sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Um novo mapa da Europa

 
O artista belga Sébastien Laurent criou um novo mapa da Europa com muitos clichés. Nesse mapa, Portugal é habitado por "pedreiros peludos", a Espanha é terra de "preguiçosos", a França é a "pátria dos comedores de rãs", a Inglaterra é a "terra dos bifes", a Irlanda "pertence aos U2", a Alemanha é "nazi", na Suécia há "loiras burras", a Finlândia é a "terra do Pai Natal", a Rússia é a "pátria da máfia", no norte de África vivem "os ladrões" e "os camelos" e a leste ficam "aqueles que não conhecemos". O projecto de Sébastien, que diz ser uma ferramenta pedagógica que foi apresentada aos professores de Geografia, foi considerado "racista", "anti-semita" e "xenófobo". O Ministério da Educação da Bélgica considerou o mapa como "algo desastrado" e disse nada ter a ver com isso.

Filho atira mãe do 8.º andar

 
Em Loures, Daniel Flávio Santos, de 37 anos e desempregado, agrediu e asfixiou a sua própria mãe até à morte - dados revelados pela autópsia ao cadáver - e depois atirou-a pela janela numa clara simulação de suicídio. Às autoridades, antes do resultado da autópsia, Daniel disse que não sabia o que tinha acontecido apesar de estar em casa. A vítima, Maria dos Anjos, chegou a apresentar queixa na PSP contra o filho dois dias antes do crime por violência doméstica e os próprios vizinhos testemunham que ela tinha marcas de agressões no rosto. Daniel acabou por ser detido pela Polícia Judiciária.
Andou a mulher a criar um filho para isso... Enfim, que descanse em paz.

A relação moderna explicada em 5 minutos

video

O futuro decidia-se onde?

Influências do Paulo Fonseca na RTP...

Benfica nos «quartos»

 
Hoje é dia de festa do Benfica, mas a prenda de aniversário chegou na véspera, com o Glorioso a despachar os gregos do PAOK dos dezasseis-avos-de-final da Liga Europa com uma tranquila vitória por 3-0 no Estádio da Luz. Depois da vitória na Grécia com um golo de Lima, o Benfica começou a ganhar a segunda mão após a expulsão do ex-benfiquista Kostas Katsouranis aos 69 minutos. Em noite de homenagem a Mário Coluna, Gaitán inaugurou o marcador com a marcação exímia de um livre directo à entrada da área grega, aos 70 minutos, Lima ampliou a vantagem de grande penalidade aos 78 minutos e Lazar Marković, que tinha marcado no jogo anterior para o campeonato frente ao Vitória de Guimarães, fechou a contagem no minuto seguinte. O Benfica vai agora cruzar-se, pela segunda vez a nível oficial desde a década de 60 do século passado, com o Tottenham em White Hart Lane a 13 de Março e depois receberá os spurs em casa no dia 20.
 
video
 
A outra equipa portuguesa que também está na Liga Europa, o Futebol Corrupto do Porto, conseguiu a proeza de seguir em frente na eliminatória depois de ir empatar a Frankfurt com o Eintracht por 3-3, beneficiando da quantidade de golos marcados fora. O próximo adversário dos Andrades é o Nápoles.

110 gloriosos anos

 
O enorme clube português Sport Lisboa e Benfica completa hoje 110 anos de existência. Foi precisamente a 28 de Fevereiro de 1904 que um grupo de 24 antigos alunos da Real Casa Pia de Lisboa, entre os quais se destacava Cosme Damião, criou o então Sport Lisboa, que mais tarde haveria de se fundir com o Grupo Sport Benfica, nas traseiras da farmácia Franco, em Belém. Parabéns e viva o Benfica!
 
A primeira equipa do Benfica posterior à fusão em 1908
O grande Benfica dos anos 60 do século passado
Uma das últimas grandes equipas do Benfica antes de ser destruída por Manuel Damásio e Artur Jorge
Equipa do Benfica campeã nacional após longos 11 anos de jejum
A actual equipa do Benfica que está no bom caminho para conquistar o 33.º campeonato

Real O.K., ManU K.O.

