Tatuagem do recibo do McDonald's

 
Na Noruega, um grupo de jovens decidiu castigar o seu amigo Stian Ytterdahl, que era super atrevido com as raparigas, obrigando-o a tatuar o recibo de um compra efectuada num restaurante da McDonald's. Os amigos (amigos?) de Stian deram-lhe à escolha três possibilidades no desenho a marcar no corpo: para além do recibo do McDonald's, uma Barbie ou uma representação do próprio traseiro. "Isto é só divertimento", disse Stian à Norway's RB News Reports.
Coitado, é claro que ele só podia ter escolhido tatuar o recibo...

O PNR é censurado


Os que me conhecem ou os que estão habituados a vir aqui a este meu blogue sabem que eu não voto no PNR apesar de concordar com muitas das coisas que o partido defende. Queria, no entanto, aproveitar para fazer eco de algo que eu não acho minimamente justo, que é a maneira como o PNR é tratado pelos mérdia.
O PNR afirma, no seu sítio, que a censura ao PNR tornou-se "ordinária" depois de o Diário de Notícias não se ter referido ao PNR, no que diz respeito aos cabeças-de-lista dos partidos sem representação parlamentar para as próximas eleições para o Parlamento Europeu, quando mencionou as candidaturas dos partidos que têm e que não têm assento parlamentar. O PNR recorda que o partido foi o primeiro a lançar a sua candidatura e o nome do respectivo cabeça-de-lista ao referido acto eleitoral.
"Perante esta situação, comprova-se uma vez mais que não existe jornalismo isento e independente nos órgãos de comunicação pertencentes aos grandes grupos, enxameados como estão de jornalistas que não são mais do que mercenários ao serviço dos poderes instalados, à esquerda e à direita", pode-se ler no sítio. O líder do PNR, José Pinto-Coelho, escreveu o seguinte no seu Facebook: "O Regime e o sistema que o sustenta, não passam de uns hipócritas perigosos. Enchem a boca de conceitos como 'liberdade de expressão e de imprensa', 'igualdade de oportunidades', 'possibilidade de participação das pessoas na política', mas a realidade, por trás dessa capa de bondosos e justos, revela a existência da mais perversa censura, da manipulação de informação, da formatação das mentes, da discriminação ordinária. Vive-se, hoje em dia, o pior dos totalitarismos, já que dissimulado em hipocrisia e desinformação. Que falta para as pessoas abrirem os olhos e reagirem? Claro está, que podem continuar a ser cúmplices do regime que nos anda a destruir... cada um faz as suas escolhas..."

Ex-jogador brasileiro do Benfica detido

O antigo jogador do Benfica dos tempos de Artur Jorge, o brasileiro Edilson da Silva Ferreira, considerado o melhor jogador estrangeiro do campeonato português de 1994/95 (19 golos em 31 jogos) e campeão do mundo pelo Corinthians em 2000 e pelo Brasil em 2002, vai ficar detido por um período máximo de 60 dias sem direito a fiança por falhar os prazos do pagamento da pensão de alimentos aos filhos. Edilson, que abandonou o futebol em 2010, era procurado pela polícia há três meses e acabou por ser detido enquanto conduzia o seu carro em Salvador, a sua terra natal.
Pois é, foi-se a fama e o dinheiro... mas que grande jogador que ele era! Um jogador muitíssimo mal aproveitado pelo Benfica! Maldito Artur Jorge!

sexta-feira, 28 de março de 2014

Óscares do Desporto da temporada 2013

Foram anunciados no dia 26 do corrente os vencedores do prémio Laureus, considerado os Óscares do Desporto, da temporada 2013. A cerimónia foi realizada na capital malaia, Kuala Lumpur, e os vencedores são:

Atleta do Ano Masculino: o piloto alemão de Fórmula 1 Sebastien Vettel, tetracampeão da modalidade, superando outros desportistas famosos como Cristiano Ronaldo ou Lionel Messi.
 
 
Atleta do Ano Feminino: a nadadora olímpica norte-americana Missy Franklin, de apenas 18 anos e vencedora de seis medalhas de ouro numa edição do Mundial dos Desportos Aquáticos.

 
Equipa do Ano: Bayern de Munique, como não podia deixar de ser. O clube alemão, que conquistou recentemente a Bundesliga, conquistou os títulos de campeão alemão, campeão europeu e campeão mundial em 2013.

 
Revelação do Ano: o espanhol Marc Márquec, jovem motociclista espanhol de 21 anos e actual campeão da MotoGP.

