terça-feira, 16 de Setembro de 2014

3.ª Assembleia-Geral Extraordinária do Sínodo dos Bispos


O Vaticano divulgou no dia 9 a lista dos participantes da 3.ª Assembleia-Geral Extraordinária do Sínodo dos Bispos, o terceiro da história da Assembleia Sinodal, que se realizará entre os dias 5 e 19 de Outubro com o tema "Os desafios pastorais da família no âmbito da evangelização". Segundo o secretário-geral do Sínodo, cardeal Lorenzo Baldisseri, o objectivo é "propor ao mundo de hoje a beleza e os valores da família, que emergem do anúncio de Jesus Cristo que dissolve o medo e sustenta a esperança", sendo apenas a primeira etapa de um percurso que ficará concluído no próximo ano quando for realizado o 14.º Sínodo Geral Ordinário que tratará do tema "Jesus Cristo revela o mistério e a vocação da família". 
A título de curiosidade, dos 253 que estarão presentes, alguns são membros das igrejas católicas orientais, isto é, igrejas católicas não-romanas sui juris da Igreja Una Santa Católica e Apostólica (muitas pessoas pensam que os católicos são apenas os romanos, que compõem mais de 90% do universo católico). 
Eis a lista dos 14 líderes das igrejas orientais:

- Sua Beatitude Ibrahim Isaac Sidrak, Patriarca Católico Copta de Alexandria;
- Sua Beatitude Gregório III Laham, Patriarca Greco-Melquita de Antioquia e de todo o Oriente, Alexandria e Jerusalém;
- Sua Beatitude Ignace Joseph III Younan, Patriarca Sírio Antioqueno, líder da Igreja Católica Siríaca;
- Sua Beatitude Eminentíssima Béchara Boutros Raï OMM, Patriarca de Antioquia dos Maronitas;
- Sua Beatitude Louis Raphaël I Sako, Patriarca da Babilónia dos Caldeus;
- Sua Beatitude Nerses Bedros XIX Tarmouni, Patriarca da Cílicia dos Arménios;
- Sua Excelência Reverendíssima Jan Babjak, SJ, Metropolita de Prešov dos Greco-Católicos Eslovacos, e Chefe da Igreja Greco-Católica Eslovaca;
- Sua Beatitude Sviatoslav Shevchuk, Arcebispo Maior de Kyiv-Halych e Chefe da Igreja Greco-Católica Ucraniana;
- Sua Beatitude Eminentíssima Mar George Alencherry, Arcebispo Maior de Ernakulam-Angamaly e Chefe da Igreja Católica Siro-Malabar;
- Sua Beatitude Eminentíssima Moran Mor Baselios Cleemis, Arcebispo-Maior de Trivandrum e Chefe da Igreja Católica da Siro-Malancar;
- Sua Beatitude Eminentíssima Lucian Mureşan, Arcebispo Maior de Făgăraş şi Alba Iulia e Chefe da Igreja Greco-Católica Romena;
- Sua Excelência Reverendíssima Berhaneyesus Demerew Souraphiel, CM, Metropolita de Addis Abeba e Chefe da Igreja Católica Etíope;
- Sua Excelência Reverendíssima William C. Skurla, Metropolita de Pittsburgh dos Rutenos;
- Sua Beatitude Mar Thomas Meram, Arcebispo Caldeu de Razayeh

PS. A palavra católica vem do grego katholikos (καθολικός) que quer dizer universal.

Igrejas europeias transformadas


Um pouco por toda a hora assiste-se à profanação de lugares cristãos devido à apostasia e à falta de fiéis. Na foto podemos ver o Gattopardo Café de Milão que em tempos foi uma igeja dedicada a São José e que hoje serve como um bar-discoteca que por sinal é dos mais frequentados da capital da Lombardia. Também em Cupramontana, em Ancona, o Frati Bianchi, habitado durante cinco séculos por congregações monásticas, com santos e fundadores da ordem dos Capuchinhos, dedica-se hoje a degustações de vinhos. A Santa Sabina de Génova é hoje um banco. O São Gregório, em Salerno, é agora uma galeria de arte. Na Holanda, uma igreja de 1965 converteu-se num templo de música. Na Hungria, uma basílica converteu-se num clube nocturno com "lap dance" e "striptease". No Reino Unido, cerca de 50 mil igrejas transformaram-se em restaurantes, discotecas, oficinas e outras casas de negócio.
Enfim, é esta a triste realidade que assola o velho continente apostatado e em crise de fé. Agora é que se vive verdadeira e literalmente na Idade das Trevas.

