sábado, 31 de março de 2012

Momentos de paz

video

Anúncio comercial da Kentucky Fried Chicken com a música da personagem Guile do Street Fighter

video

Notas soltas


O Manchester City quer contratar Cristiano Ronaldo, estando disponível para lhe dar um ordenado de 23 milhões de euros por ano! Sheik Mansour, o multimilionário árabe proprietário do clube, quer mesmo convencer o extremo luso a trocar os espanhóis do Real Madrid pelos citizens. A cláusula de rescisão de Cristiano Ronaldo, de 27 anos, está fixada em 1000 milhões de euros.


Uma britânica de 32 anos, Jemma Webb, que sofria de cancro nos ovários desde 2008, não resistiu à doença e acabou por falecer 90 minutos antes do seu casamento. Nove meses depois de ter conhecido Alex Bradford, planearam ambos uma bonita cerimónia no campo marcado para 18 de Abril. No entanto, a 16 de Março Jemma piorou repentinamente, o que levou o casal a antecipar a cerimónia para o dia seguinte, 17 de Março. Alex e os pais da noiva trataram de tudo para conseguir obter uma licença que lhes autorizasse a realização do casamento em casa. Contudo, o pior aconteceu e Jemma não conseguiu resistir ao cancro contra o qual já tinha sido operada em 2010, tendo a doença se alastrado para os pulmões e para o fígado. Para a família e os amigos, Jemma era uma vencedora que nunca desistiu de lutar contra o cancro, mostrando-se sempre disponível para ajudar outras jovens vítimas da doença. "A minha filha tinha uma forma de ser e de estar na vida que conquistava todos aqueles que se cruzavam com ela. Jemma olhava sempre para frente e nunca para trás", referiu a sua mãe, acrescentando que ela "estava determinada a ser a mensageira para as restantes jovens, alertando-as para a importância do rastreio contra este assassino silencioso".


O bezerro de nome Lili tem seis patas e tornou-se atracção em Weissenburg, na Suíça, a 30 quilómetros da capital Berna. Lilli esteve para ser abatido devido à deficiência mas conseguiu resistir após um parto complicado há dois meses atrás. O veterinário, ao aperceber-se das duas patas extra, aconselhou que Lili fosse abatido por dificuldades de sobrevivência, mas o dono, Andreas Knutti, explicou aos jornalistas que não o conseguiu fazer. Lilli agora tem demonstrado boa forma e energia.


A americana Shelley Lynn, uma ex-prostituta e empregada de um bordel em Las Vegas, processou  a McDonad's no Tribunal federal por "tê-la levado à prostituição". De acordo com a Courthouse News Service, Shelley está a processar também o ex-marido, que possuía um franchising da McDonald’s na qual ela trabalhou como caixa há 20 anos atrás, antes da separação. No processo, Shelley diz que teve que dedicar-se à prostituição porque o seu ex, que era o seu patrão, forçou-a "emocional e psicologicamente", já que este apenas lhe pagava um salário mínimo, oferecia-lhe um péssimo plano de saúde e nenhum outro benefício, além de não proporcionar um sistema para que os funcionários se queixassem de abuso de poder dos seus superiores. Ao ser despedida do emprego, diz ela, só lhe restou o caminho da prostituição. A McDonald’s não se pronunciou.


Na Indonésia, a maior nação islâmica do mundo, o governo vai proibir o uso de minissaia (ou mini-saia, com ou sem o Acordo Ortográfico) porque "elas levam os homens a fazer coisas". Segundo o poderoso Ministério de Assuntos Religiosos, será considerado pornográfico o uso de qualquer saia acima do joelho. "A roupas provocadoras levam-nos (homens) a fazer coisas", disse Suryadharma Ali, ministro de Assuntos Religiosos.


Em França, o presidente e candidato à nova presidência Nicolas Sarkozy afirmou que foram detidos 19 alegados islamitas com ligação aos ataques de Toulouse, tendo a polícia apreendido também armas. Sarkozy garantiu que este tipo de operação é para continuar. A questão de segurança em França tem sido um dos pratos fortes da sua campanha.


Há dias, na Bélgica, o quartel-general do partido nacionalista flamengo Vlaams Belang, em Bruxelas, teve de ser evacuado depois de ter recebido um envelope contendo pó branco endereçado ao líder da formação partidária, Filip Dewinter, e à sua filha, An-Sofie Dewinter, que recentemente posou provocantemente de burqa e biquini em cartazes da campanha "Mulheres Contra a Islamização". O grupo Sharia4Belgium tinha colocado na net um cartaz com o slogan Scharia oder Jiziah, isto é, "Ou sharia ou jizia" (a sharia é a lei islâmica e a jizia é o pagamento que os infiéis submetidos ao islão pagam aos muçulmanos em troca da sua "protecção"). Esse cartaz mostra também a cabeça de Filip Dewinter na ponta de uma espada. Não há provas de que o envelope tenha sido enviado por alguém do Sharia4Belgium, mas eu pessoalmente não tenho dúvidas.


Na Alemanha, o partido PRO-NRW (NRW é a sigla de Nordrhein-Westfalen, ou Norte Reno-Vestefália) lançou uma competição de caricaturas e outros trabalhos de arte de cariz anti-muçulmano com o lema Freiheit statt Islam ou "Liberdade em vez de islão", no contexto da sua campanha eleitoral regional. Há prémios de duzentos euros para o vencedor, cento e cinquenta para o segundo lugar e cem para o terceiro. Os trabalhos serão exibidos perto de controversas mesquitas e centros salafistas numa digressão por 25 mesquitas que o partido tenciona levar a cabo. Segundo o partido, a iniciativa significa que "a Liberdade tem de ser activamente representada e defendida e não pode haver áreas em que a liberdade artística e a liberdade de expressão não se apliquem. As tentativas de regulamentação politicamente correcta que tentam limitar a crítica democrática ao islão não são dignas de um Estado livre e mostram apenas que já se está a caminho de um totalitarismo islamista. Não podemos aceitar que sob a protecção da liberdade religiosa se estabeleçam áreas que não possam ser criticadas. Como ideologia totalitária caracterizada por uma visão do mundo estreita e política, o próprio islão não tolera qualquer crítica. Já vimos quais os efeitos que têm um cartaz de tema religioso. Houve maciça resistência contra ele. Nestes casos, a liberdade de imprensa e de religião foi altamente enfatizada. Mas agora estamos a ver que as instituições estatais que são obrigadas a mostrar neutralidade religiosa estão também a censurar a crítica ao islão. Há grupos políticos e média a serem criminalizados. Activistas de primeiro plano como Michael Mannheimer, que alerta para a islamização da Europa, estão a ser processados como criminosos. Assim, a ordem livre, democrática e constitucional incorpora agora padrões de intolerância oriundos do islão. Temos de erguer fortes protestos contra isto. Com a competição mediática que lançamos, o PRO-NRW quer passar uma mensagem. Os cidadãos que estão empenhados em manter os direitos da liberdade e que criticam uma comunidade religiosa anti-liberdade têm agora de levantar a sua voz."


Sarah Tressler é professora universitária, stripper em part-time e era também uma repórter de asssuntos sociais do jornal norte-americano The Houston Chronicle. Era porque foi despedida depois de terem descoberto que ela mantinha precisamente um part-time como stripper, actividade que descrevia no blogue Diary of an Angry Strippe. Sarah foi denunciada por um artigo de um jornal rival que citava fontes do The Houston Chronicle. Furiosos com vários sinais exteriores de riqueza - segundo as suas agora ex-colegas, "Ela exibe o dinheiro que ganha enquanto stripper", levando para a redacção "malas e roupas de marca" -, Sarah foi despedida pela direcção do jornal. "Tinha três empregos, de repórter, stripper e professora, e agora só tenho dois", afirmou Sarah, garantindo que continua a dar aulas na Universidade de Houston.


