segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Motards VS Estado Islâmico

 
Um grupo de motards europeus juntaram-se aos curdos para combater o Estado Islâmico (EI). Klaas Otto, o líder do No Surrender Banditos, um dos maiores grupos de motards da Holanda, afirmou que os seus camaradas são "pessoas com treino e muita experiência, incluindo missões no estrangeiro. Eles são extremamente disciplinados. Não bebem álcool nem sequer nas reuniões do grupo". No Twitter pode-se seguir o quotidiano destes motards que usam Kalashnikovs e são originários de Amesterdão, Roterdão e Breda.
Pelo menos esses motards não serão punidos pelo governo holandês, ao contrário dos militantes holandeses do EI, pois os motards não estão a cometer nenhum crime, isso segundo o próprio governo holandês...

Bebé multado

 
Um bebé da minha cidade de Alverca, Gustavo, de apenas 2 anitos, tem uma dívida de 85,96 euros por não pagar portagens, tendo sido notificado pela Autoridade Tributária e Aduaneira. David Gomes, o pai do bebé, afirmou ao CM que continua à espera duma resposta por parte do Serviço de Finanças de Alverca. "O funcionário disse-me que os avisos de recepção teriam sido enviados para outra pessoa". David garante que não vai pagar a dívida, pois a matrícula do veículo associada às infracções não lhe diz nada, "nunca esteve sequer na família"...
Se cruzarem bem os dados, pode ser que reparem que existem Gustavos Gomes com mais de 2 anos e que já conduzem carros...

O primeiro acto sexual era feito de lado!

 
Pelo menos é isso que diz uma investigação feita a fósseis com 380 milhões de anos. Segundo a mesma, os primeiros animais desenvolveram os seus órgãos sexuais porque tinham dificuldade em fazer sexo. Os peixes de água doce que já estão extintos há milhões de anos terão andado a copular de lado em manobras complicadas, com o macho a precisar de introduzir o seu órgão sexual em forma de L entre duas placas genitais no seu corpo. "Essencialmente, eles não conseguiam fazê-lo na posição de missionário (ou seja, o macho em cima da fêmea)", disse ao The Guardian John Long, professor de paleontologia na Universidade Flinders, em Adelaide (Austrália). "O primeiro acto de cópula foi feito de lado, estilo 'square dance'", descreveu o cientista. "O macho consegue assim colocar o seu órgão sexual em forma de L na posição correcta para se ligar aos genitais da fêmea, que são como placas de ralar queijo - muito rugosas - pelo que actuam como Velcro, prendendo o órgão masculino em posição até à transferência de esperma", concluiu.

Sporting vence categoricamente no Dragão


O Sporting foi ao Estádio do Cabrão Dragão vencer e despachar o Futebol Corrupto do Porto da Taça de Portugal. Com uma exibição personalizada, os lagartos estiveram sempre por cima dos anfitriões, que começaram por facilitar através de Marcano que marcou na própria baliza aos 32'. Jackson Martínez ainda empatou a partida aos 35', mas Nani devolveu a vantagem no marcado à lagartada quatro minutos depois. O tridente composto por João Mário, Adrien e William esteve em grande destaque no meio campo leonino e do lado portista o que esteve em destaque foi a exibição medíocre dos seus defesas. O guarda-redes lagarto Rui Patrício teve ainda tempo para brilhar ao defender uma grande penalidade. O flop Lopetegui disse, no fim do jogo, que a sua equipa é que devia ter ganho. Ou seja, além de burro, o espanhol está a precisar urgentemente de óculos...

Benfica segue em frente na Taça de Portugal, conquista U-15 Premier League e vence Supertaça de basquetebol


O Benfica apurou-se para a 4.ª eliminatória da Taça de Portugal depois de ir à Covilhã bater o Sporting local num jogo difícil por 3-2. Jorge Jesus tirou da equipa dez dos habituais titulares, o que podia lhe ter custado caro. O brasileiro Jonas foi o autor de um hat-trick, primeiro de grande penalidade que deixou o Benfica em vantagem, e os restantes dois golos já na segunda parte e que valeram a reviravolta no marcador. Cumprida a missão, segue-se agora o importantíssimo jogo com o Monaco para a Liga dos Campeões. Uma derrota poderá ditar o prematuro afastamento do campeão nacional das competições europeias.
 
Os iniciados A do Benfica conquistaram no domingo o prestigiante U-15 Premier League International Cup, torneio que teve Inglaterra como palco, depois de vencerem na final o Chelsea por 2-1. A equipa orientada por Luís Nascimento ergueu o troféu muito graças ao craque José Gomes, autor dos dois golos frente aos blues, isso já depois de na meia-final ter sido o autor do único golo que eliminou o Manchester City. No total o Benfica realizou cinco jogos, tendo vencido, como já vimos, a meia-final e a final, e dois jogos da fase de grupo (vitórias sobre o Arsenal e o Newcastle), e cedido apenas um empate (frente ao Reading).
 
 
O fim-de-semana não deixou de ser também glorioso para a equipa de basquetebol do Benfica: os encarnados conquistaram a sua 12.ª Supertaça da modalidade depois de vencerem o Galitos por 82-61. Os comandados de Carlos Lisboa conquistaram assim o troféu pela terceira vez consecutiva e consolidaram também o domínio nessa competição ao alargarem para quatro o número de Supertaças que têm a mais em relação à Ovarense. O Benfica é claramente o clube que detém actualmente a hegemonia do básquete nacional.
 
Viva o Benfica!!

Festival da Lusofonia, Macau 2014

 
Decorreu no fim-de-semana que passou o 17.º Festival da Lusofonia em Macau, mais precisamente nas Casas-Museu da Taipa.
 
 
A cerimónia de abertura do Festival da Lusofonia, marcada para sexta-feira, foi antecipada para o dia anterior, isso aparentemente devido a motivos de agenda da senhora Florinda Chan, secretária para a Administração e Justiça (a senhora do meio na foto).
 

O Festival da Lusofonia, cuja 1.ª edição foi em 1998, na altura organizado pela ex-Câmara Municipal das Ilhas durante a administração portuguesa, surgiu como parte do programa das actividades comemorativas do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, tendo passado em 2002 a ser organizado pelo Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (o antigo Leal Senado) e pelos Serviços de Turismo de Macau.

 
O principal objectivo do Festival da Lusofonia é homenagear as comunidades lusófonas residentes em Macau pelo seu contributo e desenvolvimento do território. Trata-se duma festa tradicional que atrai muitos visitantes, não apenas os residentes locais como também principalmente turistas de Hong Kong e da China.

 
O Festival da Lusofonia é uma oportunidade para as pessoas conhecerem a multiculturalidade e a harmonia entre os povos que vivem em Macau. Não é por acaso que Macau é conhecido por ser um ponto histórico do mundo onde o Ocidente se encontra com o Oriente desde que os portugueses se estabeleceram no território no século XVI.