 
O Real Madrid foi à Alemanha esmagar o Schalke 04 por 6-1 e tem já garantida, salvo hecatombe, a passagem aos quartos-de-final da Liga dos Campeões. Em Gelsenkirchen, os merengues, que lideram isoladamente a liga espanhola depois das derrotas dos seus rivais Barcelona e Atlético de Madrid na última jornada, fizeram o resultado com um bis de três jogadores: Karim Benzema, Gareth Bale e, como não podia deixar de ser, Cristiano Ronaldo. Do lado germânico marcou o holandês Huntelaar já no período de compensação. No outro jogo da noite de ontem, o Chelsea empatou a uma bola em Istambul frente ao Galatasaray.

 
A surpresa, ou talvez não, da jornada foi a derrota (mais uma) do Manchester United, desta vez em Atenas frente ao Olympiakos onde actuam os ex-benfiquistas Saviola e Roberto. Os red devils já só podem apostar na liga milionária para salvar esta época que está a ser verdadeiramente desastrosa, mas a tarefa ficou bastante difícil, só para não dizer hercúlea, depois de Alejandro Dominguez, aos 38 minutos, e Joel Campbell, aos 55, terem feito os golos da partida para a equipa grega. A equipa de David Moyes terá agora de ganhar aos gregos em Old Trafford pelo menos por 3-0. Já o vice-campeão europeu Borrússia de Dortmund foi à Rússia ganhar ao Zenit por 4-2 e tem tudo para seguir em frente.

Coluna (1935-2014)

 
Depois do desaparecimento do Eusébio, Portugal e a nação benfiquista em particular perderam outro grande jogador que honrou a camisola do seu clube e da equipa de todos nós: Mário Esteves Coluna, o "Monstro Sagrado". O n.º 10 e capitão do Benfica e também da selecção nacional (que representou "com muito orgulho", como o próprio dizia) morreu aos 78 anos na passada terça-feira vítima de uma infecção pulmonar grave na sua terra natal, Maputo, capital de Moçambique. Em 17 anos ao serviço do Benfica, Coluna conquistou 21 títulos, entre eles duas Taças dos Campeões Europeus.
Obrigado por tudo e até sempre, eterno capitão!

Estudante carbonizado a caminho das aulas

 
Na EN342, em Condeixa-a-Nova, o jovem Telmo Santana, de 24 anos, despistou-se enquanto conduzia e a sua viatura acabou por chocar violentamente contra uma estrutura em cimento para escoamento de águas fluviais, capotar e incendiar-se com ele lá dentro sem conseguir sair, ficando carbonizado e irreconhecível. O jovem estudante de engenharia informática no Instituto Superior de Engenharia de Coimbra tinha acabado de sair de casa e ia para as aulas. "Estava completamente irreconhecível", informou José Marques, adjunto do comando dos Bombeiros de Condeixa-a-Nova. Quando chegaram ao local do acidente, os bombeiros depararam-se com o carro "já tomado pelas chamas". "Aquela família não tem sorte. Há dois anos morreu o avô numa queda e foi o Telmo que encontrou o corpo, agora foi a vez dele", lamentou uma das vizinhas do Telmo. Paz à sua alma.