 
Retorno do Ano: o tenista espanhol Rafael Nadal, com 62 títulos já conquistados na sua carreira.


Atleta dos Desportos Adaptados do Ano: Marie Bochet, jovem esquiadora francesa campeã paralímpica. Conquistou quatro medalhas de ouro nos Jogos Paralímpicos de Inverno de Sochi (Rússia) deste ano.

 
Atleta Radical do Ano: o ciclista britânico Jamie Bestwick, uma figura lendária das competições de BMX. Ele é o único ciclista que venceu oito medalhas de ouro nas X Games, um evento anual considerado "as Olímpiadas dos Desportos Radicais".

Mais um luso-brasileiro na selecção?

 
Vi esta manhã nas notícias da RTP que o brasileiro naturalizado português Fernando, que joga no FC Porto, pode vir a ser convocado para a selecção portuguesa, uma vez que esse é o desejo do seleccionador Paulo Bento e do próprio jogador. Fernando já tinha admitido que se sente "um pouco português" porque a família gosta de Portugal e porque a sua filha também já por lá nasceu. "A partir do momento que a minha filha é portuguesa, uma parte minha também é", sustentou. "Não tenho história no Brasil". Fernando já tinha chegado a representar a selecção sub-20 do Brasil, pelo que a Federação Portuguesa de Futebol teve que contactar a FIFA para que o jogador possa representar a selecção principal de Portugal. O processo está ainda "pendente".

O 2.º equipamento de Portugal para o Mundial

 
Tal como durante o Euro 2004, a selecção portuguesa vai ter um equipamento alternativo em azul e branco desta vez feito com um "novo fabrico de duas malhas que incorpora algodão e polyester reciclado para criar o melhor em termos de propriedades de absorção de humidade, ao mesmo tempo que se consegue um toque mais suave e um corte mais elegante". "Quisemos dar a Portugal um look clássico e sofisticado no seu equipamento alternativo, captando a extravagância e o brilho do futebol que o levou à qualificação para o Brasil", disse Martin Lotti, o Global Creative Director da Nike Football. "O novo equipamento alternativo é impressionante, o branco tem muito estilo e mal posso esperar por o usar em campo", disse Cristiano Ronaldo. "É a maior honra representar o país enquanto futebolista e vou utilizar o equipamento nacional com orgulho. Tenho a certeza que este novo equipamento vai dar a toda a equipa confiança para jogar pela nossa nação", acrescentou.

 
Não sou monárquico nem portista ou adepto do Belenenses mas também nada tenho contra as cores azul e branca, cores que, aliás, até gosto bastante. O facto é que o azul e branco foram as cores da bandeira nacional desde a fundação de Portugal, mas a queda da monarquia e a revolução republicana fizeram com que o verde e o vermelho, cores associados ao Partido Republicano Português, substituíssem o azul e branco e fizessem com que hoje Portugal tenha uma bandeira lindíssima.

RIP, 'ratzilla'

 
Uma ratazana com cerca de 40 centímetros foi capturada na cozinha de uma casa em Estocolmo, na Suécia, e acabou por morrer depois de ter tentado fugir com a ratoeira de tamanho industrial ao pescoço. O "ratzilla", como já foi apelidado pela comunicação social, era "cliente habitual" da casa da família Bengtsson-Korsås, que decidiu contratar uma empresa de extermínio que colocou ratoeiras industriais estrategicamente por toda a cozinha para o apanhar. O roedor, que até assustava o gato da família, tinha feito um túnel atrás da máquina de lavar loiça destruindo madeira e até cimento! O tamanho do bicho fez levantar a questão de os ratos estarem a ficar cada vez maiores nos países desenvolvidos, coisa que carece de provas, embora haja cientistas que acreditam que os roedores poderiam eventualmente crescer até ao tamanho das ovelhas.

Condutor bêbedo choca contra esquadra

 
Em Olhão, um bêbedo conduzia um carro que acabou por chocar contra a esquadra da PSP da localidade. A intenção do condutor, de 54 anos, era entrar com o carro na rua ao lado da esquadra mas o excesso de álcool - acusou 2,25 gr/l - fez com que falhasse a artéria e acabasse por levar a viatura a embater contra as escadas da esquadra. O homem acabou detido e a esquadra felizmente "não sofreu danos".
Diz o velho ditado, que muita gente continua a ignorar, que se conduzir, não beba!