 
Para além de cultura, música, artesanato, vídeos, danças, literatura, jogos ou lembranças houve também, como há todos os anos, petiscos e bebidas típicas de cada uma das comunidades lusófonas.


Estiveram no total nove comunidades lusófonas originárias dos países africanos de língua portuguesa (PALOPs), do Brasil, de Timor e da antiga Índia Portuguesa, para além, é claro, da comunidade lusófona anfitriã, ie., os portugueses naturais de Macau (ou macaenses de nacionalidade portuguesa, os 土生葡人).
 

Quase 15 anos após a entrega de Macau à China, a Portugalidade continua bastante presente em Macau como parte dum património intangível.
 

domingo, 19 de Outubro de 2014

Memorabilia

Rio Grande - Postal dos Correios (1996)
 
video
 
"Sou capaz de ir aí pelo Natal".
 
Sou capaz, não. Vou mesmo.

O pólo mundial indiano e a lusofonia

António Costa, o mais que provável novo primeiro-ministro português
Uma das edições anteriores do Diário de Notícias tem uma reportagem que fala dos indianos de sucesso em Portugal, que são muitos, tendo igualmente muitos deles a nacionalidade portuguesa. O jornal faz questão de dizer que Portugal é "um país que foi colonial e que se afirma tolerante", podendo vir a ter, pela primeira vez, um primeiro-ministro "não branco", ou seja, o António Costa, de ascendência goesa. O mais que provável futuro primeiro-ministro até achou piada à festa feita pelos jornais indianos aquando da sua vitória nas primárias do Partido Socialista.
Entre os portugueses de origem indiana mais influentes, para além de António Costa, estão por exemplo o Zeinal Bava, um muçulmano nascido em Moçambique e que chegou a ser eleito o melhor CEO da Europa no sector das telecomunicações, o economista Abdool Vakil, líder da comunidade islâmica de Lisboa, e os irmãos empresários Sacoor (Sacoor Brothers), só mesmo para citar os luso-indianos mais conhecidos.
Segundo a socióloga Teresa Seabra, os indianos são pessoas que "sabem jogar nos dois tabuleiros", pois eles em Portugal "treinam-se desde pequenos para conviver com as regras da sociedade portuguesa e à moda indiana. Há uma dupla pertença que eles cultivam e que favorece a relação com a sociedade de acolhimento e a escola", daí eles terem maior sucesso escolar do que por exemplo os cabo-verdianos, que "sentem-se mais discriminados", e até mesmo que os portugueses.

Professor José Medeiros da Silva no Instituto Internacional de Macau
A Índia é, não tenho dúvidas, um dos principais actores do panorama internacional do futuro. Afinal de contas é um dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). O mundo caminha para uma multipolarização, com "mega Estados" que deterão a partilha da liderança mundial, e apesar de pessoalmente preferir apostar mais na China (eu não acredito no futuro de África, logo descarto o pólo África do Sul, que apenas foi acrescentado em 2011 possivelmente devido a algum capricho do politicamente correcto), é óbvio que a gigante União Indiana também não pode ser descurada. Como afirmou o investigador brasileiro José Medeiros da Silva, que vive e trabalha em Pequim, no VI Seminário "O Papel de Macau no Intercâmbio Sino-Luso-Brasileiro" realizado no Instituto Internacional de Macau no dia 16 deste mês, como um dos futuros pólos "deve ser constituído naturalmente pelos países de língua portuguesa" (por causa, precisamente, do Brasil), a Índia só teria a ganhar se se aproveitar da sua ligação histórica com Portugal, nomeadamente através dos antigos territórios da Índia Portuguesa (Goa, Damão e Diu), para se aproximar do grande mundo lusófono, que é todo um património histórico, cultural e comercial com potencialidades de grande desenvolvimento.

Os líderes dos BRICS no Brasil
"Se a Índia compreender a importância da ligação que tem aos países lusófonos, pode até tornar-se mais competitiva em termos comerciais e fazer concorrência à China", disse o professor brasileiro, que esteve recentemente em Damão onde ouviu uma interpretação de fado. Neste aspecto, salientou que Macau desempenha uma especial importância enquanto "desenho de convivência de vários povos", reforçando que o maior desafio actualmente passa pela "percepção e apropriação de uma memória histórica comum".
Pelo menos a língua portuguesa será uma das línguas dos futuros pólos mundiais...

As mamas da moda no Japão


Agora é moda beber nas festas bebidas servidas pelas mamas de bonecas "ultrarrealistas" no Japão. Para encher o copo, basta apertar uma das mamas da boneca, que faz jorrar a bebida na outra mama. Cada boneca destas custa cerca de 5000 dólares (3900 euros).



Segundo estudos recentes, o interesse por sexo tem vindo a diminuir entre os jovens no Japão. Como tal, inventam bonecas destas. O que será inventado depois?

"Estou a olhar por ti"

 
A jovem inglesa Sheri Emerson, de South Shields, ficou "mal disposta e perturbada" depois de ter recebido no seu telemóvel um SMS do número da sua falecida avó com a frase "Estou a olhar por ti e tudo vai ficar melhor. Aguenta". A sua avó, Lesley Emerson, falecida em 2011 e enterrada com alguns dos seus bens favoritos entre eles o seu telemóvel, tinha uma relação estreita com ela. "Passaram-me pela cabeça montes de coisas horríveis. Como é que alguém teve acesso àquele telefone? Estiveram a receber todas as minhas mensagens?", descreveu Sheri Emerson à BBC, acrescentando que de vez em quando continuava a mandar SMS para esse número como se avó ainda estivesse viva por ser para ela "uma forma de conforto". Afinal o número já tinha sido atribuído e estava a ser usado por uma outra pessoa que pensou que os SMS da Sheri eram uma brincadeira de amigos. Um porta-voz da operadora O2 disse à BBC que tinha entrado em contacto com a família Emerson para se desculpar por "qualquer incómodo causado"...

sábado, 18 de Outubro de 2014

Opiniões DN

António Costa é um político de uma escola que - aparentemente - não olha a meios para atingir os seus fins. Para quem tem memória política, ainda se recordará dos tempos em que Costa era ministro da Administração Interna e prometia que os registos das câmaras de videovigilância nas estradas serviriam como prova para punir as infracções dos condutores; e também se lembrará de quando, já presidente da CML, Costa não hesitou em colocar em causa o trabalho do seu colega de governo do PS Rui Pereira, então ministro da Administração Interna, em nome de uma Lisboa mais segura. Ironias à parte, merecíamos melhor como candidato a futuro primeiro-ministro (Paulo Pereira de Almeida).
 