Fernando Ribeiro responde a Fernando Tordo

Fernando Ribeiro e Fernando Tordo
Fernando Ribeiro, o vocalista da banda metálica portuguesa Moonspell, reagiu à emigração do cantor Fernando Tordo para o Brasil no seu blogue.
"Sobre a emigração de Fernando Tordo: temos pena. Será que temos? Ando há vinte e um anos a trabalhar no duro com uma banda. Fazemos tours, non stop, desde 1995. Gerámos dinheiro sim, somos criativos e temos público, actualidade, e pertinência. Felizmente. Trabalhamos para isso. Nunca mas nunca tive um estilo de vida e as posses que muitos artistas portugueses tiveram e continuam a ter. Eu sei, já fui à casa de muitos. Tenho um carro velho. Como restos do jantar de ontem, quando trabalho em estúdio, não vou todos os dias ao restaurante, nem pensar. Nunca tivemos apoios, nunca os pedimos. Arte é independência! Não nos queixamos, trabalhamos. Não fazemos birras, agimos. Nunca contámos com qualquer tipo de benesse ou ajuste directo, nem com homenagens ou facilitismo dos poderosos. Nunca tocámos para partidos e sempre nos mantivemos longe da politica. Este país é o que queremos? Não. O que merecemos? Não. Mas, é o que amamos? Sim. Este governo é mau? Ė! Houve um melhor outrora? Não me parece. No único ano em que ganhei dinheiro a sério com a música em Portugal (Amália Hoje), a carga fiscal e um erro na Segurança Social retiraram-me por completo qualquer lucro que tenha tido. Irei a tribunal e, esperarei dez anos, talvez, para recuperar o que por lei é meu mas que deixa de valer quando a ordem é cobrar, mas não fugirei do meu posto, nem de reclamar os meus direitos", desabafou Fernando Ribeiro.
O texto foi escrito no avião durante o regresso dos Moonspell duma digressão pelos Estados Unidos, e revela alguma revolta em relação às queixas e ao mediatismo dado a Fernando Tordo. "Estão a brincar comigo? Regressei agora de uma tour por toda a América do Norte, da qual muitos artistas portugueses fugiriam devido à sua dureza. Tocámos para muita gente, tocámos para pouca gente, mas tocámos. Não ganhei um tostão, foi tudo investido. Sim, pagámos técnicos, cordas de baixo, táxis, bilhetes de avião, hotéis, tour bus, vistos de trabalho, impostos 'you name it'. Nada disto é dedutível segundo as nossas leis. Para o ano estamos de volta. E chego a Portugal para ouvir e ler queixas, vitimizações, polémicas, quando na verdade se trata de uma decisão pessoal, livre, sem coacção. Mais valia, na minha opinião, terem dedicado todo esse espaço e atenção à nossa tour que foi real, vivida e sofrida sem queixume ou solidariedade do povo ou média. Estou no avião mais zangado com os portugueses que com Portugal", acrescentou.
"Fico com pena dos familiares de Fernando Tordo, especialmente do filho João, que conheço, estimo e cujos livros comprei e paguei. Simpatizo e entendo, como ninguém, a ausência. Esta é uma realidade de milhares de portugueses. A minha realidade inclusive, já que não vejo o meu filho Fausto e a minha mulher Sónia (Sónia Tavares, vocalista dos The Gift) há mais de um mês. Quando ele tinha 18 dias fui em tour. Quando ele deu os primeiros passos, estava fora. As primeiras palavras, também. Ninguém é mais que ninguém nas saudades. Ninguém é especial no sofrimento," concluiu.
Ah, grande Fernando Ribeiro!