Papa recebeu Obama

 
O Papa Francisco recebeu pela primeira vez Barack Hussein Obama no Vaticano depois de ter criticado os "homens (políticos) de coração duro" por serem de classes dirigentes que "sempre que se afastam do povo, se fecham sobre o seu próprio grupo ou partido, nas suas lutas internas". Ambos abordaram temas como a luta contra a desigualdade social ou as grandes crises mundiais, tendo o Papa falado da questão da objecção de consciência por parte dos católicos americanos no que diz respeito a causas fracturantes, como por exemplo o aborto, e também da escassez de medidas pró-vida. Recordemos que o presidente mulato dos Estados Unidos tem sido um forte inimigo da Igreja Católica. "Muito obrigado. É maravilhoso conhecê-lo. É uma grande honra. Sou um grande admirador. Muito obrigado por receber-me", disse Obama ao Papa.

quinta-feira, 27 de março de 2014

Penteado à Kim Jong-un para todos

Segundo vários média asiáticos, a dinastia comunista da Coreia do Norte lançou uma nova regra há cerca de duas semanas atrás: todos os homens norte-coreanos têm que ter um penteado igual ao do seu querido líder, Kim Jong-un. "O corte de cabelo do nosso líder é muito particular", afirmou uma fonte à Radio Free Asia. "Não fica bem a toda a gente porque as pessoas têm rostos e cabeças diferentes", acrescentou. O China Times lembra que os cortes de cabelo já tinham sido anteriormente regulamentados na Coreia do Norte: as mulheres tinham 18 estilos à escolha e os homens 10. A BBC informa que há cerca de 10 anos, a televisão estatal norte-coreano lançou uma campanha contra os cabelos compridos.
Avante, camaradas! Comunismo até aos cabelos!!

Muçulmana branca diz que é vítima de racismo no UK


Uma mulher branca de nome Kelly Ziane, convertida ao islão quando tinha 18 anos por entender que o islão era a "fé" certa para ela, afirma que já foi "abusada racialmente" na cidade onde vive, Bristol.
Kelly, actualmente com 36 anos e mãe de três crianças, diz que já foi vítima de insultos e ameaças. "Eu vi as notícias na outra noite sobre uma mulher muçulmana que foi atacada em Poundstretcher, em East Street, e não estava lá nenhum polícia a falar de incidentes racistas (mas que puta de raça é o islão??) que são muito raros em Bristol. Eu converti-me ao islão há 19 anos atrás. Eu cresci em Bedminster e nos últimos 10 anos as coisas só pioraram. Não tenho dedos suficientes nas mãos para contar o número de casos. Chega-se ao ponto em que já nem vale a pena reportar tudo o que se passa comigo". Kelly diz que já lhe tentaram arrancar o hijab, já lhe chamaram "paki" (diminutivo depreciativo de paquistanês), "raghead" (cabeça de trapo) e perguntam-lhe frequentemente se sabe falar inglês.
Acrescenta ela que as suas filhas foram vítimas de racismo na escola primária onde andaram, Compass Point em South Street, por parte doutros pais ("racismo"? Serão estes pais pretos ou amarelos?). "Eu era cristã (aham...) e andava à procura da religião que fosse certa para mim. Descobri-a quando conheci o islão. A minha religião tem sido parte fulcral da minha vida desde então".
Kelly, que teve um casamento combinado com o argelino Abdelkadir quando tinha 26 anos, diz que, em relação à discriminação que os muçulmanos enfrentam no Reino Unido, deveria haver mais integração racial (mas que puta de raça é o islão?) e que todos os crimes de ódio racial sejam devidamente punidos (mas que puta de raça é o islão?) para assim poder quebrar as barreiras do racismo (mas que puta de raça é o islão?).
O que dirão certos nacionalistas sobre a condição da britânica Kelly Ziane?

Adolescente alemão leva porrada de imigrante muçulmano libanês sem motivo aparente


 
O multiculturalismo é muita fixe, yo...

Itália: mesquita vandalizada e Corão queimado

 
Em Itália, a mesquita de Rieti (norte de Roma), a "Mesquita da Paz", foi vandalizada e um exemplar do Alcorão foi queimado. Os membros da comunidade muçulmana local reagiram ao sucedido com indignação, como é óbvio, denunciando o "acto de vandalismo" que "afecta a coexistência entre diferentes comunidades no território da província de Rieti".
Em Itália há cerca de 1,7 milhões de muçulmanos apesar de o islão não ter o estatuto de uma religião oficial, o que faz com que as organizações muçulmanas não possam receber fundos públicos de acordo com a lei italiana. E ainda bem. Que possam surgir mais ataques às mesquitas e também aos Alcorões no Ocidente, já que as igrejas também são atacadas, não só em países do Médio e Extremo Oriente, e África, como também no próprio Ocidente. E lá estou eu uma vez mais a propagar o ódio religioso, ena pá, que coisa...