O presidente Vladimir Putin, 62 anos, é cinturão preto no karaté e deixa-se fotografar de torso nu. O primeiro-ministro australiano, Tony Abbott, 56 anos, foi campeão de boxe de pesos-pesados na Universidade de Oxford e não se importa de posar de tanga na praia. Numa cimeira de Fotos Desportivas de Líderes Mundiais, os dois valem pelos outros todos juntos: há imagens deles de bicicleta, sobre tapete de judo, de faca de caça, pilotando helicóptero... Daqui a semanas, em Novembro, os dois vão estar numa cimeira comum, dessas do G20, em Brisbane. E há receio de que não se fale só de aquecimento global, mas também local (Ferreira Fernandes).
 
O meu bairro tem gente de todas as cores e eu gosto de viver assim. Gosto de Lisboa com esta variedade na fila do supermercado, mistura de portugueses, imigrantes e turistas. Quando chego tarde a casa gosto de poder passar pela loja dos indianos, entender-me e desentender-me com eles na dificuldade das línguas. Um é de Gujarat, o outro do Punjab, um terceiro de Nova Deli, mas só me disseram isso depois de lhes perguntar se vinham do Paquistão, mas ficámos bem no fim da conversa. Mesmo ao lado fica a loja dos frangos assados que fecha mais cedo, ainda assim depois da oficina de metalurgia e do lugar da Lourdes que tem pão alentejano, queijo fresco e boa fruta (Ana Sousa Dias).
 
A questão levantada pela consulta sobre a independência da Escócia, que agudizou o problema europeu das pequenas pátrias, talvez venha a influenciar o teor das relações entre a Grã-Bretanha e a União Europeia, onde De Gaulle nunca mostrou aprazimento em a receber. São muitas as tensões entre a Grã-Bretanha e a União, de modo que não foi surpreendente o anúncio do primeiro-ministro David Cameron de um possível referendo, em face de uma opinião pública flutuante, com os trabalhistas intervenientes divididos. Foi dito, em vista das estatísticas, que se a escolha oferecida for entre um novo ajustamento do Tratado ou sair, a opinião pública será pela maleabilidade das obrigações (Adriano Moreira).
 
O futuro voltará a tratar o casamento como ele realmente é: uma enxertia definitiva na árvore genealógica, onde todos somos apenas ramos, que morrem se cortados do tronco. O futuro lamentará o tempo louco que esqueceu esta verdade essencial e, pela sua desgraça, provou a toda a humanidade essa importância vital (João César das Neves).

Cartaz muslo vandalizado no Canadá


O cartaz da candidata muçulmana à câmara de Toronto, no Canadá, Munira Abukar, foi vandalizado. "Go back home" (volta para casa), pode-ser ler no cartaz vandalizado. Munira, que fez queixa à polícia, afirmou ao jornal The Star que ficou muito triste. Disse ela que a sua mãe é uma refugiada e o seu pai um imigrante no Canadá, tendo ambos sofrido na pele o racismo. "Eu penso que precisamos de compreender que existe um racismo escondido na nossa cidade e que há gente que acredita que só porque tu tens uma aparência diferente, não és de Toronto", disse a musla.
Que merda de raça é o islão, sua musla de merda?

Os ucranianos pagãos pró-Rússia do batalhão Svarog

 
Há na Ucrânia uma milícia pró-russa e pagã que quer derrubar o governo de Kiev, o batalhão Svarog. Trata-se dum grupo de cerca de 700 homens munidos de Kalashnikovs liderados por um militante com o pseudónimo Oleg Vargan e com o sonho de criar um novo Éden, um novo Estado russo do Atlântico ao Pacífico. "Primeiro tivemos a Perestroika, um processo de reconstrução. Agora temos um processo de matança e depois teremos um processo de renovação. É importante atravessar o processo de matança primeiro, porque as células cancerosas têm de morrer. Este é o caminho da evolução", defende Oleg. O Svarog - nome do deus do fogo celestial conforme o paganismo eslavo - defende o vegetarianismo (todo os membros do grupo são herbívoros e não bebem bebidas alcoólicas nem fumam), o racialismo branco - acredita o grupo que a raça branca é um pináculo da evolução, que Adolf Hitler encontrou os "verdadeiros arianos" na Ucrânia (!) e que o próprio Jesus Cristo era um eslavo russo (!!!) -, promove o paganismo mesclado com "místicas ocidentais" - os seus membros fazem figuras ridículas à volta de fogueiras e possuem bonecos de madeira que representam ídolos pagãos eslavos - e, imaginem, considera o Ébola, a Ucrânia e até o próprio Hitler um "projecto comercial judaico". O membro do Svarog que se chama Vargan, de 40 anos e antigo sargento do exército russo, afirma que os russos "nunca foram atacantes, foram sempre defensores", além de serem "libertadores vitoriosos contra parasitas corruptos e fascistas e outra escumalha", pelo que é um "direito cósmico" pegar em armas. Por sua vez, Kassak, instrutor de artes marciais que treina os recrutas, alega que os inimigos são uma cambada de "mercenários estrangeiros", umas "não-pessoas" porque pelo "nível do seu desenvolvimento evolucionário não atingiram o nível de pessoas".
Porra, quem é que consegue ter dúvidas que os pagãos são mesmo uma cambada de anormais?

Cientistas confirmam vida para além da morte

 
Os cientistas da Universidade Técnica de Berlim afirmam que conseguiram provar que existe vida para além da morte. O surpreendente anúncio foi feito com base nas conclusões obtidas num estudo que usou uma nova forma médica de supervisão de experiências de quase morte, que permitem que pacientes fiquem clinicamente mortos durante certa de 20 minutos antes de serem reanimados. Este novo método controverso foi aplicado em 944 voluntários durante quatro anos e consiste numa complexa mistura de drogas, que incluem epinefrina (adrenalina) e dimetiltriptamina (uma droga alucinógena), que permite o corpo sobreviver ao estado de morte clínica e ao processo de reanimação sem sofrer qualquer dano. O corpo fica temporariamente em estado de coma induzido pela mistura de outras drogas filtradas pelo ozono do sangue durante o processo de reanimação que se dá 18 minutos depois e que só se tornou possível devido ao desenvolvimento de um novo aparelho de reanimação cardiopulmonar, o AutoPulse. O Dr. Berthold Ackermann considera que as estudadas experiências de quase morte são uma prova de que existe vida para além da morte e também uma forma de dualismo entre o corpo e a mente. Na maior parte dos casos, há relatos da sensação da alma a sair do corpo, sensação de levitação, serenidade total, segurança, conforto, experiência de dissolução absoluta e a presença de uma irresistível luz. Entre os testados havia, para além de religiosos, gente ateia. "Eu sei que os nossos resultados podem chocar as crenças de muitas pessoas", disse o Dr. Ackermann. "Mas, de certa forma, nós apenas encontrámos a resposta para uma das maiores perguntas da história da humanidade, portanto espero que essas pessoas nos perdoem. Sim, existe vida para além da morte e parece que isso se aplica a todos".
Os estudos científicos também valem o que valem, não é, senhores incréus?

sexta-feira, 17 de Outubro de 2014

Ajudemos os cristãos perseguidos!