Posso não concordar mas posso reflectir

Depois de um breve período na década de 50, quando fiz o meu serviço militar, tenho trabalhado duro desde os 17 anos. Trabalhava 50 horas por semana, e não caí doente em quase 40 anos. Tinha um salário razoável, mas não herdei o meu trabalho ou o meu rendimento. Eu trabalhei para chegar onde estou, e cheguei economizando muito, mas estou cansado, muito cansado.
Estou cansado de ouvir dizer que tenho que "distribuir a riqueza" para as pessoas que não querem trabalhar e não têm a ética de trabalho. Estou cansado de ver que o governo fica com o dinheiro que eu ganho, à força, se necessário, e o dá a vagabundos com preguiça de ganhá-lo.
Estou cansado de ler e ouvir que o islamismo é uma "religião da paz", quando todos os dias eu leio dezenas de histórias de homens muçulmanos a matar suas irmãs, esposas e filhas pela "honra" da sua família; de tumultos de muçulmanos sobre alguma ligeira infracção; de muçulmanos a assassinar cristãos e judeus porque não são "crentes"; de muçulmanos queimando escolas para meninas; de muçulmanos apedrejando adolescentes, vítimas de estupro, até à morte, por "adultério"; de muçulmanos a mutilar o genital das meninas, tudo em nome de Alá, porque o Alcorão e a lei Sharia diz para eles o fazerem.
Estou cansado de que me digam que por "tolerância para com outras culturas" devemos deixar que a Arábia Saudita e outros países árabes usem o dinheiro do petróleo para financiar mesquitas e escolas madrassas islâmicas, para pregar o ódio na Austrália, Nova Zelândia, Reino Unido, Estados Unidos e Canadá, enquanto que ninguém desses países está autorizado a fundar uma sinagoga, igreja ou escola religiosa na Arábia Saudita ou qualquer outro país árabe, para ensinar amor, tolerância e paz.
Estou cansado de que me digam para eu baixar o meu padrão de vida para lutar contra o aquecimento global, o que não me é permitido debater.
Estou cansado de que me digam que os toxicodependentes têm uma doença, e eu tenho que ajudar no seu tratamento e pagar pelos danos que fazem. Eles procuraram sua desgraça. Nenhum germe gigante os agarrou e encheu de pó branco seus narizes nojentos, ou à força injectou porcaria em suas veias asquerosas.
Estou cansado de ouvir ricos atletas, artistas e políticos de todos os partidos falarem sobre erros inocentes, erros estúpidos ou erros da juventude, quando todos sabemos que eles pensam que seus únicos erros foi serem apanhados.
Estou cansado de pessoas sem senso do direito, sejam elas ricas ou pobres.
Estou realmente cansado de pessoas que não assumem a responsabilidade por suas vidas e acções. Estou cansado de ouvi-las culpar o governo e a sociedade de discriminação pelos "seus problemas".
Também estou cansado e farto de ver homens e mulheres serem repositórios de pregos, pinos e tatuagens de mau gosto, tornando-se assim pessoas não-empregáveis e, por isso, reivindicando dinheiro do governo (dos impostos pagos por quem trabalha e produz).
Sim, estou muito cansado. Mas também estou feliz por ter 74 anos, porque não vou ter de ver o mundo que essas pessoas estão criando.
Mas estou triste por minha neta e pelos seus filhos. Graças a Deus estou no caminho de saída e não no caminho de entrada.
 
 
William H. Bill Cosby, comediante americano

I'm back

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Volto dia 27

 
Vou precisar de me ausentar para um lugar onde infelizmente não há acesso à Internet. Regresso dia 27. Agradeço a vossa melhor compreensão.

A gerência

Benfica reforça liderança

video
 
No jogo em atraso da 20.ª jornada da Liga ZON Sagres, o Benfica recebeu e venceu, com tranquilidade, o carrasco da final da Taça de Portugal da época passada, o Vitória de Guimarães, por 1-0, e reforçou a liderança no campeonato. Com uma exibição convincente, o Glorioso fez o único golo do jogo através do jovem sérvio Lazar Marković, que tem apenas 19 anos, um golo de antologia que vale sempre a pena ver e rever. "Uma boa vitória, um bom jogo, principalmente no primeiro tempo. No final do jogo caímos um pouco de produção. Foi uma boa exibição, uma boa vitória, parabéns ao Vitória de Guimarães, que também fez um bom jogo. Lance do golo? Foi uma jogada bonita mas o importante é que o Benfica ganhou. Vamos continuar jogo a jogo", afirmou o avançado Rodrigo em declarações à Benfica TV. Jorge Jesus, por sua vez, disse que "Houve faltas constantes que não deixaram jogar o Benfica" e garantiu que "Até à última jornada, o Benfica ainda tem muito para sofrer".
O que importa é que o Benfica tem agora 49 pontos, mais 5 que o Sporting e mais 7 que o Futebol Corrupto do Porto.

Matić, "Melhor Jogador do Ano TSF/Opel Insígnia 2013"


O ex-jogador do Benfica Nemanja Matić, agora a representar o Chelsea, ganhou o prémio de "Melhor Jogador do Ano TSF/Opel Insígnia 2013", atribuído pela estação de rádio, numa gala realizada no Coliseu de Lisboa. O sérvio que muita falta faz ao Benfica foi eleito pelos treinadores da I e II Ligas como o melhor jogador em Portugal em 2013, tendo conquistado 146 pontos e vencendo a concorrência de João Moutinho (ex-Futebol Corrupto do Porto, actualmente no Mónaco), que teve 130, e Fredy Montero (Sporting), 48 pontos. Em declarações à imprensa, Matić agradeceu em bom português ao Benfica na hora de receber o prémio das mãos de Paulo Baldaia, o director da TSF: "Estou muito orgulhoso por ter jogado no Benfica. Não seria o mesmo se não tivesse jogado no Benfica. Estou muito melhor, treinei e evoluí muito com a ajuda do treinador e dos companheiros de equipa". Já o falecido Eusébio ganhou, a título póstumo, o título "Jogador do Século".
Agora que o Matić até já fala bem o português é que saiu do Benfica...