Dinamarca vai obrigar todas as igrejas a casar gays

 
O primeiro país do mundo a permitir uniões civis entre parelhas homossexuais, a Dinamarca, quer agora obrigar todas as igrejas (católicas, protestantes e ortodoxas, entenda-se) a celebrar cerimónias de "matrimónio homossexual". A lei foi aprovada com o apoio de 85 dos 111 deputados dinarmaqueses. A lei não obriga os sacerdotes a celebrar as "uniões gays" se estes apelarem à objecção de consciência, mas obrigará a autoridade eclesiástica a arranjar substitutos que o façam (é de esperar que nem os substitutos aceitem celebrar essas aberrações). O ministro para a Igualdade, a Igreja e a Cooperação Nórdica da Dinamarca, Manu Sareen, um agnóstico que por acaso até é de origem indiana, disse que "o debate foi muito duro" e que a votação foi "histórica". Já o Partido Popular Dinamarquês, da Direita patriótica, vai promover uma intensa campanha contra esta nova lei por considerá-la decisiva para uma desintegração moral. As mesquitas não estão, curiosamente, abrangidas por esta lei por razões que ninguém quis esclarecer, vá-se lá saber muito bem porquê...

Esposas às turras


Duas das quatro mulheres do presidente sul-africano Jacob Zuma envolveram-se numa cena de gritos e troca de insultos durante a gravação de uma entrevista em conjunto para o canal televisivo SABC, o que fez com que a mesma fosse cancelada. A entrevista era sobre os problemas que afectam a população feminina na África do Sul actual. O que se sabe é que não é a primeira vez que as mulheres de Zuma entram publicamente em conflito entre si.
Zuma, de 72 anos, já casou seis vezes e tem 21 filhos. Apesar de fontes como a Wikipédia afirmarem que ele é protestante, na verdade Zuma é pagão, o que explica a sua poligamia e o seu envolvimento em cultos aos ancestrais e também à matança selvática de animais como forma de sacrifício. Zuma é um seguidor devoto do paganismo zulu. Portanto se é pagão, logo é bárbaro.

Cameron na Escócia a favor do UK


O primeiro-ministro britânico, David Cameron, está na Escócia a apelar ao "não" no referendo para a independência da Escócia. Segundo Cameron, o "sim" à independência significará "um divórcio doloroso de consequências pesadas". "Peço-vos que não separem esta família", disse o líder conservador no porto pretolífero de Aberdeen. Os partidários da independência escocesa usam a riqueza petrolífera e as reservas de petróleo existentes no Mar do Norte (80% do Reino Unido) para defender o "sim" e, caso a independência venha a acontecer mesmo, significaria um rude golpe para a Inglaterra, o País de Gales e a Irlanda do Norte, os países que também fazem ainda parte da Union Jack. A rainha Isabel II, ao abrigo da "imparcialidade constitucional", pediu aos escoceses para que "pensem com cuidado no futuro". O ministro das Finanças britânico George Osborne já veio garantir que a Escócia independente não poderá manter a libra, ao contrário do que pretendem os nacionalistas escoceses. O líder do Partido Nacionalista Escocês, Alex Salmond, reagiu dizendo que não havendo partilha da mesma moeda, a Escócia independente não precisará de pagar parte da dívida nacional britânica.