A britânica Reighner Deleighnie, de 40 anos, diz que está apaixonada por uma estátua de Adónis, um dos deuses da mitologia grega! A mulher passa todos os dias várias horas com a estátua feita de mármore frio. "Eu sou apaixonada por Adónis. Ele é o meu namorado e muito mais", disse Reighner. Também a britânica Amanda Whittaker diz estar apaixonada por uma estátua, mas por uma bem maior e... inacessível: a Estátua da Liberdade! "As outras pessoas podem ficar chocadas ao pensar que posso ter sentimentos amorosos por um objecto, mas eu não sou igual a elas", afirmou. Ambas as mulheres sofrem de um problema incomum chamado "objectum sexual" ou "objectofilia", sendo duas de cerca de 40 pessoas que sofrem desse mesmo problema, todas elas mulheres.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Guia de casamento muçulmano

Um controverso guia de casamento que aconselha os muçulmanos sobre como se deve bater nas esposas está a fazer sucesso nas livrarias de Toronto (Canadá) e na Internet, onde é vendido em vários sites.
"Um presente para o casal muçulmano", de 160 páginas e impresso em Nova Déli, a capital indiana, foi escrito por Hazrat Maulana Ashraf Ali Thanvi, referenciado na obra como "um prolífico autor sobre quase todos os tópicos do conhecimento islâmico". No livro, Ali Thanvi diz que "pode ser necessário ameaçar e usar a força com a esposa", recomendando o uso da própria mão ou então uma vara. Puxar as orelhas da mulher também é recomendável, sem, porém, que a violência seja em excesso. "O marido deve tratar a esposa com bondade e amor, mesmo que ela tenda a ser estúpida e lenta às vezes". Esta, escreveu Ali Thanvi, não pode sair de casa sem a permissão do marido e deve sempre se embelezar para ele, a fim "de satisfazer os desejos dele".
O livro faz sucesso apesar da violência contra as muçulmanas estar a assustar o Canadá. Num dos casos mais badalados, uma muçulmana e as suas três filhas foram mortas sob acusação de desobediência. Os autores desse crime são Mohammad Shafia, de 59 anos, pai das três jovens, a sua segunda esposa, Tooba Yahya, de 42, e o filho deles, Hamed, de 21.

Ex-dançarina põe fim a 12 anos de sofrimento


A antiga dançarina paquistanesa Fakhra Younus, de 33 anos, atacada pelo seu ex-marido com ácido há 12 anos, suicidou-se no início deste mês depois de 39 cirurgias e uma batalha judicial inconclusiva.
O ataque sofrido em Maio de 2000 deixou-lhe com o rosto irreconhecível. Enquanto dormia, o seu ex-marido, Bilal Khar, jogou-lhe ácido na cara com o seu filho, na altura com cinco anos, a assistir a tudo. Bilal nunca foi condenado.
"A cara é uma prisão", dizia Fakhra Younus, que continuava a não se sentir "humana" depois das sucessivas operações de reconstrução facial. Fahrka acabou com o sofrimento atirando-se do sexto andar do prédio em Roma onde morava.

A miss Canadá era um mister


A miss Canadá, uma das fortes candidatas a ganhar o concurso de Miss Universo, Jenna Talackova de 23 anos, foi desqualificada porque nasceu homem.
Jenna, de Vancouver, acusou o concurso de discriminação e mais de 28 mil cibernautas assinaram uma petição online exigindo o seu regresso. Os organizadores escreveram no website do concurso que Jenna foi desqualificada porque "não reunia as condições da candidatura", apesar dela ter insistido "que é uma mulher".
Jenna foi seleccionada entre 65 finalistas e acredita que foi desqualificada por causa da sua operação: "Vou tentar tirar o melhor partido desta situação, para que as outras pessoas não se sintam descriminadas no futuro", disse. A sua história causou uma onda de indignação (certamente por parte do pessoal da LGBT). Apesar de ter nascido com pilinha e tomates, Jenna diz que "sempre se sentiu mulher", tendo começado a fazer terapia hormonal aos 14 anos e operada aos 19.

video

Tu a mim... me enganas!

24 milhões de chineses sem mulheres para casar


A política de um filho por casal imposta há 30 anos e a tradicional preferência por um filho do sexo masculino em todas as zonas urbanas da China fez com que no final da década haja 24 milhões de homens que não encontrarão uma mulher para casar, segundo dados apurados pelo Gabinete de Estatísticas da China que "mantêm-se acima do limite, confrontando o país com a árdua tarefa de aliviar o desequilíbrio entre os sexos".
O Diário do Povo, órgão central do Partido Comunista Chinês, revelou que em 2011 nasceram 117,78 rapazes por cada 100 raparigas, contra 117,94 por 100 em 2010 e 119,45 por 100 no ano anterior. O recorde, neste domínio, ocorreu em 2008, quando nasceram 120,56 rapazes por 100 raparigas, muito acima do ratio considerado normal (entre 103 e 107 por cada 100 raparigas). "É um problema demográfico e também um grave problema social", disse um responsável da Comissão Estatal da População e Planeamento Familiar citado pelo Diário do Povo.
Para os chineses, o filho do sexo masculino é o único que transmite o apelido da família aos descendentes e trata dos pais na velhice. Muitos casais interrompem a gravidez se descobrem que o feto é do sexo feminino, coisa que a China tenta em vão impedir: os médicos e hospitais estão proibidos de fazer testes para apurar o sexo dos futuros bebés, mas o número de abortos não pára de aumentar.
Os chineses ou viram gays, ou vão arranjar estrangeiras. Das duas, três.

Violou puto 300 vezes


Em Massachusetts, Estados Unidos da América, uma antiga stôra do ensino primário de 29 anos, Christine McCallum, foi condenada a uma pena de 29 meses de prisão efectiva e outros 10 anos de pena suspensa por ter drogado e abusado sexualmente de um puto de 13 anos durante cerca de dois anos num total de 300 violações (violações?) contabilizadas.
Segundo o The Huffington Post, Christine é a tutora do rapaz e do seu irmão, e estes viviam na mesma casa dela e do seu marido. Os crimes de abuso sexual foram constantes e acabaram quando a arguida descobriu que o estudante se apaixonou por uma jovem da sua idade. Ouvido em tribunal, o pai biológico do rapaz descreveu Christine como sendo "uma verdadeira predadora sexual, um monstro" que "destruiu a vida do meu filho".

quinta-feira, 29 de março de 2012

Jackpot de 500 milhões!!!


Enquanto que o Euromilhões nos últimos sorteios tem sorrido a franceses e britânicos, nos Estados Unidos, o Mega Millions, a lotaria que abarca mais de quarenta Estados norte-americanos, atingiu um jackpot no valor recorde de 500 milhões de dólares, qualquer coisa como 375 milhões de euros!! Até agora ninguém conseguiu acertar nos seis números certos da combinação vencedora. Aquele que ganhar o jackpot tornar-se-á mais rico que personalidades famosas como o candidato presidencial (e mórmon) Mitt Romney, com uma fortuna pessoal avaliada em 250 milhões de dólares, a estrela da NBA Lebron Jones, com 120 milhões, ou a cantora Lady Gaga, com 90 milhões.
Lá nos Estados Unidos é mesmo tudo em grande. Por cá, o limite máximo de jackpot do Euromilhões é de 190 milhões de euros...

Papa encontrou-se com o Fidel


O Papa Bento XVI, depois de ter passado pelo México, está agora em Cuba onde se encontrou com o líder histórico da revolução cubana, Fidel Castro, a pedido deste. O dirigente cubano, de 85 anos, esteve frente a frente com Bento XVI, de 84 anos, durante cerca de 30 minutos na Nunciatura do Vaticano em Havana, tendo ambos abordado questões da actualidade e alguns aspectos relacionados com as preocupações do Papa e a sua acção.
Sei que os Papas também cometem os seus erros, como cometeram muitos no passado (entre crimes e heresias adversas à "sã doutrina da salvação" da Igreja), mas não é novidade nenhuma para ninguém que gosto muito do Papa Bento XVI e sei que ele sabe melhor que ninguém o que é certo para a Igreja, para o mundo e para a humanidade. Apesar, claro, de se ter encontrado com um dos maiores bandidos da humanidade que ainda está vivo.