Real perde a liderança

video

A oito jornadas do fim da liga espanhola, o Real Madrid foi ultrapassado na liderança pelo Atlético de Madrid (73 pontos) depois de ir a Sevilha perder com o próximo adversário do CRAC na Liga Europa por 1-2. Ronaldo ainda inaugurou o marcador, mas um bis de Bacca deu a vitória ao Sevilha e o Real caiu assim para o terceiro lugar (70) porque o Barcelona (72) venceu o Celta de Vigo por 3-0 num jogo em que o guardião Víctor Valdéz se lesionou gravemente e já perdeu o resto da época, bem como o Mundial de 2014 e também o seu trajecto no Barça, uma vez que o guarda-redes já admitiu que vai sair a custo zero do clube no final da temporada. "A liga não está impossível, temos de acreditar que não está impossível. Agora está mais complicado porque estamos atrás (de Atlético Madrid e Barcelona) mas não está impossível", disse no final do encontro o técnico merengue Carlo Ancelotti. No Sanchez-Pizjuán outro português esteve em destaque: o guarda-redes do Sevilha, Beto. Já o Atlético de Madrid ganhou ao Granada por 1-0, golo do inevitável hispano-brasileiro Diego Costa (foi o seu 32.º golo), fazendo história porque já há 17 anos que os colchoneros não faziam 100 golos na mesma época.

A taça ainda não está perdida

 
Levantei-me hoje às 5 da manhã para ver o meu Benfica naquela que deve ter sido para aí a terceira ou a quarta vez que vejo o Glorioso jogar em directo na TV esta época. Em causa a primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal no Estádio do Cabrão Ladrão Dragão, no Porto, onde muitos adeptos afectos ao clube da casa parecem ter algum problema meio marado com o dedo médio (palavas do João Gobern), e que terminou com uma magra vitória portista por 1-0.
 
Os Andrades começaram melhor a partida que nós, nós que entrámos com menos cinco habituais titulares no 11 inicial. Jorge Jesus voltou a apostar no guarda-redes Artur e este esteve sempre muito seguro ao longo do jogo. Nós com Cardozo e Salvio, este ainda praticamente sem ritmo, parecia que estávamos a jogar apenas com nove unidades. Assim, foi com naturalidade que fomos praticamente dominados pelos azuis-e-brancos na primeira meia hora do jogo, tendo sofrido o único golo da partida logo aos 6' depois dum canto bem cobrado pelo (uma vez mais) reciclado Quaresma e duma cabeçada vitoriosa do colombiano Jackson Martínez. Nesse lance, o central Garay, que foi uma vez mais um dos nossos grandes esteios juntamente com Luisão no eixo da defesa, foi muito mal batido. Nesse período fomos praticamente inofensivos no ataque e quase que sofríamos o segundo golo quando Varela, frente a frente com Artur, falhou o golo porque o brasileiro conseguiu desviar para canto o remate com o pé - o problema foi que o lance surgiu na sequência duma entrada bárbara de Fernando sobre o nosso Fejsa e que o árbitro Marco Ferreira, que por acaso tirando um ou outro pormenor até que realizou uma boa arbitragem, não viu. Fernando devia ter visto, no mínimo, o cartão amarelo, coisa que ele acabou por levar mais tarde, já na segunda parte (a Sport TV, porca como sempre, mostrou apenas uma única vez a repetição do lance, vá-se lá saber muito bem porquê!). As únicas oportunidades de golo que tivemos durante toda a primeira parte foi um cabeceamento do Rodrigo e um remate do Maxi que foi contra os defesas portistas.
 