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

É melhor viver na Síria do que na Finlândia

 
Ora aqui está o porquê de ir para a Síria em vez de permanecer por exemplo na Finlândia a parasitar. De acordo com o pregador de ódio muçulmano Mizanur Rahman, de Londres, há mais vantagens em ir para a Síria e pertencer ao Estado Islâmico (EI) do que viver na Finlândia porque a Finlândia paga 142 dólares mensais por cada criança ao passo que o EI paga 150 dólares por mês. E, considerando o facto de a vida na Finlândia ser mais cara, é só fazer as contas e imaginar quanto dinheiro não se juntaria partindo do princípio que cada muçulmano pode ter quatro esposas legítimas ($100 por esposa e $50 por filho). Mizanur elaborou uma lista com 10 vantagens de ser membro do EI, elogiou o multiculturalismo da organização terrorista e a política de taxar apenas os não-muçulmanos.

 
De que é que os muçulmanos do Ocidente estão à espera para irem todos combater pela jihad global? Vão para lá que é para poderem ser aniquilados todos logo duma vez e deixarem o Ocidente mais limpo.

Morreu muçulmana de Sydney na Síria

Amira Karroum Ali, a terceira à direita, com as suas colegas da escola Gold Coast
A muçulmana natural de Sydney Amira Karroum Ali foi encontrada morta na Síria depois de ter para lá ido juntar-se aos terroristas islâmicos. Amira foi baleda e posteriormente desmembrada pouco depois de ter chegado à cidade de Aleppo. O seu marido, Yusuf Ali, possuía as cidadanias australiana e americana e também já foi com os porcos. Neil Gaughan, da Polícia Federal Australiana, confirmou a morte de Amira: "Há umas mulheres que foram para a Síria como guerreiras. Elas são novas. Têm menos de 21 anos. Uma delas está morta. Amira Karroum Ali" (a reportagem de baixo diz que Amira tem 22 anos). O pai da Amira, Mohammed Karroum, dono de uma loja de comida kebab, teve um ataque quando soube que a sua filhinha, que era "bonita" e gostava de "churrascadas", levou vários tiros e foi cortada aos pedacinhos. Coitadinha.
 
video

Irmãs luso-canadianas querem abrir escola na Tanzânia

 
Duas irmãs luso-canadianas, Daisy e Aimee Macedo, criaram a Fundação Hakuna Matata (que significa "Não há preocupações" em swahili como muito bem devem saber os que já viram os desenhos animados do rei leão) e pretendem abrir uma escola na Tanzânia para ajudar as crianças necessitadas. As irmãs de 31 e 29 anos, ambas empresárias do ramo vinícola, já tinham estado durante três semanas no país africano a realizar trabalho voluntário numa escola/orfanato. "Desde criança que tinha o sonho de ajudar as crianças em África. Quando lá estive apaixonei-me pela causa e prometi continuar a fazê-lo", afirmou Daisy à Lusa. A passagem pela escola/orfanato ficou-lhes "no coração", o que as levou a organizar todos os anos um evento de angariação de fundos para apoiar aqueles putos. No início, as irmãs pretendiam "ajudar mais com material escolar e nos salários dos professores do orfanato", mas quando lá estiveram constataram que os meninos "tinham outras necessidades maiores", tendo já prevista uma nova campanha de angariação de verbas no próximo dia 1 de Novembro com a realização de um baile com máscaras. "Temos muita sorte de viver aqui (Canadá), lá elas (crianças) não têm muitos dos bens que temos, como é o caso de água potável, ou até mesmo os cuidados de saúde", reconheceu Aimee.
Lá vai o autor do blogue armar-se novamente em mete-nojo: mas então porque é que os líderes da Tanzânia, aqueles que estão podres de ricos, não ajudam as crianças do seu povo e da sua própria raça? África é um continente riquíssimo, pá! Ah, e já agora, as irmãs que vão para lá fazer o que bem entenderem, mas é melhor terem cuidado com os islâmicos (segundo a Wikipédia, 35% da população da Tanzânia é muçulmana)...