Prática religiosa = felicidade


Uma pesquisa feita a 329 mil pessoas pelo instituto Gallup, nos Estados Unidos, revelou que a prática religiosa está relacionada directamente com a felicidade, ou seja, quem frequenta a igreja é mais feliz do que quem não é praticante. 
Segundo o gráfico de cima, uma pessoa que não frequenta a igreja tem 3,36 sentimentos positivos por dia e 1,04 emoções negativas mas quanto mais for à igreja, melhor fica a sua situação. Se a pessoa frequenta a igreja pelo menos uma vez por semana, o índice de emoções positivas é o mais alto e o de negativas, o mais baixo.

Família chinesa vive num WC público


Em Shenyang, no noroeste da China, uma família de imigrantes rurais vive há seis anos num WC público de 20 metros quadrados. Zeng Lijun, de 33 anos, a sua esposa e o filho com apenas 14 meses têm dado que falar nas redes sociais chinesas, onde se multiplicam fotografias das suas condições de vida.
Zeng disse à imprensa chinesa que se sente satisfeito com a sua actual morada e fala como colocou uma cama sobre uma banheira (tapada com tábuas) e como a televisão permanece numa mesa, cujos apoios são os urinóis. As paredes da "casa" são os separadores de madeira das casas de banho públicas e, numa tentativa de disfarçar o local, taparam-nas com fotos do Michael Jackson, postais chineses para atrair a sorte, entre outros ornamentos. "A minha vida é melhor agora que antes", disse, apesar de ter de pagar anualmente 8 mil yuans (cerca de 800 euros) para lá poderem viver.
Zeng trabalha como sapateiro numa estação de autocarros local, onde chega a ganhar por volta de 200 euros mensais, salário que não lhe permite sonhar com um lar melhor. O seu filho tem problemas de pele devido a problemas relativos a maus odores (libertados pelas tubagens em desuso há muito tempo) e a humidade que assola o espaço.
Nos últimos anos  mais de 100 milhões de chineses saíram das zonas rurais para procurar emprego em centros citadinos, passando a viver em habitações com péssimas condições, como em sótãos de zonas residenciais ou em antigos refúgios anti-nucleares.

Nova cara para o Richard


Richard Lee Norris, de 37 anos, ferido em 1997 num acidente com uma arma de fogo provocado por si próprio, foi submetido ao mais extenso transplante alguma vez efectuado para poder recuperar o seu rosto. Médicos do University of Maryland Medical Center anunciaram que Richard está a recuperar bem depois duma cirurgia de 36 horas na semana passada. Richard já consegue sentir a sua cara e começou lentamente a escovar os dentes para além de ter recuperado o olfacto.
Segundo o jornal britânico Daily Mail, Richard viveu como um recluso durante 15 anos, com o rosto escondido por uma máscara e só saindo à rua a horas nocturnas. Eduardo Rodriguez, o cirurgião que o operou, diz que Richard "vai ter a sua vida de volta", adiantando que "é uma experiência surreal olhar para ele agora depois de ter visto como estava antes. É difícil não ficar espantado". "Anteriormente as pessoas ficavam espantadas com a sua máscara e queriam perceber a deformação do seu rosto, mas agora vão ter outras razões para ficarem espantadas", afirmou Rodriguez.
Quando Richard disparou contra si próprio, perdeu o nariz, os lábios e a maior parte dos movimentos da boca. Realizou várias tentativas de reconstrução facial sem sucesso até que na semana passada recebeu um novo rosto graças a um dador anónimo. Seis dias depois da cirurgia, ele já consegue mexer a língua e abrir e fechar os olhos. "Quando Norris abriu pela primeira vez os olhos, após a cirurgia, pediu-me um espelho", conta o cirurgião Rodriguez. "Agarrou no espelho e olhou para o seu novo rosto durante alguns momentos, depois baixou o espelho e abraçou-me". "Um acidente destes", afirma o cirurgião, "pode destruir tudo. Os amigos e colegas de Richard começaram a casar, a ter filhos, a comprar casa e a prosseguir com as suas vidas, mas ele só queria despertar do seu pesadelo".

Homenagem ao assassino muçulmano


Em França o multiculturalismo parece não ter limites, mas o pior é a tolerância cega que a ele é concedido. Então não é que no passado sábado cerca de trinta jovens, na sua maioria raparigas, se reuniram no distrito Izards de Toulouse, onde cresceu o terrorista Mohamed Merah, para honrar a memória do cabrão que matou sete pessoas, entra elas três crianças?? Cem membros das forças de segurança cercaram o "evento" durante o qual uma mulher com uma burqa (mas essa merda já não foi proibida em França??) discursou para o grupo.
De acordo com o Diário de Notícias, o pai do cabrão que foi abatido, Mohamed Benalal Merah, contratou um advogado argelino para processar uma unidade especial da polícia pelo assassinato do seu filho. "O senhor Merah dirigiu-se ontem (terça-feira) ao meu escritório em Argel (capital da Argélia) e pediu-nos formalmente para processar os serviços de segurança franceses (RAID) por não terem seguido os procedimentos durante a tentativa de prender Mohamed Merah e pelo seu assassinato", revelou Zahia Mokhtari. "Merah considera que o seu filho foi assassinado. Encarregou-nos de apresentar queixa contra os serviços de segurança franceses", indicou. "Vamos iniciar o processo após a realização do enterro".
Mas está tudo parvo ou quê?? A Europa tem de parar duma vez por todas de se sujeitar ao ódio islâmico. Que isto se reflicta nas eleições presidenciais francesas.

quarta-feira, 28 de março de 2012

Flandres: população alógena atinge nível recorde


Na Flandres, um novo estudo governamental indica que o número de alógenos turcos e marroquinos é bem maior do que se pensava. 7% destes alógenos têm nacionalidade estrangeira, mas a verdade é que muitos imigrantes naturalizam os seus filhos, que passam a ser contabilizados como sendo belgas. Assim, em 2011 15% da população da Flandres é de origem alógena. Entre as crianças, 25% das que têm até aos cinco anos são alógenas. A maioria dos imigrantes é da Holanda, de Marrocos e da Turquia, estando os italianos em quarto lugar. A maioria dos imigrantes holandeses vive ao longo da fronteira, enquanto os sul-europeus e os turcos estão sobretudo em Limburg, ao passo que os marroquinos se concentram em Antuérpia e em Bruxelas.
As elites reinantes multiculturalistas e apátridas devem estar radiantes.

Alógenos querem mudar nome de localidade alemã


Na cidade alemã de Mannheim, a esmagadora maioria dos habitantes de um quarteirão quer mudar de nome do mesmo para que a localidade possa estar mais de acordo com a origem turca da população nela residente. O presidente da câmara de Mannheim, Peter Kurz, sugeriu - sugeriu!! - o nome Little Istambul ("Pequena Istambul"). Também os nomes Beyoglu (o nome de um distrito de Istambul), Kücük Istanbul ("Pequena Istambul" em turco) foram sugeridos. O grupo decisório resolveu limitar a lista de alternativas a três nomes e ir a votos...
E pronto, é assim. Parece que um nome alemão na Alemanha é coisa que incomoda esses seres estranhos ao continente europeu que trazem a sua própria cultura e procuram impô-la. E depois ainda há quem me chame alarmista por afirmar que a Europa está a ser invadida e colonizada aos poucos por alógenos terceiro-mundistas...

É preciso votar no Obama porque ele é «negro»

Um dos mais importantes locutores de rádio negros dos Estados Unidos, Tom Joyner, ouvido regularmente por cerca de oito milhões de pessoas - um em cada quatro adultos negros ouve-o -, diz que é preciso votar no Barack Obama porque é negro: "Nem sequer devemos ligar aos factos por agora. Vamos pensar apenas na nossa negritude e orgulho - e lealdade. Temos a hipótese de reeleger um presidente negro. (...) Não me envergonho de dizer que como negros devemos fazê-lo porque ele é negro".
Primeiro: desde quando é que o Barack Obama é negro se a mãe dele é da raça branca? Um mulato não é nem branco nem preto, mas sim mestiço, por muito que os pretos queiram insistir em considerar, e mal, os mulatos como sendo da raça negra (e o pior é quando os próprios mulatos se identificam como pretos) - talvez uma forma de explicar o "grande" número de pretos que existe actualmente?
Segundo: e se tivesse sido um locutor branco a afirmar que apoia  um candidato presidencial por este ser branco, que repercussões teria?