Recebi um e-mail da CitizenGo que apela à doação de dinheiro para o envio urgente de ajuda humanitária aos cristãos perseguidos do Médio Oriente, mais precisamente na Síria e no Iraque, por meio das organizações cristãs que lá trabalham.
O plano da CitizenGo passa por "pedir que o presidente do Conselho Europeu faça duas coisas fundamentais: aprovar resoluções que condenem toda forma de jihadismo e que ele lidere propostas efectivas de intervenção no Iraque e na Síria para frear o genocídio religioso; consciencializar, de modo eficaz (com chamadas concretas à acção), a opinião pública internacional a respeito da dramática perseguição que os cristãos no Iraque e na Síria estão a sofrer; enviar ajuda humanitária urgentemente, por meio de organizações cristãs que trabalham no Médio Oriente, às pessoas que estão a ser perseguidas na Síria e no Iraque; emprestar a esses cristãos perseguidos a nossa voz para tentar ajudá-los a superar a terrível situação em que vivem; e organizar um Congresso Internacional em Madrid, no mês de Dezembro, com os cristãos que tiveram de fugir do Iraque, da Síria e de outros países de maioria islâmica, para lançar um alerta internacional sobre a perseguição que os cristãos têm sofrido em todo o mundo no século XXI".
A doação é feita através deste link. Se quiserdes fazer a doação através do Paypal, é favor clicar aqui.
Agradecia também que, se puderdes, passásseis a mensagem. Pelos cristãos que sofrem.

Associações macaenses da diáspora fundam nova organização

 
10 associações e Casas de Macau do Canadá, dos Estados Unidos, de Macau e de Portugal vão fundar uma nova organização, a International Macanese Alliance (IMA), com o intuito de aprofundar as relações entre Macau e a diáspora macaense espalhada pelo mundo. O professor Roy Xavier (na foto), académico da Universidade de Berkeley na Califórnia (EUA) que investiga as migrações macaenses pelo mundo, deverá ser eleito como o seu presidente. "Muitos poucos ou quase nenhum projecto sério e com impacto entre Macau e as associações foram desenvolvidos", afirmou Roy Xavier ao jornal Tribuna de Macau, daí esperar que o IMA, que já conta com apoios de personalidades de Macau, concretize projectos que beneficem as comunidades macaenses e aos quais o Conselho das Comunidades Macaenses tem insistido, segundo o académico, em resistir. O IMA tem como primeiro objectivo criar uma plataforma multilingue online que sirva como Arquivo Histórico Macaense para preservar a história cultural das comunidades macaenses no mundo. A título de curiosidade, as organizações fundadoras do IMA são: Amigu Club de Macau (Toronto), Casa de Macau do Canadá (Vancouver), Center of the Advancement of the Macanese People (EUA), Associação de Promoção da Cultura de Arte e Economia entre a China e os Países Lusófonos (Macau), Far East Currents.com da Universidade da Califórnia (EUA), International Portugal-China North American Association of Macau (Portugal), Lusitano Club Califórnia (EUA), Macau Arts Culture and Heritage Institute (EUA), Macau-Ontario Economic Advisory Association (Canadá) e Portugal Macau Institute of America de São Francisco (EUA).
É sempre de louvar iniciativas deste tipo porque não é novidade nenhuma para quem conhece bem a realidade de Macau que a China está aos poucos a destruir as suas identidades, tanto dentro das suas fronteiras como também nas suas duas regiões administrativas especiais. A identidade macaense, ou melhor, portuguesa de Macau, aquela que é um produto da História e património intangível da humanidade, está a correr o sério risco de desaparecer (como por exemplo o dialecto patuá de Macau), e se não fossem estas organizações macaenses no estrangeiro e também ONGs como o Instituto Internacional ou a Associação dos Macaenses aqui de Macau, muito possivelmente as coisas neste aspecto estariam bem piores a esta hora. Um grande bem-haja a todos os portugueses de Macau e aos seus descendentes que se preocupam seriamente em manter viva a nossa identidade.

Jovem com "amplo registo criminal" em França em liberdade

 
Há em Portugal (mais um) jovem com "amplo registo criminal" que foi detido e que está em liberdade a aguardar o julgamento. Neste caso trata-se de um jovem de 21 anos com um cadastro recheado em França, país do qual possui nacionalidade, e que foi detido ao volante duma "viatura de alta cilindrada" com uma matrícula falsa, sob o efeito do álcool e sem habilitação legal para conduzir, na zona de Coimbra. Foi também acusado de tráfico de droga e posse de armas ilegais. "Após efectuar várias manobras perigosas, no acto da condução, e após desobedecer à ordem de paragem emanada pelos militares", acabou por ser detido, referiu o Comando Territorial de Coimbra da GNR em comunicado.
Viva a liberdade! 25 de Abril, sempre! Fascismo nunca mais! "Grândola, Vila Morena"...

10 mil novos milionários em Portugal por ano

 
Segundo o Diário Económico, 28% dos milionários (pessoas com pelo menos um milhão de dólares americanos) portugueses surgiram nos dois últimos anos. O banco suíço Credit Suisse analisou a distribuição da riqueza mundial e concluiu que 10% dos portugueses mais ricos detêm 58,3% de toda a riqueza nacional, sendo já um total de 75.903 o número de milionários em Portugal, mais 10.777 do que em 2013, ano em que surgiram 10.395 novos milionários. Mais de 90% dos milionários de Portugal possuem mais de cinco milhões de dólares e em seis casos o seu património está avaliado entre 500 milhões e mil milhões de dólares e apenas três portugueses têm mais de mil milhões de património líquido. Portugal está assim no mesmo patamar que países como a Grécia, a Espanha, a França, a Itália, a Holanda, a Finlândia, o Canadá, os Emirados Árabes Unidos ou o Reino Unido. No pelotão da frente estão os Estados Unidos e a Suíça, com mais de 70% da riqueza, além de vários mercados emergentes asiáticos e latino-americanos. Noutro extremo encontram-se Japão e Bélgica, países com baixa desigualdade da distribuição da riqueza.
O Euromilhões deve ter contribuído bastante para este aumento de milionários portugueses, penso eu de que. E depois ainda falam da crise e tal...
 
PS. Por falar no Euromilhões, não vos esqueceis de jogar, pois hoje estarão em jogo 162 milhões de euros (CENTO E SESSENTA E DOIS MILHÕES DE EUROS!!). Mesmo contando com o imposto de selo (ilegal) de 20%, o prémio continua a ser brutal: 129,6 milhões de euros. Boa sorte!

Portugal desperdiça 1 milhão de toneladas de comida por ano!