Harold Ramis (1944-2014)

 
Morreu Harold Ramis aos 69 anos. O actor, argumentista e produtor norte-americano, que ficou conhecido graças à sua personagem Egon Spengler dos Ghostbusters ("Caça-Fantasmas") em 1984, sofria de uma doença rara (vasculite, uma doença inflamatória auto-imune que faz inchar os vasos sanguíneos) desde 2010, ano em que parou de produzir. Para além da sua actuação e co-autoria no argumento nos filmes e séries dos Ghostbusters (juntamente com o actor Dan Aykroyd), o trabalho de Harold Ramis ficou igualmente imortalizado com as comédias como "Melhor é Impossível" (As Good as It Gets), "O Amor da Minha Vida" (Love Affair) ou o "Feitiço do Tempo" (Groundhog Day).
Requiescat in pace.

Raposa sobreviveu presa no pára-choques

 
Em Litomerice, na República Checa, o senhor David Mikeska, de 38 anos, conduzia o seu carro quando atropelou uma raposa. Segundo o jornal local Idnes, David confirmou que atropelou a raposa, mas pensava que ela tinha fugido ao olhar para fora do carro e não a ter encontrado nas proximidades. A raposa acabou por ficar entalada num pequeno espaço entre o pára-choques e a placa, seguindo viagem até que o carro fosse parado pela polícia quando um agente viu uma cauda pendurada na parte da frente do mesmo. A raposa só foi libertada graças à acção dos bombeiros e acabou por fugir logo para a floresta.

Velha grávida de... 40 anos

 
Na Colômbia, uma idosa de 82 anos carregava, na zona abdominal, um feto de 40 anos. Esse problema chama-se litopédio (ou bebé de pedra), que acontece quando um feto se desenvolve fora do útero da mãe e acaba calcificado no seu corpo, algo mesmo muito raro de acontecer. A calcificação, um dos métodos de defesa do organismo contra corpos estranhos, pode causar o fenómeno raro, uma vez que quando o bebé morre no corpo da mãe, geralmente o tecido desfaz-se e é absorvido ou expulso. Em 2009, a chinesa Huang Yijun, de 92 anos, também teve um problema idêntico e deu à luz um feto de 60 anos de idade. O primeiro caso relatado de litopédio foi o de Madame Colombe Chatri, uma francesa de 68 anos de idade que carregava um feto há 28 anos na sua cavidade abdominal, informação que só foi revelada na autópsia em 1582.

A namorada perfeita tem que ter mamas de tamanho 34C

 
De acordo com uma pesquisa feita com o Live-Radar via Lovoo a 2000 homens britânicos, a namorada perfeita tem que ser morena, medir cerca de 1,66 cm, pesar cerca de 58 Kg, ser professora ou enfermeira, ter mente aberta, gostar de "experimentar diferentes posições", não ter tatuagens e ter mamas de tamanho 34C. Para além disso, deve gostar de futebol (ser adepta do Manchester United de preferência) e ser parecida com Kelly Brook (na foto, ou então no mínimo como a Cheryl Cole), aquela que foi considerada a gaja mais perfeita do planeta.
Esperem agora sentados até encontrarem uma assim...

Tuga condenado por partir vitrais de Westminster

 
Em Setembro passado, um sem abrigo português, Paulo Santos, de 38 anos, ficou desesperado depois de saber que o apoio social lhe seria cortado e atirou pedras a uma janela da famosa abadia de Westminster, outrora imponente igreja católica que foi roubada pela seita anglicana em 1534, acabando por ser condenado a dois meses de prisão. O juiz Alastair McCreath, do tribunal de Southwark Crown, classificou o acto de "vandalismo gratuito" contra a abadia que tem "significado histórico". "Você causou estragos a um edifício muito importante", disse McCreath, acrescentando que há muitas pessoas a quem são cortados os subsídios sociais e que mesmo assim comportam-se decentemente. Só o Paulo Santos é que se armou em alógeno. Queria continuar a mamar em liberdade no estrangeiro, deu-se mal. Mama agora na prisa.