Justin Bieber processado


O cantor canadiano Justin Bieber, ídolo da pitalhada, pediu aos 19 milhões de seguidores no Twitter que ligassem para um número de telefone que ele colocou. O número é o seu número de telefone sem os últimos dois dígitos, número esse que existe: dois habitantes do Texas afirmam terem recebido milhares de chamadas e um advogado já tratou de pedir uma compensação ao cantor pelos problemas originados. A compensação exigida pelos dois queixosos não passa só por receber dinheiro: eles querem também um pedido de desculpas do Bieber e bilhetes de borla para os seus concertos...

Chelsea em vantagem


O Benfica perdeu com o Chelsea no Estádio da Luz no jogo da primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões.
Numa noite em que o Benfica, o único clube português em prova, foi a única equipa dos dois jogos realizados ontem que entrou em campo sem um único português (cortesia da direcção e do treinador do clube), os blues tiveram toda a sorte do mundo e marcaram o único golo da partida através do costa-marfinense Salomon Kalou, que literalmente calou o estádio, na segunda parte, depois do jogo ter estado sempre muito equilibrado entre as duas equipas, embora com o sinal mais sempre para o Benfica. O guarda-redes dos ingleses Peter Čech foi um dos melhores jogadores em campo, bem como David Luiz (que salvou a sua equipa num remate do Cardozo que ia para a baliza). Do lado do Benfica quem mais brilhou foi Gaitán, sempre muito inconformado com o rumo dos acontecimentos. Emerson, já apelidado de "patinho feio" do Benfica, voltou a ser o elo mais fraco do conjunto encarnado, e, em claro défice de confiança, continua a ter, inexplicavelmente, a confiança de Jorge Jesus, que é teimoso que nem uma mula e que ainda vai prejudicar o Benfica à pala disso, tal como na época passada cismou que tinha de apostar no Roberto que tantas alegrias deu aos adversários. Aos 59 minutos o árbitro perdoou um penalty claríssimo ao Chelsea, por braço na bola de John Terry num cruzamento de Maxi Pereira quando ainda se registava o nulo no marcador. Mas pelos vistos já não basta os árbitros portugueses roubarem penalties ao Benfica - alguém ainda se lembra da última vez que o Benfica esteve nas meias-finais da Liga dos Campeões? Na Luz, frente ao Barcelona, também houve um penalty descarado roubado ao Benfica... a diferença é que esse jogo terminou com um empate a zero... E, pela primeira vez esta época, o Benfica não conseguiu marcar no Estádio da Luz.
O Chelsea conseguiu assim injustamente uma importante vantagem para o jogo de Stamford Bridge do dia 4 de Abril, mas creio que ainda nada está perdido para o Benfica. Ganhar em Inglaterra não é nada de novo para o Benfica e ficou provado que o Chelsea não é melhor equipa. No final do encontro, Jorge Jesus, que disse ter "a máxima confiança em Emerson" (infelizmente...) disse também que "Tivemos mais oportunidades de golo, faltou-nos uma pontinha de sorte. Praticámos um futebol de qualidade e dominámos o jogo. Fomos melhores que o Chelsea durante os 90 minutos, mas o que conta são os golos". Emerson disse estar "tranquilo" apesar de Ramires, ex-jogador do Benfica, e que tanta falta faz no Benfica, ter dito que "Sabíamos que tínhamos de explorar o lado esquerdo do Benfica" e afirmou que "Com a minha saída e do Di María, o Benfica perdeu velocidade nos contra-ataques". O treinador italiano do Chelsea, Roberto Di Matteo, reconhece que "O Benfica é uma boa equipa", mas que a sua equipa foi sólida na defesa. "Estamos numa boa posição para a segunda mão mas é uma pequena vantagem", afirmou o transalpino na conferência de imprensa.
Em Londres o Benfica vai ter de fazer um jogão se quiser marcar presença nas meias-finais da Liga dos Campeões. No outro jogo dos «quartos», o Real Madrid cilindrou o underdog Apoel, no Chipre, por 3-0, e tem praticamente os dois pés nas «meias».

terça-feira, 27 de março de 2012

E o líder é o Sporting de Braga!

E com uma vitória sobre a Académica por 2-1, o Sporting de Braga assumiu a liderança do campeonato, a uma jornada de ir à Luz defrontar o Benfica, no dia 31.
A equipa do madeirense Leonardo Jardim venceu os estudantes naquela que foi a 13ª vitória consecutiva braguista (sem contar com o percalço na meia-final da Taça da Liga frente ao Gil Vicente). Os braguistas marcaram os dois golos ainda na primeira parte através de Márcio Mossoró e Lima mas no segundo tempo a Briosa reagiu, reduziu a desvantagem graças a um remate fanástico de David Simão e até esteve quase a empatar a partida. Os braguistas acabaram o jogo com a estrelinha da sorte, pois a bola bateu uma vez no poste e Quim ainda chegou a fazer uma grande defesa.
Eis a classificação no campeonato ao fim de 24 jornadas:

Sporting de Braga, 58 pontos
2º FC Porto, 57
3º Benfica, 56
4º Marítimo, 45
5º Sporting, 44
6º Vitória de Guimarães, 36
7º Olhanense, 29
8º Nacional, 29
9º Gil Vicente, 26
10º Paços de Ferreira, 25
11º Rio Ave, 24
12º Vitória de Setúbal, 24
13º Académica, 23
14º Beira-Mar, 20
15º União de Leiria, 18
16º Feirense, 17

Venezuela: radialistas portugueses mortos

Dois radialistas portugueses radicados na Venezuela foram encontrados mortos em Caracas na noite de domingo e as circunstâncias das mortes estão a ser investigadas pela polícia local. Os corpos de Orlando Couto, de 54 anos, e Helena Pita, de 24, foram encontrados na residência do primeiro, na urbanização Las Acácias, a sudoeste da capital venezuelana.
Os dois produziam e animavam o espaço radiofónico dominical "Cantos e Encantos da Madeira" na Rádio Nacional da Venezuela. Orlando Couto, natural de Espinho, tornou-se uma figura conhecida da comunidade lusa desde os anos 1980, quando produziu o programa "Ondas de Portugal". Helena Pita era natural da Madeira.

O perigo Tablighi Jaamat

O site espanhol Alerta Digital fala-nos sobre um estudo que adverte sobre o potencial extremista de uma organização islâmica disseminada na Península Ibérica, o Tablighi Jaamat (em urdu: تبلیغی جماعت, árabe: جماعة التبليغ‎, e português: Sociedade para a Expansão da Fé).
Fundada na Índia em 1927 por Maulana Ilyas al-Kandhlawi como um movimento reformista islâmico, a organização entende que as sociedades muçulmanas foram corrompidas pelos valores do secularismo e do materialismo, pelo que entende que é preciso retornar aos princípios fundamentais do islão.
O Tablighi Jamaat é proibido em vários países - já muitos dos seus membros foram detidos devido ao terrorismo islâmico em países como a França, Marrocos e Estados Unidos - mas, para variar, é perfeitamente tolerado em Portugal, onde os seus membros se reúnem anualmente sem serem incomodados e que, segundo alguns, controla a mesquita de Lisboa (o dirigente da mesquita é o banqueiro Abdul Vaquil, mas na sombra está um dirigente da Tablighi Jamaat). O grupo também tem apartamentos que funcionam como mesquitas em Aveiro, em Viseu, no Porto e no Algarve. Locais que servem, com toda a certeza, para os seus membros planearem actividades do grupo que são "incrivelmente secretas", oferecendo "muitas oportunidades aos terroristas"...