 
Outra notícia que mete nojo e não é pouco: Portugal desperdiça um milhão de toneladas de comida por ano. "Fizemos uma reflexão profunda hoje, no Dia Mundial da Alimentação, que culminou com a assinatura de um compromisso ético de combate ao desperdício em todos os sectores, da produção ao consumidor", disse Nuno Vieira e Brito, o secretário de Estado da Alimentação, que acredita ser possível reduzir "20% do desperdício em cinco anos". "É um compromisso que corre toda a sociedade e responsabiliza todos os segmentos", acrescentou.
Enquanto houver fartura para alguns, vai-se continuando a fazer pouco dos pobres.

60% das estrelas da NBA ficaram falidas

 
O que é que grandes antigos jogadores de basquetebol norte-americano como Dennis Rodman, Allen Iverson, Latrell Sprewell e Scottie Pippen têm em comum? Estão todos na ruína cinco anos depois de se retirarem da vida profissional e de acumularem milhões de dólares. Todos eles garantem: não sobra dinheiro. Foram luxos e vícios extravagantes, divórcios multimilionários e reforma não pensada. Latrell Sprewell, por exemplo, rejeitou um contrato de 26 milhões de euros para jogar três épocas no Timberwolves alegando que tinha filhos para alimentar (e os 26 milhões de euros não ajudariam a alimentá-los?), acreditando que os 121 milhões de euros que já tinha ganho seriam suficientes para o investimento e para o resto da sua vida. A fortuna acabou por se evaporar, o iate que tinha foi penhorado e agora Latrell tem hipotecas sobre duas casas e está proibido judicialmene de se aproximar dos seus filhos. A Sports Illustrated indica que também 79% dos atletas da NFL (Liga de Futebol Norte-Americano) também declaram falência num prazo idêntico.
Essa gente mete nojo ao próprio nojo! Pelos vistos o dinheiro não compra mesmo tudo, como por exemplo um pouco de juízo!

quinta-feira, 16 de Outubro de 2014

Os franceses cantaram vitória cedo demais...

 
Em Halmstad, na Suécia, o play-off de acesso ao Europeu de 2015 de sub-21, onde já está Portugal depois de ter eliminado a Holanda, terminou com uma sensação de ironia do destino. A França, que tinha vencido o jogo da primeira mão em casa por 2-0, viu a eliminatória virar-se a favor dos suecos aos 71 minutos. Os franceses reagiram e, a 3 minutos do fim, o lateral-esquerdo avec Layvin Kurzawa (número 3) subiu à área contrária e cabeceou a bola para o fundo das redes, reduzindo para 3-1 e dando novamente a vantagem na eliminatória à França. A história começou aqui.

 
Kurzawa, depois de marcar o golo, festejou efusivamente e humilhou os suecos saudando-os um a um com uma continência, uma provocação que lhe valeu um cartão amarelo.

 
No minuto seguinte, a provocação teve o seu efeito boomerang: a Suécia fez o quarto golo, garantiu o apuramento e os suecos devolveram a Kurzawa o gesto no relvado. O gozo prolongou-se depois nas redes sociais...


Pelos vistos não é só a selecção francesa que tem (muitos) negros com nomes estranhos. Afinal de contas a Suécia, apesar de não ter sido um país colonizador, é um grande antro multiculturalista devido à política de refugiados...

A enfermeira que mata pacientes irritantes

 
A italiana Daniela Poggiali, uma enfermeira de 42 anos, é mais letal que o Ébola ou qualquer outro tipo de doença: já 38 pacientes do hospital onde ela trabalha em Lugo, no norte de Itália, morreram às suas mãos por serem "irritantes". A mulher matava os pacientes injectando-lhes cloreto de potássio, uma substância utilizada em execuções e que ao fim de um tempo não é detectável, e chegava mesmo a tirar 'selfies' com os cadáveres. Segundo o Corriere della Sera, ela foi denunciada pelos próprios colegas depois de constatarem que os doentes morriam sem que houvesse alguma relação com o problema de saúde que tinham, no turno da noite, que Daniela insistia em fazer para poder estar o maior tempo possível sozinha.
Qual será agora o destino da irritante enfermeira?

Adúltera atacada por 4 mulheres

video

Em Puyang, na província de Henan da República Popular da China, uma mulher adúltera foi atacada na rua por quatro mulheres. Lin Yao Li, de 38 anos, foi também despida e humilhada à frente de todos, que nada fizeram porque aperceberam-se que Lin foi para cama com o marido de uma das agressoras e como tal "não merecia ajuda". "Este tipo de coisas está a tornar-se normal", disse o jovem Jun Feng, de 30 anos, que ajudou Lin a levantar-se do chão. "Esposas e namoradas revoltadas vingam-se dos homens traidores atacando a outra mulher. As pessoas (de fora) não se envolvem porque vêem isso como um argumento do coração", continuou Jun. Um porta-voz da polícia local disse que nenhuma queixa foi apresentada. O mesmo tipo de situação já tinha acontecido no mês passado em Jinan, na província de Shandong, e em Julho aconteceu em Yulin, Guanxi.
Quando um não quer, dois não fazem, não é assim?

«Vamos começar a ter escravas de novo!»

O "clérigo" islâmico "britânico" Abu Baara manifestou agrado pela expansão do califado do Estado Islâmico (EI) porque assim os muçulmanos poderão ter de novo escravas. O "discurso" não foi feito no Paquistão, na Arábia Saudita ou na Indonésia. Foi no Reino Unido mesmo! Até quando os britânicos vão permitir que os pregadores de ódio/parasitas islâmicos continuem no seu país?
 
video

"É preciso lembrar que escravizar famílias de infiéis e levar as suas mulheres como concubinas é um aspecto firmemente estabelecido na sharia", alega o EI numa publicação online que faz propaganda das suas acções terroristas. Centenas de raparigas foram sequestradas e muitas foram vendidas ou cedidas aos terroristas como "espólio de guerra", na definição do EI. "Ouvimos histórias chocantes de conversões religiosas forçadas, casamentos forçados e mesmo abusos sexuais e escravização – algumas das vítimas eram crianças", afirmou Fred Abrahams, conselheiro especial da ONG Human Rights Watch. "Muitos jihadistas vêm do estrangeiro sem mulheres, portanto querem que elas se convertam para se tornarem suas noivas", disse Hoshyar Zebari, líder curdo que até foi recentemente chanceler no Iraque, ao jornal The Washington Post.

Sim, anti-islamismo na Austrália!