Samantha Morton diz que foi violada

 
A actriz britânica Samantha Morton, de 37 anos e nomeada duas vezes para um Óscar, revelou numa entrevista ao The Guardian que foi vítima de abuso sexual por dois funcionários de um abrigo para menores onde vivia em Nottingham quando tinha 13 anos de idade. Samantha contou que os dois adultos aliciaram-na com doces, primeiro individualmente e depois em conjunto, no seu quarto. "Eles tinham o dever de cuidar de mim, e não apenas uma obrigação social, mas uma obrigação legal de fazê-lo. Eles falharam lamentavelmente, mas eu sobrevivi", desabafou. Samantha falou do seu caso na sequêcia da revelação do que aconteceu há 16 anos atrás em Rotherham e que envolveu um gangue de pedófilos violadores muçulmanos. A actriz passou a maior parte da sua infância e adolescência em abrigos, pois tinha um pai violento que foi preso, uma mãe deprimida e um padrasto, já falecido, que era alcoólatra e que também passou pela prisão.

Ex-ciclista vítima de morte súbita

 
O ex-ciclista Bruno Castanheira, que foi campeão nacional em 2004, foi encontrado morto em sua casa na manhã de domingo depois de ter participado na véspera no InGamba, um passeio velocipédico no norte de Portugal. O português de 37 anos foi ciclista profissional entre 1998 e 2009, tendo passado por equipas como a LA Alumínios-Pecol, a Maia-Milaneza, o Benfica e a Barbot-Siper, e era actualmente o massagista da equipa do Louletano-Dunas Douradas. Segundo Afonso Azevedo, um antigo companheiro do Bruno Castanheira na Maia-Milaneza, o antigo campeão terá sido vítima de morte súbita, deixando mulher grávida e um filho de 5 anos.
Paz à sua alma e as condolências à família enlutada.

EUA revalidam título mundial de basquetebol

 
Mesmo sem contar com os principais jogadores, a selecção norte-americana renovou o título de campeã mundial de basquetebol depois de bater, na final da competição realizada em Espanha, a Sérvia por 129-92. Kyrie Irving, base dos Cleveland Cavaliers, foi eleito o MVP (o jogador mais valioso) da competição por causa da sua excelente exibição onde apontou 26 pontos e quatro assistências, sucedendo ao seu compatrita Kevin Durant que foi eleito o melhor jogador em 2010. Agora os EUA são pentacampeões mundiais da modalidade.

4 líderes na Liga ZON Sagres

 
O Vitória de Guimarães desperdiçou uma boa oportunidade de se isolar no campeonato nacional de futebol depois de ter empatado em casa a uma bola com o fcp (Futebol Corrupto do Porto) com os golos a surgirem apenas de penalty, marcados por Jackson Martínez aos 61' e Bernard aos 70'. A equipa da casa jogou sem medo e o jogo acabou por ser intenso tanto dentro como fora do relvado (a PSP interveio por causa de desacatos provocados pelos adeptos nas bancadas, o que indignou o presidente do clube minhoto, Júlio Mendes). Os comandados do espanhol Julen Lopetegui sofreram o seu primeiro golo a nível oficial e parece que têm razões de queixa da arbitragem de Paulo Baptista, pois segundo li nos nada tendenciosos comentários afectos aos cabrões dragões no pasquim A Bola, houve um penalty não assinalado sobre Brahimi e um golo mal anulado (não vi o jogo e muito menos os lances, pelo que não posso falar disso, no entanto não tenho problemas absolutamente nenhuns em admitir que o Futebol Corrupto do Porto foi prejudicado se efectivamente o foi). Felizmente do outro lado da barricada também houve quem fizesse jus à excelente prestação dos minhotos: o(a) comentador(a) Mumadona informou-nos que o portista Casemiro cometeu três faltas no limite aos 6', 7' e 16' em que o Bernard (eleito o melhor em campo) "felizmente ficou inteiro". E acrescentou que o fcp fez oito faltas até aos 16' de jogo enquanto que o Vitória de Guimarães cometeu apenas a primeira falta à passagem do minuto 18. "Fomos muito corajosos. Termos conquistado um ponto deixa-nos contentes", disse o técnico Rui Vitória que destacou a grande entrada da sua equipa até ao primeiro intervalo (por alguns problemas ocorridos na bancada) e revelou que tentou "bloquear a primeira fase de construção do Porto". Este empate deixou a Liga ZON Sagres ao rubro à passagem da 4.ª jornada, pois são quatro os líderes: Rio Ave, Vitória de Guimarães, Benfica e fcp.