Gang com filhos de gentes boas

Nas ruas de Setúbal, um gang de cerca de dez elementos composto por filhos de médicos, professores e funcionários públicos tem andado a assaltar vítimas por aparente diversão desde o início de Março.
Segundo o Correio da Manhã, a violência que o grupo emprega é tanta que na semana passada mandaou para o hospital um idoso que sofreu um traumatismo craniano. A PSP investiga este gang, tendo já sido detidos cinco jovens, sem, no entanto, alguém ter ficado preso. Na passada quarta-feira, perto do bairro da Bela Vista, investigadores criminais da PSP de Setúbal apanharam outros três membros do gang a assaltar e a agredir outro homem. A vítima, sujeita a uma "chave" no pescoço, estava para entregar todos os bens quando a PSP chegou para deter os assaltantes em flagrante. O tribunal decidiu libertá-los, com apresentações periódicas.
Esta notícia que eu aqui coloco é para os que pensam que eu sou um racista de extrema-direita. De facto, é de supor que os jovens sejam brancos, por serem filhos de gente alegadamente de alto escalão sócio-económico, e é preciso que esses tipos sejam castigados severamente pelos crimes que cometeram. Se não forem de origem imigrante, que cumpram a pena por cá, mas pena a sério, à boa moda de Singapura, com direito a chibatadas no lombo e uns valentes anos na cadeia com trabalhos forçados. Mas como isto infelizmente é a Tugalândia, a impunidade é de cortar os pulsos...

A violência no Chiado

video

Um gajo qualquer, que deve ser um grande sacana, filmou aquilo que eu penso que ninguém viu em nenhum noticiário televisivo: quem é que afinal começou a violência junto à pastelaria-café "Brasileira", no Chiado, durante a greve geral da passada quinta-feira.
No vídeo, colocado no Youtube, podemos ver jovens de ranço anarca a darem vazão ao seu furor revolucionário em nome de um Portugal melhor exercendo a sua violenta justiça contra as malditas cadeiras fascistas e mesas da Direita da "Brasileira", acabando por espantar os clientes, que, assustados, fugiram de lá aos gritos. Ironicamente, não estava presente nesse momento nenhum profissional dos mérdia para recolher o testemunho de uma daquelas pessoas que assistiram a tudo na rua. Só os "coitadinhos" dos jornalistas que foram "carregados" pela bófia é que tiveram o direito de se queixar e de aparecer na TV, proporcionando reacções de alguns elementos das elites reinantes e não só...
O 25 de Abril só trouxe coisas boas a Portugal.

segunda-feira, 26 de março de 2012

RAP no programa do Jô Soares

O humorista Ricardo Araújo Pereira foi convidado para participar num evento de humor conhecido por "Risadaria 2012", no Brasil, realizado entre os dias 22 e 25 deste mês na Bienal de São Paulo, e foi entrevistado por Jô Soares no seu programa no passado dia 19. Vale a pena ver a entrevista.

video

Vagina traída

Mais um caso insólito: na Flórida (EUA), uma rapariga de 20 anos escondeu na vagina um frasco que continha urina emprestada para passar no teste anti-droga que teve que fazer por estar em liberdade condicional. Então e não é que o raio da urina alheia chumbou no teste??
Ele há com cada coisa...

Incentivos ao assassínio de portugueses em Angola

O jornal Correio da Manhã está de parabéns por ter tido um vaipe anti-politicamente correcto ao anunciar um caso que urge ser difundido por tudo onde é sítio: andam a surgir mensagens de incentivo ao assassínio de portugueses em Angola na imprensa online desse país, mais precisamente no site Club K.
O Club K "é um dos sites mais conhecidos no país. Para além de ser pura maldade o que têm escrito, deixa-nos com medo", disse um amigo do empresário Rui Pinto que morreu, o quarto em menos de cinco meses, em Luanda. Mensagens como "Morte aos tugas", "Parabéns aos assassinos" ou "Vamos matar cinco portugueses por semana, até se irem embora" podem ser vistos no referido site.
Os assaltantes que dispararam contra o português continuam a monte, o que levou a que seis inspectores da Polícia Judiciária, dos homicídios e do tráfico de droga, tivessem ido para Angola para auxiliar na investigação. Segundo uma fonte próxima da vítima, "Assim que (Rui Pinto) entrou no hospital, a morrer, a primeira coisa que lhe pediram foram três mil euros". O empresário acabou por falecer no bloco operatório, devido a uma hemorragia interna. De acordo com a mesma fonte, "o corpo será transladado na segunda ou terça-feira para Portugal", onde se realizará o funeral do empresário. A transladação custa cerca de 15 mil euros.
Agora vamos lá esperar sentados até que o SOS Racismo decida fazer alguma coisa... ou a malta do Bloco de Esquerda, a Amnistia Internacional e essas coisas todas que não hesitam em se manifestar quando há casos de racismo ou de xenofobia homicida. A vítima era um branco que estava em África? E ainda nada aconteceu? Porquê? Algum telejornal falou disso?

Jovem finalista morre em Lloret del Mar

Já morreu um estudante português em Lloret del Mar, local sempre escolhido para a viagem de finalistas nas férias da Páscoa, este ano. O jovem, de 17 anos, vivia em Castro Verde e morreu depois de ter caído da janela do 5º andar do hotel onde se encontrava alojado.
Segundo a Polícia de Girona, tudo indica que não se trata de um caso de balconing, uma prática estúpida em que jovens se lançam das varandas dos hotéis onde estão alojados para as piscinas, mas sim de uma "queda acidental". O acidente aconteceu praticamente dois anos depois de um outro rapaz português de 17 anos ter perdido a vida da mesma maneira na localidade catalã.
A "Operação Ibiza" deteve em Vilar Formoso três estudantes que levavam haxixe na bagagem. "Muitos jovens livraram-se dos produtos ilícitos que traziam" antes de chegarem à fronteira, referiu Cunha Rasteiro, comandante do Grupo Territorial da GNR da Guarda.
Jéssica Ribeiro, estudante da Trofa, concorda com este tipo de operações, por "continuar a haver quem insista em transportar substâncias ilícitas, mesmo sabendo que é proibido e perigoso".
A GNR da Guarda mobilizou para a operação, que decorreu em simultâneo nas fronteiras de Vilar Formoso, Caia e Guadiana, meia centena de elementos com o apoio de brigadas cinotécnicas. Na fronteira do Caia (Elvas), os militares fiscalizaram, na primeira noite, 40 autocarros, que transportavam dois mil jovens rumo ao país vizinho. Na principal fronteira alentejana não foram detectadas irregularidades. Na fronteira do Guadiana (Castro Marim), os jovens mostraram um comportamento exemplar.
E é assim a nossa juventude...

Hino do Cazaquistão, by Borat

Momento mais que insólito no Koweit: a cazaque Maria Dmitrienko subiu ao pódio depois de ter ganho a medalha de ouro num campeonato qualquer lá dos árabes e no lugar de se ouvir o hino nacional do Cazaquistão, ouviu-se... uma canção do Borat, uma personagem interpretada pelo comediante inglês Sasha Baron Cohen: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazkhastan ("Aprendizagens Culturais da América para Fazer Beneficiar a Gloriosa Nação do Cazaquistão", qualquer coisa assim do género... e que goza com o país em causa). Maria ouviu o "hino" com a maior das calmas, tendo sorrido no fim (não deve entender inglês...). O Cazaquistão já exigiu um pedido de desculpas ao Koweit.

video

Ronaldo supera Puskás

Cristiano Ronaldo tornou-se no jogador mais rápido a marcar 100 golos na história da Liga Espanhola. Com um bis à Real Sociedad, no passado sábado, o madeirense atingiu os 101 golos em 92 jogos, superando a lenda madridista Ferenc Puskás, que precisou de 105 jogos para atingir a centena de golos. Com os golos marcados na goleada sobre a equipa basca, e mantendo assim o Real a vantagem de seis pontos sobre o Barça, Ronaldo somou o seu 35º golo esta temporada e não deixou fugir Lionel Messi, que horas antes tinha marcado um golo na vitória do Barcelona em Maiorca.
O Messi é melhor que o Ronaldo, mas sem dúvida que o internacional português é também um jogador doutra galáxia. Só um cego é que não vê isso.