Muslos saíram às ruas australianas para protestarem contra os raides anti-terroristas
Segundo o sítio informativo australiano SMH, já houve mais de 30 ataques contra muçulmanos - principalmente contra mulheres que usam o véu - no espaço de três semanas desde que começaram as operações anti-terroristas por parte da polícia. Os líderes muçulmanos da Austrália estão a elaborar uma lista dos ataques contra as mesquitas e os muçulmanos. Ficamos, todavia, sem saber muito bem porque é que esses muslos não elaboram também, já agora, uma lista das barbaridades que dizem os seus "clérigos" na Austrália. Por exemplo, o "clérigo" Ismail al-Wahwah, também conhecido por Abu Anas, demonstrou abertamente apoio ao Estado Islâmico (EI) e ao estabelecimento do califado, afirmando que "o mundo merece outra ordem mundial" e que eles, os muçulmanos, estão dispostos "a sacrificar tudo a este conceito".
 
Lydia Shelly, uma australiana convertida à seita islâmica
A australiana Lydia Shelly, solicitadora da Muslim Legal Network, disse, histérica: "Temos reparado num aumento de ataques contra mulheres muçulmanas em lugares públicos, mulheres que usam o véu na cabeça ou o hijab. Como muçulmana, estou muito preocupada com o impacto que isto causa nos direitos ou talvez na liberdade das mulheres muçulmanas, porque elas simplesmente não se sentem mais seguras. Temos tido propriedades vandalizadas. Temos tido ameaças de morte dirigidas aos nossos líderes espirituais e ameaças de bomba nas mesquitas e coisas do género".
 
Os camaradas da Australian Defence League estão na luta contra o islão
Como querem que os australianos reajam depois de Abu Anas ter afirmado que os militantes da organização terrorista islâmica Hizb ut-Tahrir serão enviados para países ocidentais, como a Austrália, se o Ocidente enviar tropas para combater o EI?
 
Ser patriota é ser racista??
Só para termos uma ideia do histerismo alastrado que já existe nas ruas australianas, a camisola da foto de cima foi considerada "racista" pelos muçulmanos e pelos esquerdistas (racista porquê??). A camisola pode ser adquirida no sítio do Australian Native e recolhe o apoio de 91% dos leitores do Daily Telegraph. O empresário de Sydney Neil Booth, que está por detrás destas camisolas, reagiu assim à posição da escumalha: "O meu pai lutou por este país. Nós acreditamos na liberdade de expressão e não acredito que amar ou deixar (a Austrália) seja discriminatório".

Russell Brand: mais um canalha da esquerda

O Che Guevara dos tempos modernos tinha de ser um comediante. Menos terrorista, é certo, penso em Russell Brand autor de um recente texto sobre desigualdade. O estatuto de “celebridade” frequentemente permite que palavras ocas sejam confundidas com palavras profundíssimas, com verdades espirituais (cfr. Bono); e, no caso de Brand, um comediante que ganhou fama por humilhar sexualmente uma mulher na rádio, que pensa ser normal perseguir todas as mulheres no perímetro da sua vizinhança, parte numa relação on-and-off com Jemima Khan, herdeira e filha de Lady Annabel Goldsmith e de Sir James Goldsmith, hábil manipulador de expressões como “paradigma pré-existente”, é por demais óbvio. Brand quer ser visto como um herói e um idealista (é a psicologia simples que vincula toda a esquerda: a vítima, o vilão e o herói), nada que deva surpreender vindo de um baby boomer oriundo de uma geração que de vez em quando desenvolve umas voracidades morais.
 
Lendo o dito texto e vendo uma ou outra entrevista de Brand, percebemos que nada do que diz é novo nem sequer a forma como o diz é novidade. Quanto à forma como diz as tais verdades espirituais, sempre foi trendy querer derrubar “o paradigma existente” pela via revolucionário-despótica ao invés de apará-lo e limá-lo de forma eficaz (com reformas e/ou pelo voto), método mais lento e sem ponta de glamour. Como muitos ricalhaços revolucionários, o apelo derradeiro de Brand é um “não vote” – melhor forma de, portanto, manter o “paradigma” que muito lhe convém. A isto há quem chame cinismo político preguiçoso. Quanto ao conteúdo daquilo que diz, quem não sabe que há grandes desigualdades no mundo e que é do interesse de alguns que o “sistema” permaneça como está? (“sistema” esse que, by the way, nas últimas duas décadas arrastou 20 milhões de pessoas para fora da pobreza). Brand defende a necessidade de uma ordem espontânea, utópica, apelando a uma revolução espiritual para compartilhar toda a riqueza do mundo e salvar o meio ambiente mas, P.S., “eu tenho uma fortuna pessoal de 15 milhões de dólares”. Brand esqueceu-se que a objecção central a esta proposta revolucionária de imposição de um sistema igualitário é simples: como impor uma ordem totalmente igualitária sem recorrer à força? E se é suposto haver um executor deste sistema, como fiscalizar se o Sr. Brand permanece no mesmo estado de igualdade de toda a gente? Pergunto-me se, enquanto escrevo este texto, as massas revolucionárias apoiantes de Brand estão já a misturar os cocktails Molotov e a preparar barricadas nas ruas ou continuam agarrados às Xbox ou a partes menos decentes do corpo.
 
Um pedófilo ou um viciado em droga pode sentir a necessidade de ganhar alguns pontos morais opondo-se ao “sistema” e defendendo a causa das baleias de modo a continuar a cometer os seus pecados. Sente-se isto sempre que uma celebridade assume uma cruzada moral como a de Brand, do alto da sua mansão de Hollywood Hills avaliada em 2.224 milhões de dólares. Atendendo aos seus “méritos”, Brand não seria digno de qualquer comentário por não passar de um narcisista inteligente o suficiente para perceber que o público se deixa seduzir com o desempenho de um populista radical, mas o problema é que esta personagem faz parte de uma cartilha maior que nos esclarece sobre a forma como funciona a sociedade moderna.
 
Aqui fica uma passagem de um texto na New Statesman:
 
“For me the solution has to be primarily spiritual and secondarily political. This, too, is difficult terrain when the natural tribal leaders of the left are atheists, when Marxism is inveterately Godless. When the lumbering monotheistic faiths have given us millennia of grief for a handful of prayers and some sparkly rituals.
 
By spiritual I mean the acknowledgement that our connection to one another and the planet must be prioritised. Buckminster Fuller outlines what ought be our collective objectives succinctly: ‘to make the world work for 100 per cent of humanity in the shortest possible time through spontaneous co-operation without ecological offence or the disadvantage of anyone.’ This maxim is the very essence of ‘easier said than done’ as it implies the dismantling of our entire socio-economic machinery. By teatime.”
 