domingo, 14 de Setembro de 2014

Memorabilia

I don't know why - Moony

video

Tiago contribui para a vitória 'colchonera' no derby madrileno


Pela segunda vez consecutiva esta época, o Atlético de Madrid derrotou o Real Madrid. Na terceira jornada da liga espanhola, o campeão espanhol foi ao Santiago Bernabéu derrotar o campeão europeu por 2-1, com o primeiro golo a ser apontado de cabeça aos 10' pelo português Tiago. O Real empatou através de Ronaldo, de grande penalidade aos 26', depois do madeirense ter sofrido falta na grande área cometida por Guilherme Siqueira, ex-lateral-esquerdo do Benfica. Aos 76', Alda Turan finalizou uma jogada bonita com o segundo golo colchonero e deixou os merengues já a 6 pontos da liderança que é, para não variar assim muito, do Barcelona. No final do jogo, Tiago destacou a exibição da sua equipa dizendo que foi "mais uma demonstração de força". Diego Simeone aproveitou a deixa do português e disse que "a nossa força é o trabalho". Do lado madridista, o guarda-redes Iker Casillas foi apupado pelo público: "O público é soberano, se me assobiam devo aceitar. Tenho de continuar a trabalhar e responder da melhor maneira que é continuar a jogar futebol", salientou. Carlo Ancelotti assumiu estar "preocupado" mas recordou que na época passada também foi assim e que "com trabalho e autocrítica vamos conseguir dar a volta".



Pessoalmente acho que o Real desta época está mais fraco porque perdeu o desiquilibrador Di María e o equilibrador Xabi Alonso.

Empate no derby lisboeta irrita líder lagarto


O Belenenses foi a Alvalade empatar com o Sporting a uma bola. Os lagartos tiveram mais ocasiões de golo que os visitantes, mas foi a equipa de Belém que se adiantou no marcador através de Deyverson aos 28' e ainda assustou duas vezes o guardião Rui Patrício. O Sporting empatou aos 35' por intermédio de Carrillo após erro do belenense Bruno China, que entregou a bola ao peruano dos lagartos.


No final de jogo, jogadores, treinador e até o presidente lagartos foram pedir satisfações ao árbitro Cosme Machado. Em causa a expulsão de Jefferson alegadamente por protestos já aos 90'+3', como se a não expulsão do jogador resolvesse alguma coisa a favor da lagartada. O próprio treinador lagarto, o jovem Marco Silva, admitiu que a sua equipa foi pouco eficaz e que a falta de experiência do plantel devido à sua juventude não é um argumento para justificar o empate. Por sua vez, Nani afirmou que "temos de fazer muito melhor". O treinador do Belenenses, Lito Vidigal, disse que o Belenenses teve oportunidades para ganhar e Deyverson deu os parabéns à equipa apesar de não ter conseguido a vitória.
Ao fim de quatro jornadas, o Sporting só tem uma vitória e três empates, estando presentemente em 7.º. O Benfica, com 10 pontos, está a par do Rio Ave na liderança. O Glorioso e o "europeu" Rio Ave poderão ser ultrapassados pelo Vitória de Guimarães ou pelo fcp caso um deles vença o jogo no D. Afonso Henriques. Ou então ficam os quatro em igualade pontual.

A viagem feita com o Photoshop


A holandesa Zilla van den Born, de 25 anos, enganou toda a gente que pensava que ela tinha ido numa viagem de cinco semanas ao sudeste asiático como parte de um projecto universitário. A rapariga ficou em sua casa, em Amesterdão, e usou o Photoshop para criar imagens em que ela aparece na Tailândia, em Laos e no Cambodja antes de as colocar no Facebook. "Eu fiz isto para mostrar às pessoas que nós filtramos e manipulamos o que vemos nos média sociais - nós criamos um mundo ideal 'online' onde a realidade não alcança", disse Zilla ao Mail Online. "O meu objectivo é provar o quão comum e fácil é as pessoas distorcerem a realidade. Toda a gente sabe que as imagens dos modelos são manipuladas, mas nós frequentemente ignoramos o facto de também nós manipularmos a verdade nas nossas próprias vidas".