Opiniões DN

Nos territórios que são hoje partilhados pela infeliz Palestina, Egipto, Israel, Jordânia, Líbano, Síria, Iraque, Turquia, encontram-se os por vezes chamados cristãos do Oriente, velhas comunidades criadas pelos apóstolos e seguidores do Evangelho nos primeiros séculos da expansão da palavra. São minoritários. No geral a sua dimensão está em decadência, o futuro é preocupante, embora de inquietação variável segundo as regiões, todavia exigindo uma atenção, mesmo que, a servir de exemplo o moderado Marrocos, exista uma vida tranquila (Adriano Moreira).
 
Do que a Ucrânia precisa é de nova legitimidade e de políticos sem telhados de vidro. Porque a grande incógnita permanece: o que está Putin a preparar? Uma proposta de federação que evite mais sangue, dando-lhe poder de decisão formal no país e uma palavra na política europeia? Ou a secessão unilateral da Crimeia, incentivando outras em Donbas? Ficar quieto não vai. O que decidir terá impacto na Moldávia, Geórgia, Bielorrússia, União Euro-Asiática e Síria. E também em Moscovo (Bernardo Pires de Lima).
 
No meio de problemas vários na SAD, Pinto da Costa tem decisões a tomar conforme o treinador que venha a seguir. Um consagrado ou um jovem? A questão, para já, é saber se Fonseca pode desvalorizar mais os jogadores e pôr em causa o acesso à Liga dos Campeões. O que ficaria mais caro do que qualquer indemnização... (Manuel Queiroz)
 
A cartilha do Governo e da oposição está encontrada. O Governo olhará para as tendências para mostrar que a recessão acabou e que o desemprego diminui. A oposição olhará para o homólogo para provar que o País está mais pobre e o desemprego maior. Sabemos todos como a memória é curta e como isso pode jogar a favor do Governo ou da oposição (Paulo Badaia).
 
Como os problemas são novos, a reprodução simplista de técnicas não funciona. O trio liberdade, igualdade e fraternidade, que mal resistiu na revolução política e se rompeu na económica, fica anómalo na intimidade, reino do amor. Dentro da fraternidade familiar, liberdade e igualdade tomam sentidos estranhos. Por isso, divórcio, aborto ou eutanásia só retoricamente libertam; de facto, matam. Fora da metáfora não existe igualdade entre jovem e velho, homem e mulher, casamento e união de facto, pais e filhos, amor conjugal e promiscuidade, sexo e perversão (João César das Neves).
 
Interrogado sobre o significado dos resultados da sondagem para a hierarquia, Küng dá uma resposta sensata: "Para os bispos preparados para reformas, e eles existem em todo o mundo, eles significam um grande encorajamento. Quanto aos conservadores, que têm as suas reservas: deveriam reflectir sobre as suas reservas e escutar os argumentos dos renovadores. Os bispos reaccionários, presentes não só no Vaticano mas em todo o mundo, deveriam abandonar a sua resistência obstinada e optar pela razoabilidade" (Anselmo Borges).

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Apartheid anti-árabe em Israel?


Por esta altura do ano decorre, em muitos campus universitários norte-americanos, a campanha Israel Apartheid Week ("Semana do Apartheid de Israel") organizada, como não podia deixar de ser, pelos activistas imbecis pró-Palestina e que recolhe a simpatia dos esquerdistas multiculturalistas e relativistas. Talvez fosse necessário esses cromos explicarem-nos onde é que existe o Apartheid em Israel...












 
... e, já agora, nos tentassem explicar o Apartheid contra os judeus que existe realmente na Palestina ou a discriminação contra os palestinianos (árabes e muçulmanos, entenda-se) em países de maioria árabe e muçulmana como o Egipto ou o Líbano... Felizmente, os defensores de Israel estudam maneiras de contrariar a iniciativa.
 