 

quarta-feira, 15 de Outubro de 2014

Memorabilia

FF (Fernando João Duarte do Carmo Abrantes Fernandes), 27 anos, o primeiro artista a solo fabricado pela série juvenil 'Morangos com Açúcar'. O seu primeiro álbum ('Eu Aqui') vendeu mais de 90 mil unidades. Como estamos no Outono e provavelmente já anda muita gente com saudades do Verão (eu é que não, livra!), deixo-vos aqui o hit de então (2006) do FF, "O meu Verão não acabou". Recuemos atrás no tempo e voltemos para os tempos da escola.
 
video

Foi no fim das minhas férias
Estava na praia a andar
Parei nas ondas do teu corpo
O pôr-do-sol ficou nesse olhar
Estava na areia a curtir um som
E toda a paisagem do meu Verão quando tu chegaste a mim
 
E o meu Verão não acabou
És o sol que aquece o Outono que chegou
E sei que contigo estou bem
Quando estás comigo não há mais ninguém
E se um dia o sol deixar de brilhar
Eu sei que te vou recordar
Como o Verão hiéééé que não acabou
 
Já de regresso a casa
O sol continua a brilhar
Falamos várias vezes
Mas temos de nos encontrar
Não sei se a escola em que eu vou andar
Será a mesma em que tu vais estar
Mas quero ver-te mesmo assim
 
E o meu Verão não acabou
És o sol que aquece o Outono que chegou
E sei que contigo estou bem
Quando estás comigo não há mais ninguém
E se um dia o sol deixar de brilhar
Eu sei que te vou recordar
Como o Verão hiéééé que não acabou

O beijo do momento

 
Um beijo entre dois agentes da polícia de trânsito da Tanzânia, Asumba Mwasumbi e Veronica Mdeme, durante o horário de serviço, foi o suficiente para resultar no despedimento destes dois polícias e também do que fotografou e divulgou a foto nas redes sociais. A chefia não gostou do que viu e despediu os três por conduta imprópria. Muitos internautas condenaram o excesso de zelo da chefia, defendendo que uma simples repreensão teria sido suficiente.
Vá lá, pelo menos não eram dois gays ou duas fufas, pois a homossexualidade é crime punido com pena de prisão ou mesmo pena de morte em quase toda a África...

Ryanair quer voar para os Açores


A companhia aérea irlandesa de baixo custo Ryanair está em negociações para poder começar a viajar também para os Açores já a partir do Verão do próximo ano, informou o seu presidente executivo, Michael O'Leary. "Estaremos provavelmente a olhar para no mínimo um vôo (a palavra 'voo' é uma palavra nova parida pelo Aborto Ortográfico que entrou em vigor em Janeiro de 2009) diário duplo para Lisboa e diário para o Porto. Isso significaria um aumento de cerca de 300.000 passageiros num ano". O'Leary acredita que a Região Autónoma dos Açores "tem sido mal servida nos últimos anos, com preços muito altos e pequenos aviões" (é verdade!) e falou também no interesse em lançar rotas para o arquipélago açoriano.
Mau, porque é que não há ainda vôos low cost para os Açores? Quando para lá fui, em 2010, ainda paguei bem (TAP/Sata)...

As fadistas portuguesas são «bonitas e sexy»

 
Quem o diz é o famoso cantor canadiano Bryan Adams, que viveu em Portugal durante cinco anos em Cascais. Bryan Adams fotografou as fadistas Cuca Roseta, Carminho, Ana Moura, Aldina Duarte e Gisela João para uma exposição fotográfica com 72 retratos a preto e branco intitulada 'Exposed' e que está patente no Centro Cultural de Cascais até dia 1 de Fevereiro do próximo ano. Bryan Adams diz conhecer bem o Fado: "Em Portugal, os jovens continuam a ouvir Fado graças a fadistas" (como as que fotografou). A música é magia e a fotografia também. Sou músico e fotógrafo. A fotografia é algo tão sério quanto a música. A fotografia é extensão da criatividade".

Campanha de angariação de fundos para cartaz anti-islâmico do PNR

Quem me conhece sabe que eu não voto no PNR - Partido Nacionalista Renovador -, por muita simpatia que eu possa ter pelo José Pinto-Coelho, o líder do partido que por acaso tenho como amigo no Facebook. No entanto, penso que é importante apoiar a iniciativa do cartaz anti-islâmico, em nome da defesa da superior civilização humana possibilitada pelo Cristianismo!
 
 
"A sua presença (islâmica) constitui uma afronta civilizacional à nossa matriz ocidental e cristã. Hoje, eles impõe-se com os seus usos e costumes que são antagónicos aos nossos e até hostis. Amanhã, serão muitos mais e vão tentar subjugar-nos! Uma vez mais, isto não é uma invenção do PNR: leia-se aquilo que afirmam à imprensa os combatentes do Estado Islâmico que possuem nacionalidade portuguesa. Essa invasão já é visível nalguns locais do país, nomeadamente em Lisboa onde, no final do Ramadão, o Martim Moniz foi transformado numa enorme mesquita a céu aberto, pois os crentes muçulmanos já não cabem nas várias mesquitas que existem na região de Lisboa. Não podemos permitir que esta invasão aconteça. Temos que sensibilizar os portugueses para esse perigo e reconquistar o que é nosso: a nossa dignidade, os nossos postos de trabalho e, agora também, o nosso território! Aceitamos a convivência entre várias culturas, que sempre aconteceu, mas não aceitamos ser invadidos e escorraçados de parcelas do nosso próprio território" (ver como poder ajudar na página oficial do PNR).

Golo nos «descontos» dá vitória lusa

 
Fernando Santos estreou-se a vencer em jogos oficiais: a selecção portuguesa, com o seu equipamento alternativo que tem as cores da antiga bandeira monárquica, foi à Dinamarca vencer a selecção anfitriã com um golo caído do céu aos 90'+5'. O autor do golo? Cristiano Ronaldo, quem mais haveria de ser? O madeirense foi considerado o melhor em campo no Parken Stadion. A Dinamarca até teve mais posse de bola e criou mais ocasiões de perigo, mas a experiência do regressado Ricardo Carvalho no eixo defensivo ofuscou a ofensiva viking. A entrada aos 86' de outro regressado, Ricardo Quaresma, foi determinante, pois foi o extremo que centrou para o golo vitorioso de Portugal. "Se me derem mais oportunidades é mais fácil mostrar o que posso fazer", afirmou Quaresma que acrescentou que "é fácil jogar com o melhor do mundo (Ronaldo)". Já Ronaldo disse que tinha saudades de jogar com Quaresma. Ricardo Carvalho salientou a atitude de todos, que "foi a ideal". Fernando Santos espera que a vitória na Dinamarca e que deixou Portugal no 3.º lugar do grupo I com menos 1 ponto que a Dinamarca e a Albânia "seja a primeira de muitas vitórias". Do lado dinamarquês, o seleccionador Morten Olsen lamentou a falta de concentração e também a falta de sorte com o árbitro, o alemão Felix Brych, que terá negado um penalty aos dinamarqueses. Deixa lá, Olsen, o Felix Brych já tinha sido protagonista na final da Liga Europa da época passada...
 