«Classificação está aldrabada por influência directa dos árbitros»

João Gabriel dixit. Segundo o director de comunicação do Benfica, "O senhor Vítor Pereira já lidera há tempo suficiente os árbitros portugueses para continuarmos a poder tolerar o que está a suceder. Nesta altura a classificação está aldrabada por influência directa dos árbitros", e pede ao presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol que tenha "critérios iguais para todos os clubes". João Gabriel enumera alguns casos, como "dois foras de jogo mal assinalados ao Benfica em Coimbra", ou "o fora de jogo de mais de um metro que decide a partida contra o FC Porto, na Luz". Estranhou também que o árbitro auxiliar responsável pelo "erro grosseiro" tenha ficado "melindrado com o treinador do Benfica em vez de incomodado pela decisão".
O penalty roubado ao Benfica em Coimbra também não foi esquecido, pois foi uma "agressão a pontapé a Aimar, na área, no jogo de Coimbra". E lembrou-se do "choque casual entre Emerson e Diego Barcellos, que já deu penalty contra o Benfica, na Luz, frente ao Nacional", bem como do penalty roubado, e que até um cego vê, em Paços de Ferreira: "Bruno César foi atropelado em Paços de Ferreira, também na área, e ainda levou amarelo". Não querendo deixar nenhum penalty roubado por referir, falou também de "outros dois penalties não assinalados em Paços de Ferreira e um em Guimarães", o que mereceu o seguinte comentário: "Em matéria de penalties, a regra parece ser só marcar quando a falta obrigar a internamento hospitalar".
João Gabriel criticou também o árbitro João Capela, que arbitrou o jogo em Olhão, dizendo que ele permitiu o "anti-jogo do Olhanense" e acusou-o de ser um "diligente moço de recados do treinador do FC Porto" ao dizer que o árbitro observou os lances de bola parada na área do Olhanense "para garantir que não havia bloqueios que irritassem o treinador do FC Porto". Em relação à expulsão do Aimar, fez questão de lembrar duma entrada de Toy sobre Javi García e que teve outro entendimento. "Não prejudiquem mais o Benfica!", finalizou.
Antes que apareçam os anti-benfiquistas a acusarem o homem de justificar os desaires benfiquistas com as arbitragens, é conveniente salientar que o Vítor Pereira, o treinador do FC Porto, já está há dois jogos seguidos (na Luz para a Taça da Liga e em Paços de Ferreira para o campeonato) a queixar-se das arbitragens...

domingo, 25 de março de 2012

Pérola

Um Futuro Pior, uma criação do projecto Bandex que transformou a deputada bloquista Ana Drago numa "estrela".

video

Movimento ex-testemunha de Jeová

Um grupo de ex-testemunhas de Jeová (ou Javé, ou Adonai...) criou um movimento associativo, ainda numa fase bastante embrionária, com o objectivo de ajudar antigos membros dessa maléfica seita contra a discriminação que estes são vítimas por parte dos que permanecem na criação de Charles Taze Russel. Todos eles criticam a organização da qual fizeram parte durante boa parte das suas vidas.
"As pessoas que estão lá dentro são psicologicamente apertadas, digamos que é uma espécie de bullying religioso", disse ao Diário de Notícias César, de S. João da Madeira, que preferiu ocultar a sua profissão "para não ser identificado". Uma das queixas principais é o corte de relações com quem sai da religião, que os ex-membros dizem ir ao ponto de passarem a ser ignorados pelos pais, outros familiares e amigos, como se não existissem ou não os conhecessem (é normal, pois, segundo as testemunhas [ou alibis...], deixaram de fazer parte do grupo dos eleitos...). "Nós não somos contra a 'religião' (religião??), somos contra a discriminação que eles fazem, e as pessoas que saem sentem-se perdidas, sozinhas no mundo", porque quase toda a sua vida girava em torno da seita e isso perde-se. "Eu já não estou com os meus pais há meses e toda a minha família Jeová virou-me as costas", disse outro ex-testemunha de Jeová, de nome Vítor Máximo. "Toda esta luta é por causa disso", reforçou, afirmando que a discriminação "é imposta pelas doutrinas das testemunhas de Jeová".
O porta-voz da organização, Pedro Candeias, disse que a respectiva orientação para o corte de relações com quem sai da seita é "um conselho sábio" e não uma "privação de liberdade". Acrescentou também que a "Bíblia Sagrada" (Bíblia Sagrada, o tanas... é a bíblia protestante mas é, com menos sete livros que a verdadeira Bíblia Sagrada!) indica que "quem anda com pessoas sábias torna-se sábio, mas irá mal aquele que tem tratos com os estúpidos". Vítor falou da "tal lavagem cerebral" que existe na seita, tal como em qualquer outra seita protestantóide: "Nunca li um livro, para além dos oficiais da organização". No seu caso, "a Internet foi decisiva para a ruptura" com a seita. César concorda e reforçou que na seita "as pessoas são desaconselhadas a ter Internet, porque os podres estão lá todos": "Quando há qualquer coisa errada, a orientação é para falar com os anciãos e não falar com as autoridades". Também Lídia e o seu marido tecem duras críticas à seita, lamentando o "tempo perdido" e a "revolta" que agora sentem.
Em Outubro do ano passado, Coimbra acolheu um primeiro encontro de ex-testemunhas de Jeová e daí surgiu o Fórum Testemunhas de Jeová, na Internet, para "ajudar pessoas que abandonam" a seita.
Enquanto há vida, há esperança. Muita gente ainda vai a tempo de enxergar a Verdade que só a Igreja de Cristo, Católica e Apostólica, é que tem.

A «macho» Kaeden Kass

A jovem norte-americana Kaeden Kass nasceu fêmea, mas diz que se sente macho e exige que toda a gente a trate como se ela fosse mesmo macho. E por dizer que é macho porque se sente macho, Kaeden pretende dormir no dormitório dos rapazes da Universidade de Miami. Essa instituição universitária não concorda e disse-lhe para ir dormir no dormitório das raparigas por muito que ela se sinta macho. "Que não!", diz Kaeden, "porque sou macho!"
Como canta o Quim Barreiros, "O que é que eu acho? O que é que eu acho? Na tua casa está entrando outro macho!"

«O casamento gay não é um Direito Humano»

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem afirmou que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é um Direito Humano que possa ser encontrado na Convenção. O organismo europeu baseado em Estrasburgo pronunciou-se depois de um casal de lésbicas francesas ter pedido ao Tribunal para reinterpretar o artigo 12 da Convenção Europeia dos Direitos Humanos. O artigo 12 diz assim: "Homens e mulheres em idade de casar têm o direito de casar e de fundar uma família". O Tribunal sustenta que, à luz desse artigo, excluem-se os casamentos entre dois homens ou duas mulheres. O artigo é baseado no contexto histórico dos anos 50 do século passado, quando a Convenção foi adoptada.
O casamento tem de ser entendido na sua óptica tradicional, ou seja, como uma união entre duas pessoas de sexos diferentes.

Quem te mandou casar com um muslo?