 
E depois Israel é que é sempre o mau da fita...

30 homens violaram adolescente

 
No Reino Unido, uma adolescente asiática foi violada por 30 homens durante cerca de seis horas em Birmingham, onde reside a maior comunidade paquistanesa do país, e entre estes 30 homens estariam taxistas, um pai e um filho, este igualmente aluno da escola da vítima. A presidente do Conselho da cidade, Anita Ward, no lugar de enxergar o óbvio decidiu fazer uso do politicamente correcto, ou seja, não identificar a comunidade responsável pelo crime em questão: "Quando se trata de um crime desta natureza, é preciso estar atento a todos os jovens, sejam eles brancos, negros ou asiáticos".
O problema é que as tendências e os factos não deixam mentir por mais que se queira tapar o sol com a peneira. Os criminosos são muçulmanos...

Islamismo no lugar do nazismo

O nazismo, uma ideologia extremista que alia o nacionalismo ao chauvinismo, xenofobia, racismo, fundamentalismo religioso ou um ponto de vista reaccionário, e que na sua variante mais extremista inclui a opressão e o genocídio contra grupos de pessoas baseados na sua alegada inferioridade, pode até estar oficialmente morto por muito que haja uma enorme vontade por parte dos simpatizantes nacional-socialistas de o ressuscitarem. No entanto, cresce um pouco por todo o mundo ocidental o islamismo, uma ideologia travestida em religião (que acolhia a simpatia do próprio fundador do nacional-socialismo, Adolf Hitler) e que é racista, chauvinista, nacionalista, fundamentalista religioso e que pratica a opressão e o genocídio de povos baseados na sua alegada inferioridade de acordo com o Alcorão, o livro "sagrado" dos seguidores da seita de Maomé.

 
De facto, o islão é a mais extremista ideologia alguma vez criada por uma pessoa (Maomé) porque esta utiliza Deus (ou melhor, o falso deus Alá) para justificar os seus propósitos e crimes. Hitler nunca afirmou ser profeta de Deus ou que se encontrou com o anjo, como o falso anjo Gabriel do islão (Jibril), para receber ensinamentos que lhes garantiam que eles, os nazis, tinham o direito divino de criar uma raça superior e exterminar, assassinar, escravizar ou violar os não nazis (os judeus, ciganos, paneleiros, etc., foram perseguidos pelos nazis). Hitler cometeu crimes contra a humanidade em grande escala, mas sem o suposto apoio moral "divino", ainda que haja fontes que afirmam que o austríaco tivesse tido ligações com o mundo do oculto. Hitler matou mais de 6 milhões de judeus, mas falhou na sua missão de criar uma Europa (e mundo) livre dos judeus. A nova extrema-esquerda travestida em nacionalista (o neonazismo) está a tratar de levar a cabo o trabalho do Führer. A Europa está aos poucos a tornar-se numa "no go zone" (área interdita) para os judeus. E isso não é graças aos neonazis, mas sim aos muçulmanos, devido ao crescimento do islão no mundo ocidental. Desde a Suécia, passando pela França, Espanha ou Alemanha até ao Reino Unido, a cortina islâmica está rapidamente a cobrir a Europa.
 


Em certas localidades alemãs, muitos residentes recusam-se a sair sozinhos de casa à noite por causa dos invasores muçulmanos que por sua vez se recusam a integrar-se na sociedade alemã, preferindo ao invés juntar-se aos gangues que cometem crimes e fazendo assim disparar a criminalidade dos países que sofre de grande imigração muçulmana.


A Europa e o mundo livraram-se, e ainda bem, do nazismo. Só não se percebe lá muito bem porque é que não querem-se livrar também do islamismo, que já existe desde o século VII. Será que a existência e o crescimento da seita muçulmana, que conta com o apoio dos esquerdistas e dos idiotas úteis e relativistas de todo o mundo, serve os objectivos da maçónica Nova Ordem Mundial? Se sim, como, se o próprio islão é já em si totalitário e opõe-se aos princípios esquerdistas do multiculturalismo selvagem e apátrida? Ele há com cada coisa mais engraçada...

