sábado, 23 de agosto de 2014

Pode-se espiar mulheres no duche!


O "clérigo" muçulmano egípcio Osama al-Qusi afirmou que os homens podem espiar as mulheres durante o banho desde que estejam interessados em casar com elas (e se elas não estiverem? Ah, isso não interessa). "Se forem realmente honestos e quiserem casar com essa mulher, e se se puderem esconder e observá-la em segredo e ver as coisas que ela normalmente não deixaria ver antes de casarem com ela, então é aceitável, desde que as vossas intenções sejam puras", disse o chanfrado. Mohamed Mokhtar, o ministro dos assuntos religiosos no Egipto, condenou Osama al-Qusi perguntando: "Onde está a glória e masculinidade em observar uma mulher a tomar banho? Deixavam que isto acontecesse com a vossa filha?" De acordo com o The Times of Israel, o "clérigo" até é bem capaz de ter razão, pois ele citou um caso em que um dos companheiros do Maomé (QAMESE) espiou uma mulher, o que não foi bem aceite pelos restantes companheiros do pseudo-profeta (QAMESE). Este (QAMESE) respondeu-lhes que se eles virem alguma coisa que lhes faz querer casar com uma mulher então eles que o façam.
Vale a pena salientar que o Maomé (QAMESE) é visto como o homem perfeito segundo o islão e é o dever de qualquer muçulmano de ser como ele (QAMESE)...

2 comentários:

Spaghetti disse...

Eu acho que não é necessário autorização divina para espiar mulheres...

FireHead disse...

Um "clérigo" muçulmano não fala em nome de Deus. Quanto muito do demónio que é o Alá.