A segunda parte foi mais equilibrada, mas ficou a sensação de que nós estávamos satisfeitos com a desvantagem e que era melhor controlar o jogo. A prova disso é que o CRAC só conseguiu fazer o seu primeiro remate no segundo tempo já a um quarto de hora do fim, por intermédio da surpresa mexicana Herrera. Jorge Jesus mexeu na equipa fazendo entrar Gaitán, Lima e Marković, mas manteve o apagado Cardozo em campo em detrimento de Rodrigo, que estava de longe muito melhor na partida e era praticamente o nosso único elemento que mais incomodava a defesa portista. Ainda assim, coube ao CRAC a melhor chance de dilatar a vantagem se não fosse o poste da baliza de Artur a devolver um remate de Martínez. Aos 80' foi a vez do guarde-redes portista Fabiano defender um remate perigoso de Rúben Amorim e segurar o resultado. Diga-se de passagem que nós podíamos e se calhar devíamos ter levado mais, tal era a apatia que demonstrámos perante a vontade que o CRAC teve de ganhar o jogo, empolgado que estava depois de conseguir apurar-se para as meias-finais da Liga Europa. "Está tudo em aberto", garantiu Rúben Amorim, para o jogo da segunda mão na Luz marcado para o dia 16 de Abril.

No final do jogo, Jorge Jesus enalteceu a grandiosidade de ambas as equipas e afirmou que jogar no Dragão não é o mesmo que jogar na Luz. É normal, mas o que não se percebe mesmo é o porquê de tanto medo de jogar naquele antro onde nos temos dado tão mal com Jorge Jesus. Esta equipa do CRAC é bem capaz de ser a mais fraquinha dos últimos tempos e acredito que se tivéssemos jogado como temos jogado, teríamos sido nós a ganhar o jogo. Aliás, aproveito, se pudesse, para dedicar esta derrota a todos os benfiquistas que teimam em fazer da conquista do campeonato a prioridade, aliás, a principal e única prioridade, como se o Benfica não fosse um clube que deveria lutar sempre para ganhar tudo, nem que seja a feijões. Dedico-lhes esta derrota e em tom irónico digo-lhes que afinal a Taça de Portugal, um troféu que já não conquistamos desde 2004, é um título menor, muitíssimo menor, ou melhor, é uma coisa que não presta para nada e que o melhor é oferecermo-la ao nosso adversário, pois o que interessa é a conquista do campeonato e assim pode ser que esta época conquistemos só mesmo o campeonato (e outra coisa não passa pela cabeça de ninguém, pois temos 7 pontos de vantagem sobre a lagartada e 12 sobre o CRAC). Essa de dizer que o Cardozo precisa de mais minutos é de génio. Tinha que ser mesmo no jogo de ontem? E logo no Dragão frente ao CRAC? Porque é que Jesus não rodou a equipa contra a Académica, uma equipa que é muito inferior ao CRAC, e apostava numa equipa mais consistente contra o CRAC? Foi a pensar no jogo com o Sporting de Braga no próximo domingo para o campeonato, esse sim o jogo verdadeiramente importante, eu diria mesmo o jogo do título? O homem tem à sua disposição o melhor plantel de Portugal e mesmo assim pensa pequeno, enfim.

Espero que esta derrota com os Andrades, a segunda em Portugal esta época, tenha servido como um sinal de alerta. Vamos lá então pensar agora no Sporting de Braga.

quarta-feira, 26 de março de 2014

'Dome Home'

 
O viajante Steve Areen construiu uma casa na Tailândia com as suas próprias mãos e com a ajuda de um amigo.

 
A casa custou no total 9000 dólares (6000 dólares pela estrutura básica e 3000 dólares pelo resto: detalhes da construção, móveis, etc.) e demorou apenas seis semanas a ser construída.

 
O terreno onde a casa foi construída, numa quinta no nordeste da Tailândia, pertencia a um outro amigo de Steve.
 
 
Na Tailândia os materiais de construção são relativamente baratos, mas mesmo assim não deixa de ser impressionante aquilo que Steve conseguiu fazer com tão pouco dinheiro.

 
A casa possui também um quintal e escadas para facilitar o acesso ao telhado, de onde se pode apreciar uma estupenda paisagem.

 
Como Steve não está o tempo tempo na Tailândia porque adora viajar, a sua casa pode ser alugada para todos aqueles que queiram ter uma experiência rural nesse país. Mais informações no site dele.

Portugueses com orgulho!