Tudo bem para o Bayern

 
O Bayern München soma e segue na Bundesliga depois de ter goleado o Hannover 96 fora por 4-0. Com este resultado, os campeões alemães, europeus e mundiais somaram, em 22 jornadas, a 20.ª vitória e já têm 19 pontos de vantagem sobre o 2.º classificado, o Bayer Leverkusen (19 pontos de vantagem!), e 20 pontos sobre o vice-campeão alemão e europeu Borrússia de Dortmund. Em 66 pontos possíveis, os pupilos de Pep Guardiola somaram 62 pontos.
Que grande passeio que o Bayern está a dar na Alemanha e não só. Pode ser que esta seja mais uma época dourada para o colosso alemão.

Canarinhos comeram dragão

 
Depois de 81 jogos sem perder para o campeonato em casa (5 anos), muitas das vezes com muita ajudinha dos homens do apito, o Futebol Corrupto do Porto foi historicamente surpreendido pelo sensacional Estoril, que ocupa um brilhante 4.º lugar, perdendo por 0-1. Os Andrades tinham eliminado os canarinhos na Taça de Portugal no mesmo estádio, do Cabrão Dragão, por 2-1, uma vitória arrancada a ferros, mas os da linha de Cascais desta vez vingaram-se e mostraram a Portugal que esta equipa do CRAC não merece ser campeã, nem mesmo com ajudas. Para já, o Sporting ultrapassou o CRAC, tendo agora mais 2 pontos que o rival. O golo só surgiu através de um penalty evidente (vá lá, marcou-se finalmente um penalty contra o CRAC no Estádio do Ladrão!) superiormente convertido por Evandro, o goleador do Estoril, ao minuto 76. Mangala, que cometeu o penalty por falta sobre Evandro, foi expulso, bem como o treinador canarinho Marco Silva, por alegados protestos e insultos à equipa de arbitragem liderada por Vasco Santos (olha quem é ele...). Sob coro de assobios, os jogadores do CRAC tiveram que sair escoltados pela PSP. "Só os ratos é que fogem, ninguém do FC Porto foge!", garantiu Pinto da Costa no exterior do estádio, que fica, como sabemos, num local semelhante à Faixa de Gaza. Entretanto, diz o DN que o treinador Paulo Fonseca apresentou a sua demissão mas esta foi recusada por Pinto da Costa. Por mim tudo bem, o Paulo Fonseca deve sim permanecer no clube, mas o que verdadeiramente dá sentido e significado à vitória do Estoril só pode ser a vitória do Benfica logo sobre o Vitória de Guimarães no Estádio da Luz. Em caso de vitória, o Benfica passará a ter 7 pontos de vantagem sobre o rival do Porto. Se não ganhar, e esperemos bem que isso não venha a acontecer, o triunfo inédito do Estoril será em vão.

Macau: campeão derrota vice-campeão

Apesar de estar de férias em Portugal, não vou deixar de falar da Liga de Elite: o Benfica de Macau, infelizmente, foi derrotado pelo campeão Monte Carlo por 1-2. A equipa canarinha, comandada por Firmino Mendonça, chegou à vitória graças aos golos apontados por Rodrigo e Falcão. Para os encarnados apontou Nicholas Torrão.
Nos outros jogos da 3.ª jornada, o Ka I goleou o Lai Chi por 5-1, os Sub-23 surpreenderam ao vencerem a Polícia por 1-0 e o Sporting de Macau ganhou por 3-0 o Kei Lun. O Chao Pak Kei folgou.
Classificação ao fim de três jornadas: Sporting, 9 pontos; Chao Pak Kei, 6 pontos; Monte Carlo, Ka I e Benfica, 4 pontos; Lai Chi e Sub-23, 3 pontos; Polícia, 1 ponto; e Kei Lun, 0 pontos.

Um golo por cada minuto

 
É oficial: Cristiano Ronaldo já marcou em todos os minutos de um jogo de futebol. Depois do golo de grande penalidade apontado ao minuto 7 em jogo a contar para a Taça do Rei frente ao Atlético de Madrid, o jogador português concluiu o recorde. Significa isso que é preciso ter muita atenção ao Ronaldo, pois ele pode fazer o gosto ao pé (ou à cabeça) a qualquer momento do jogo.