video
 
Já agora, a selecção de sub-21 apurou-se para o Europeu depois de vencer a Holanda por 5-4 num jogo frenético. Os parabéns aos rapazes do Rui Jorge!

terça-feira, 14 de Outubro de 2014

Muitos tugas querem emigrar

 
É pelo menos isso que diz o relatório Decoding Global Talent realizado pelo The Boston Consulting Group. A situação económica actual de Portugal provocada pelos sucessivos incapazes governos democraticamente eleitos por causa da fatídica revolução dos cravos de 1974 que só destruiu o país e a progressão na carreira são os principais factores que fazem com que entre 70% e 80% dos portugueses admitam emigrar para países como o Reino Unido, a Espanha e a Suíça (fico admirado por Macau não ser uma das opções - e ainda bem, pois os paraquedistas portugueses já dificilmente conseguem safar-se por aqui agora!). Mas não penseis que isso é só em Portugal. Também em França, um dos supostos países mais desenvolvidos e ricos da Europa, há cada vez mais pessoas a querer emigrar, convencidas que não têm hipóteses de serem bem sucedidas por lá muito possivelmente devido à governação súcia do fiasco François Hollande (desemprego de 10%), que trouxe o socialismo de volta para França ao fim de imenso tempo (curiosamente, na Suíça, um dos países mais desejados pelos emigrantes portugueses, não há um único socialista que senta o cu no Parlamento e o país até é liderado por uma coligação de malta da extrema-direita).
Como podemos ver, a crise é geral. Vamos, portanto, todos jogar no Euromilhões mas é, pois hoje estarão em jogo um brutal jackpot de 142 milhões de euros (cento e quarenta e dois milhões de euros)!!

Alógeno mata segurança

 
Ricardo Monteiro, de 31 anos e mais conhecido por Cau, matou o segurança Cipriano Fortes, de 40 anos, na discoteca Terrasse, na Amora, Seixal. Tudo começou quando Cau queria sair da discoteca com um amigo para fumar. Cipriano disse-lhe que se ele saísse e quisesse voltar para o estabelecimento teria que voltar a pagar a entrada, o que fez com que Cau aguardasse que a porta se voltasse a abrir para espetar uma navalha de 10 cm de lâmina no coração de Cipriano - pode-se ver as imagens do sucedido à entrada da discoteca frequentada por negros aqui -, que ia ser pai pela quarta vez. Antes de morrer, no WC do estabelecimento, Cipriano ainda foi ter com a sua filha Jéssica, de 20 anos e que estava com amigos, deu-lhe um beijo na testa e pediu-lhe para fugir dali. Cau, que é traficante de droga, acabou por ser detido horas depois em sua casa, em Arrentela, de onde se preparava para fugir, e é agora acusado de homicídio qualificado, incorrendo na pena máxima: 25 anos de cadeia. A família e os amigos da vítima exigem justiça. Nélson Pontes, amigo e colega de Cipriano, lembra que ele era um homem "calmo e que tentava sempre o diálogo".
Se fosse na China o cabrão levaria logo um balázio nos cornos e arrumava-se a questão. Como Portugal não é a China, fica aqui então o registo de mais um inquestionável contributo do maravilhoso multiculturalismo com sabor a África na Tugalândia e que muito agrada aos multiculturalistas e relativistas do esquerdume...

Notas soltas

 
O jovem defesa-central mexicano do Futebol Corrupto do Porto Diego Reyes, que os corruptos terão desviado da órbita do Benfica pagando 9 milhões pela sua contratação (flop?), exige sair do clube para poder jogar mais, informa o Correio da Manhã. A mesma fonte diz que também Kelvin, o tal do golo milagroso que deu um título imerecido aos corruptos doutra vez, Opare e Ricardo Pereira querem sair do clube do Mafioso Jorge Nuno Pinto da Costa.
 
 
Um drogado e traficante português emigrado em França, Cláudio Montes da Costa, de 30 anos, fugiu para Portugal depois de ter sido condenado a 30 meses de cadeia por vender droga a prostitutas brasileiras. Cláudio estava a ser protegido pelo seu amante, o padre Jacques Castanier (padre???), de 70 anos e pároco da Vila de Uzès, nos arredores de Nimes, de onde o português fugiu! O padreco paneleiro confessou às autoridades que desviou mais de 200 mil euros do dinheiro dos fiéis para a caridade para sustentar o vício do Cláudio, acabando também ele próprio por ser condenado. Já o português foi preso depois de ter voltado a França.
 
 
A actriz espanhola Penélope Cruz, de 40 anos, foi eleita a mulher mais sexy pela revista norte-americana 'Esquire', sucedendo a nomes como Angelina Jolie, Halle Berry, Scarlett Johansson, Mila Kunis, Charlize Theron ou Rihanna.
 
 
Já não vai haver nenhum referendo pela independência da Catalunha. O Tribunal Constitucional, por pressão do governo do primeiro-ministro espanhol Mariano Rajoy, considerou o referendo ilegal. Isto é uma boa notícia para os verdadeiros nacionalistas espanhóis.
 

As próximas notas de coroas norueguesas serão autênticas obras de arte. O novo visual da unidade monetária da Noruega tem como tema o mar e contou com o contributo artístico das empresas de design e também da própria população, entre elas crianças.
 
 
Pelo terceiro ano consecutivo, as jovens do clube de remo feminino da Universidade de Warwick, do Reino Unido, todas elas com idades entre os 18 e 21 anos, despiram-se para um calendário que visa angariar dinheiro para ser doado à Macmillan Cancer Support, que apoia doentes com cancro. O novo calendário, que será do próximo ano, já recebeu cerca de 200 pré-encomendas.
 

No estado alemão da Baviera, um agricultor de nome Johann Hubber pôs fraldas nas suas vacas na sequência da implementação de novas leis da União Europeia, que proíbem o uso de fertilizantes de qualquer origem em encostas íngremes...
 

Também na Alemanha, mas em Ludwigsbur, uma abóbora de 1054 quilos ganhou o concurso europeu de maior abóbora, batendo mesmo o recorde mundial na categoria.
 
 
Uma mulher espanhola fez sexo com um stripper anão na sua noite de despedida de solteira e acabou por ficar grávida dele, dando à luz uma criança que sofre também de nanismo. Segundo o Daily Mail, pouco depois de ter-se casado, no início deste ano, a mulher anunciou que estava grávida. Assim que viu que o bebé é anão, viu-se obrigada a confessar ao marido que o traiu com um stripper anão. "Nem as suas amigas mais próximas, nem a sua família sabiam que ela tinha feito sexo com um stripper", informa o site espanhol Las Cinco del Dia.
 
 
Em Wisconsin, Estados Unidos da América, Travis, de 33 anos, e Heather, de 29, foram presos depois de fazerem sexo no banco de trás do carro da polícia após terem sido detidos por conduzirem embriagados. O juiz condenou-os por falta de respeito pela polícia...