 
Um estudo de opinião publicado pelo jornal Público revela que os portugueses têm orgulho do país. O estudo, denominado "Percepções sobre a União dos Portugueses", destaca os grandes feitos e elementos de memória colectiva como os Descobrimentos, o Estado Novo ou o 25 de Abril de 1974 como símbolos da "capacidade de união dos cidadãos" enquanto que os principais elementos de identidade nacional são a bandeira, a gastronomia, o fado e, com não podia deixar de ser, Fátima. As autoras do estudo destacam o elevado sentimento de orgulho em ser português (60% dizem-se muito orgulhosos e 26% "algo orgulhosos"), mas ainda assim "cauteloso". "Há muito orgulho nos feitos da história, do desporto, das artes e da ciência, mas embaraço e vergonha no sistema económico e político actual", nomeadamente no modo como funciona a democracia, que é uma conquista inconsequente da tal revolução abrilesca. A ligação dos portugueses ao país (84% dos inquiridos dizem-se ligados ou muito ligados a Portugal) é mesmo "o que mais une os portugueses".
É isso que nos vai valendo. Somos portugueses com orgulho!

Em coma depois de 4 litros de bebidas energéticas

 
Na Noruega, o jovem Henrik Dahl Eide, de 14 anos, bebeu quatro litros de bebidas energéticas para conseguir jogar online durante 16 horas numa Lan Party (evento em que as pessoas se juntam com os seus computadores) no bar da sua escola e ficou com uma insuficiência renal. Já no hospital, em Lillehammer, a sua situação deteriorou e acabou por entrar em coma.

Ucranianas sem sexo com russos até final do conflito

 
"Don't Give it to a Russian" é a nova campanha que está a fazer com que as ucranianas neguem sexo aos russos porque é preciso "lutar contra o inimigo por qualquer meio". Coitados dos russos que casaram ou namoram com ucranianas que aderiram a essa campanha...

FEMEN na semana islâmica de Berlim

 
O grupo das feministas do topless FEMEN voltou a surpreender-me ao atacar novamente o islão, desta vez na recente semana islâmica de Berlim, na Alemanha. É escusado dizer, claro, que as malucas valentes foram detidas...

Bayern de Munique campeão alemão 2013/14

 
Sem surpresas, o Bayern de Munique sagrou-se campeão germânico pela 24.ª vez depois de vencer o Hertha de Berlim por 3-1. O treinador espanhol Pep Guardiola conseguiu ser melhor que o seu antecessor, Jupp Heynckes, conduzindo a equipa bávara a 25 vitórias e apenas dois empates na Bundesliga. O catalão conquistou também a Supertaça Europeia e o Mundial de Clubes, falhando apenas a Supertaça Alemã, e ainda pode conquistar outros títulos esta época, nomedamente a revalidação do título de campeão europeu. Em 42 jogos à frente do Bayern, o técnico tem um aproveitamento de 88,9%.

City dá 3 ao United no dérbi de Manchester


No encontro atrasado da 28.ª jornada da Premier League, o Manchester United recebeu o seu rival City e perdeu por 0-3, golos apontados pelo bósnio Edin Dzeko (bis) e pelo marfinense Yaya Touré. "Jogámos contra uma boa equipa, que joga ao nível que nós aspiramos jogar. Temos de superar uns quantos níveis porque, neste momento, não estamos ao mesmo nível", lamentou David Moyes. "Não podemos perder seis jogos em casa numa época. Temos de arrepiar caminho. O City mereceu vencer, não criámos ocasiões suficientes para marcar. É urgente melhorar", alertou Wayne Rooney. O ambiente em Old Trafford estava tão mau que até Alex Ferguson não foi poupado: o antigo técnico dos red devils escutou, na bancada, palavras pouco simpáticas por parte dos fans responsabilizando-o pela escolha de David Moyes para o suceder no cargo.
 
video

terça-feira, 25 de março de 2014

Bebé salvo por impressora 3D

 
O pequeno Garrett Peterson, de 16 meses, nasceu com um problema na traqueia e que lhe dificultava a respiração. Agora, graças a uma inovação na impressão 3D - uma tala flexível construída por uma impressora 3D -, o bebé vai poder ter uma respiração normal. "Quando ele fica chateado, às vezes apenas com uma troca de fraldas, chega a ficar completamente azul", revelou a mãe de Garrett. Glenn Verde, médico da Universidade de Michigan, e Scott Hollister, um engenheiro biomédico responsável pelas investigações na área da impressão 3D na mesma universidade, são os autores do dispositivo que vai manter a traqueia do bebé aberta até que ele possa respirar sem ajuda. "Ele está mais interactivo e desperto. Interage mais com os seus brinquedos", disse com alegria o pai, Jeff Peterson. "Ele está a começar a ser uma criança normal", acrescentou. Para além das doenças na traqueia, a impressão 3D tem sido usada para ajudar pacientes pediátricos com más formações do crânio.