Lembrai-vos de já há uns bons tempos atrás o Cardeal Patriarca de Lisboa ter aconselhado as mulheres portuguesas a não se casarem com muçulmanos, algo que gerou um sururu? Pois bem, a neozelandesa Sharon Churchill não terá certamente ouvido o recado de D. José Policarpo e descobriu por experiência própria quanto vale uma mulher para o islão.
Depois de ter casado com um egípcio, a vida de Sharon transformou-se literalmente num Inferno: era vítima de torturas com um chicote para escravos, passava fome e sofria também de abuso emocional durante cinco meses, até que um corpo diplomático da Nova Zelândia e as autoridades egípcias intervieram. A mulher de 41 anos dizia que o seu marido era o amor da sua vida e acabou, nos últimos tempos do suplício, a dormir no telhado agarrada a um tubo de aço para se proteger. No passado dia 14 de Fevereiro, e graças à ajuda da embaixada do seu país no Cairo, Sharon livrou-se do muçulmano com quem casou e aproveitou para avisar outras mulheres dos perigos em torno dos "romances de Verão" no mundo islâmico: "Tenham os vossos casos, mas não entrem numa relação. Mal vocês estabelecem um contrato de casamento, tornam-se propriedade deles". O seu marido, por sua vez, nega todas as acusações e diz que ele nunca a agrediu. "Nos outros países os homens sentem que as mulheres não os respeitam e eu vi isso nela. Não é culpa minha", afirmou o egípcio.
Pois é, Sharon, espero que tenhas aprendido a lição. Só é pena o conselho estúpido que deste às mulheres... com que então "casos" com muçulmanos?? Enfim, sem comentários...

Idosa morre por causa da «reza» islâmica

No Reino Unido, mais precisamente no Valley Park Nursing Home de Wombwell, uma doente de alzheimer de 87 anos, Dorothy Griffiths, caiu da cama e permaneceu deitada no chão. Ao cair, a idosa feriu a cabeça e ficou a sangrar. O enfermeiro de serviço, o muçulmano Abdul Bhutto, não estava naquele preciso momento lá para tratar dela porque... estava demasiado ocupado, pois tinha ido "rezar" a Alá.
A auxiliar de enfermagem Zoe Shaw encontrou a idosa no chão e foi chamar o muçulmano para a ajudar, mas este respondeu-lhe que teria de esperar que ele acabasse de "rezar". "Demorou cerca de cinco a dez minutos porque ele estava a 'rezar' no andar de cima na sua sala de 'orações'. Assim que ele chegou, examinou a pensionista antes de dizer aos assistentes para a colocar na cama. Mais tarde ela deixou de dar sinais e foi levada para o hospital", contou Zoe ao UK Daily Mail. Preocupada com o facto da idosa poder cair novamente, Zoe lavou Dorothy, vestiu-a e fez-lhe companhia. Por volta das 5:45 da manhã, levou a senhora ao refeitório da instituição para tomar o pequeno-almoço quando ela deixou de dar sinais de vida... e a ambulância só foi chamada por volta das 7:30. Zoe disse que o muçulmano devia ter ordenado que se chamasse a ambulância logo depois da queda da idosa, mas enquanto assistente ela sabia perfeitamente que não podia contrariar as ordens do enfermeiro que era o responsável naquele momento. Griffiths acabou por falecer com hemorragia cerebral e pneumonia. Ela era a viúva de um antigo jogador de futebol de Barnsley, Steve Griffiths, e residia no Valley Park Nursing Home desde 2009.
No tribunal, Bhutto alegou que não era o enfermeiro responsável naquela noite (do passado dia 3 de Novembro), mas várias testemunhas contradisseram-no. O filho da senhora, Jean David, de 61 anos, perguntou, ironicamente: "O que é que aconteceria se houvesse um incêndio, pararia ele de 'rezar'"?

Mais de metade dos canadianos não confia nos muslos

Segundo uma recente sondagem realizada no Canadá a propósito do Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial (e os muçulmanos são uma raça desde quando?), na passada quarta-feira, mais de metade dos canadianos (52%) acredita que não se pode confiar nos muçulmanos e que o facto deles serem discriminalizados se deve a eles próprios.
O director-executivo da entidade responsável pela sondagem (ACS), Jack Jedwab, considerou os resultados "perturbantes". "É evidente que a Internet se tornou no principal veículo de expansão do ódio e da intolerância", disse Ayman Al-Yassini, o director-executivo da Fundação das Relações de Raças Canadianas (que raio de nome...). Segundo ele, a Internet tem servido para reforçar, espalhar e ampliar as "impressões negativas" sobre os muçulmanos em vários grupos do Canadá.
E nós com pena! O islão não tem lugar no mundo civilizado!

video

sábado, 24 de março de 2012

Sete crias de lince ibérico nasceram em Silves

Quatro estão bem, e aos cuidados da mãe, duas estão a ser amamentadas artificialmente e uma morreu. Ainda podem nascer mais crias até Abril.

Sete crias de lince ibérico nasceram no início do mês no Centro Nacional de Reprodução do Lince Ibérico (CNRLI), em Silves, no âmbito do programa ibérico de conservação desta espécie ameaçada. Uma das crias morreu, duas foram rejeitadas pela mãe e estão a ser amamentadas artificialmente. As outras quatro estão bem, e entregues aos cuidados da mãe, Castañuela, uma fêmea de seis anos que se mostra dedicada à sua prole, segundo anunciou hoje [quarta-feira] o Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB). Os nascimentos deste ano podem, no entanto, não ficar por aqui. Há ainda a possibilidade de nascerem mais crias de lince ibérico em Silves, até Abril, adiantou ao DN fonte do ICNB.

Foi no dia 5 de Março que nasceram as primeiras três crias desta temporada, da fêmea Biznaga, que abandonou duas delas uma hora após o parto. Estas estão a ser artificialmente amamentadas desde então, pesando agora 400 gramas cada uma. A outra cria, apesar dos cuidados da mãe, morreu passadas 48 horas após o parto.

Castañuela deu à luz quatro crias - um número invulgarmente alto para uma única ninhada nesta espécie - no dia 6 de Março e, nesta altura, tudo decorre com normalidade. Todas estão a ser monitorizados em permanência através de um circuito interno de vídeo.

Esta é a segunda temporada de reprodução no centro de Silves. Na primeira, em 2010, nasceram várias crias, mas nenhuma sobreviveu.


Fonte: Diário de Notícias

Detido por causa do Facebook

O senhor da foto chama-se Doyle Hardwick, tem 57 anos, é norte-americano e foi detido por usar indevidamente o número telefónico de emergências (911, o nosso 112) porque a mulher não o deixava usar o Facebook em paz. O episódio ocorreu no passado dia 24 de Setembro, na Flórida, mas só na passada terça-feira é que Doyle foi detido e obrigado a cumprir 60 dias de prisão.
De acordo com o Huffington Post, Doyle ligou irritado para o número de emergência porque a mulher não queria ir para a cama e deixá-lo usar as redes sociais descansado. "Só quero alguém que ponha a minha mulher a fazer o que quero que ela faça", terá dito ao telefone. O detido terá ainda tentado embebedar a companheira, Julie Hardwick, de 54 anos, dando-lhe oito cervejas, mas pelos vistos não resolveu o seu problema. As autoridades policiais, fartos das constantes chamadas do homem, dirigiram-se à sua casa e apanharam-no ainda ao telefone...

Bombeiros apagam fogo vestidos de mulher

video

Dois bombeiros estavam de folga e iam para uma festa vestidos de mulher quando durante o caminho tiveram que ir apagar um princípio de incêndio num veículo.
O caso insólito aconteceu em Minnesota, nos Estados Unidos. De vestidos coloridos, os dois foram apanhados em flagrante por curiosos que passavam pelo local e o vídeo foi colocado no YouTube, onde já foi visto mais de 120 mil vezes. Segundo a CNN, os dois homens, do destacamento de bombeiros de Sedan, iam para uma festa de arrecadação de fundos para um projecto voluntário, quando um carro começou a pegar fogo.
Ah, valentes bombeiros... mas iam vestidos de mulher para uma festa de arrecadação de fundos? Imagino que tipo de festa era...

Ainda sobre Mohamed Merah...

Veio-se a saber agora que Mohamed Merah afinal foi atingido com pelo menos 20 tiros, principalmente nas pernas e nos braços, quando estava de costas para os agentes da equipa policial que tomaram de assalto o apartamento onde o franco-argelino muçulmano se barricou durante 32 horas. O Jornal de Notícias, que citou outro jornal, informa que os dois tiros fatais atingiram-no no abdómen e na cabeça. O procurador da República de Paris, François Molin, disse, e bem, que a polícia agiu "em legítima defesa".

Diversos dirigentes advertem agora para o eventual aumento do racismo e da estigmatização do islão em França como consequência dos acontecimentos em Toulouse. Curiosamente, não tiveram os mesmos escrúpulos quando antes de se saber que o autor do crime era muçulmano se alvitrava que se calhar era um nazi e portanto a culpa se calhar era da Frente Nacional (FN) e de Sarkozy por alegadamente terem criado um ambiente xenófobo favorável a este tipo de acções, estigmatizando toda uma ideologia que parece estar cada vez mais a ganhar simpatia entre os franceses. Como já toda a gente sabe que o criminoso era um muçulmano, o candidato presidencial da esquerdalha, Melanchon, declarou: "o nosso primeiro dever é lutar contra as estigmatizações odiosas que podem derivar-se destes acontecimentos".
Marine Le Pen denunciou os ataques dos quais ela e o seu partido foram alvos por parte da escumalha esquerdista e os mé(r)dia, mas agora estes acusam-na de manipular politicamente a tragédia. Ou seja, por outras palavras, a Marine Le Pen é sempre má: é má por alegadamente criar um ambiente propício ao crime da extrema-direita e má também por tentar capitalizar politicamente um crime que afinal até foi cometido por um muçulmano. Pelo menos numa coisa a líder nacionalista tem razão: o homicida em questão deve ser considerado como um muçulmano antes de ser considerado como francês e acusou o governo de permitir aos radicais islâmicos o controlo dos subúrbios das grandes cidades, exigindo a revisão da política de segurança. "O governo está assustado", disse Le Pen, em entrevista à rádio France Info, e continuou: "tenho andado a dizer isto há dez anos. Bairros inteiros estão nas mãos de fundamentalistas islâmicos e reitero que se subestimou este perigo."
Um jornal francês publicou o testemunho de uma mulher a dizer que tinha avisado as autoridades para o perigo que Merah representava para a sociedade. A mulher, que permanece no anonimato, contou ao Le Télégramme que, além dos avisos repetidos à polícia, tinha também apresentado duas queixas contra Merah, que vivia no mesmo bairro que ela. Afirmou que no Verão de 2010 o suspeito tentou recrutar o filho desta testemunha, de 15 na altura, querendo levá-lo para as fileiras da jihad convidando-o para isso a entrar no seu automóvel, onde o fez ouvir um disco a pregar a "guerra santa", para além de lhe ter oferecido um Alcorão e uma enorme espada. Merah forçou-o também a ver vídeos da Al-Qaeda em que mulheres eram abatidas e reféns no Afeganistão eram decapitados. A mulher apresentou então a primeira queixa à polícia, o que enfureceu Merah, que foi para a frente de casa dela para a ameaçar e bater-lhe, dizendo que ela era ateia e tinha de pagar caro tal como o resto dos cidadãos franceses. Mais reportou, a cidadã, que Merah prometia "varrer todos os que matam muçulmanos" e que, dois dias depois deste incidente, agrediu-a, agrediu o seu filho e também a sua filha diante de testemunhas oculares, sem que todavia alguém interviesse. E afirmou ter a cópia da queixa que então apresentou, bem como os documentos do médico da filha. Segundo a mulher, o irmão de Merah, Abdelkader, que está neste momento sob custódia policial, é que lhe fazia a lavagem cerebral e "viajava frequentemente para fora de França". A questão que se coloca é: porque é que Merah não foi expulso de França depois desse incidente? Se a elite reinante francesa tivesse feito aquilo que lhe competia, a esta hora as sete vítimas ainda estariam vivas...

Uma professora foi suspensa ontem depois de pedir aos seus alunos que fizessem um minuto de silêncio em memória de Merah, que segundo ela é uma "vítima cujos vínculos com a Al-Qaeda foram inventados pelo presidente Nicolas Sarkozy"!
Segundo o site do jornal Paris Normandie, a professora de inglês, de 56 anos, de uma escola de Rouen (nordeste de Paris), pediu aos alunos da sua turma que fizessem um minuto de silêncio pelo criminoso. Uma parte dos alunos se negou a atender ao seu pedido e abandonou a sala, segundo o ministério da Educação, e os representantes da turma escreveram uma carta que relata o sucedido. "A professora disse claramente que Merah era uma vítima, que o vínculo com a Al-Qaeda foi inventado pela imprensa e por 'Sarko' (Sarkozy)", segundo a carta publicada pelo jornal.
O ministro da Educação, Luc Chatel, pediu a suspensão imediata da professora e condenou sem reservas o que chamou de "comportamento inqualificável"...

Análise ao bloqueio portista

O palerma do treinador portista, Vítor Pereira, não se cala com a sua patética teoria do bloqueio.
"Não pretendo influenciar ou pressionar. Apenas constato. Basta verem os últimos seis jogos do Benfica. Inicialmente, os bloqueios eram disfarçados, não eram claros mas, neste momento, como têm passado em claro, pois não se marcaram faltas, tornaram-se cada vez mais refinados", referiu. E justificou depois as suas críticas."Agora até constroem um, dois, três bloqueios, barreiras a dois e a três, para não deixar passar os adversários. É só verem as imagens, foi o que eu fiz quando preparei o jogo. Vi que existia um padrão. Até cheguei a ver umas imagens, de um jogo frente à Académica, em que um jogador vai directo ao guarda-redes". E apelou para que haja mais atenção nestes lances dando o exemplo do segundo golo do Benfica na meia-final da Taça da Liga frente à sua equipa que jogou pior que o Benfica: "Se deixarem que as coisas sigam assim, acredito que o Benfica continue a fazer muitos golos de bola parada. Vejam o segundo golo. Há dois ou três jogadores de costas, sem intenção absolutamente nenhuma de jogar a bola".
Analisando friamente as imagens, podemos constatar que houve falta, sim... mas de jeito, por parte do brasileiro Alex Sandro. Na área dos portistas havia quatro pares de jogadores: Nolito e Rolando, Luisão e Sapunaru, Jardel e Mangala, e Javi e Alex Sandro. Nos três primeiros pares, há agarrões entre ambos (dificil dizer quem agarra quem). Mas no caso de Javi, Alex Sandro deixa-o totalmente livre, sem que qualquer jogador do Benfica tenha influência.

Alex Sandro era o responsável pela marcação ao espanhol...

Javi vê que tem espaço e vai para a sua esquerda. Alex Sandro nem o tenta seguir, preferindo ficar a olhar para a bola. Com tranquilidade, como diria Paulo Bento.

Javi isola-se e corre para a linha final. Alex Sandro aproveita para agarrar Luisão (que era marcado por Sapunaru) enquanto Jardel e Mangala partem para a bola.

Javi está totalmente isolado e, tal como Jardel e Mangala, procura a bola. Alex Sandro já largou Luisão e tenta atacar a bola.

A bola quase a chegar à área e Luisão tenta libertar-se do romeno. Alex Sandro e Mangala deixaram Jardel e Javi nas suas costas. É isto um bloqueio?

A bola entra na baliza e ninguém pede falta por bloqueio, mas sim uma suposta mão na bola. Alex Sandro, Rolando e o Bracali dizem que Nolito tocou a bola com a mão, mas as imagens provam que o espanhol marcou o golo com o peito.

Recordemos outras pérolas do Vítor Pereira:

1. FC Porto perde e fica a 5 pontos do primeiro lugar. Vítor Pereira atira a toalha ao chão: "Com estas arbitragens, podem encomendar as faixas de campeão."

2. FC Porto ascende à liderança graças a arbitragens escandalosas. Vítor Pereira: "Isto é para calar aqueles que já tinham encomendado as faixas de campeão."

3. FC Porto ganha na Luz com um escandoloso golo em fora de jogo. Vítor Pereira diz: "Não discutimos arbitragens."

4. FC Porto perde de maneira inquestionável frente ao mesmo adversário a quem tinha ganho com um golo em fora de jogo. Vítor Pereira cria a teoria do bloqueio: "Árbitro teve influência no resultado, espero que a comissão de análise tenha visto isto."


"Não fomos beneficiados, logo fomos prejudicados", bem que podia ser o lema do FC Porto...