Depois de se ter despedido dos seus familiares no aeroporto, Zilla voltou secretamente de comboio para casa e aí começou o seu plano. Tirou fotos de si própria na piscina, no seu quarto, nas ruas de Amesterdão e até a comida tailandesa que fotografava foi feita por ela própria. Toda a gente foi enganada, incluindo os seus pais - menos o seu namorado, que participou na tramóia.

video

Uma brincadeira com muita graça ou a rapariga simplesmente não tinha mais nada que fazer? O que eu posso dizer é que a holandesa é uma brasa e viva o Photoshop!

Porto Rico quer ser parte de Espanha

 
De acordo com o Alerta Digital, há na ilha de Porto Rico um novo movimento de reunificação com a Espanha (MRE). "Somos espanhóis e queremos voltar para casa", afirmou José Nieves, um descendente de canários e catalães que é o impulsionador desta iniciativa. Porto Rico é ainda hoje um protectorado norte-americano, estatuto que a maioria dos portoriquenhos (54%) recusa. Província espanhola desde 1897, a primeira província ultramarina dos espanhóis, a ilha passou a estar associada aos Estados Unidos no ano seguinte depois duma guerra. Segundo Nieves, 61% dos portoriquenhos pretendiam a adesão plena aos Estados Unidos, tornando-se em mais um Estado norte-americano, mas o governo norte-americano não quer isso. Como Porto Rico não quer continuar a ser uma "colónia" (ainda há disto nos dias de hoje? Pensei que Portugal tivesse sido o ultimo país colonizador...), agora pretende voltar a ser uma província ultramarina espanhola (Salazar também dizia que as nossas colónias eram "províncias ultramarinas" e mesmo assim não nos deixaram continuar com elas, ao contrário dos ingleses e dos franceses... Deve ser uma questão de tamanho!). "Porto Rico seria uma porta de entrada da Espanha e da Europa nas Américas. Isso beneficiaria ambos os lados. (...) O nosso interesse principal é ter igualdade política e deixar de ser uma colónia", concluiu.

EI decapita refém britânico


O Estado Islâmico (EI) prometeu e cumpriu: o britânico David Haines, um trabalhador humanitário de 44 anos sequestrado na Síria no ano passado, foi decapitado como represália à entrada do Reino Unido na coligação internacional com os Estados Unidos da América contra a expansão do califado. Na sequência do sucedido, o primeiro-ministro britânico David Comeron reuniu-se com o comité de emergência interministerial Cobra, prometendo levar os responsáveis do "acto de pura maldade" à justiça. "Isto é um assassínio desprezível e chocante, de um trabalhador humanitário inocente. É um acto de pura maldade", afirmou Cameron.
É pura maldade, pois. Os cavaleiros Cruzados de antigamente que o digam. Os métodos de matança dos muçulmanos sempre foram os mesmos e a violência está-lhes nos genes. Ainda vamos continuar a ouvir os imbecis dizerem que o islão é a "religião da paz" e que nem todos os muçulmanos concordam com essas barbaridades até quando?

sábado, 13 de Setembro de 2014

Dalai Lama diz que deverá ser o último Dalai Lama

 
O Dalai Lama, o 14.º da série Dalai Lama, afirmou ao jornal alemão Welt am Sonntag que deverá ser o último Dalai Lama, ou seja, o derradeiro líder espiritual da seita budista mahāyāna (महायान). Se isto acontecer será o fim duma tradição de vários séculos. "Tivemos um Dalai Lama durante quase cinco séculos. Actualmente o 14.º Dalai Lama é muito popular. Vamos terminar com um Dalai Lama popular", disse o cidadão tibetano Tenzin Gyatso (བསྟན་འཛིན་རྒྱ་མཚོ་), o nome secular do Prémio Nobel da Paz de 79 anos. Na entrevista Dalai Lama classificou também Vladimir Putin de "egocêntrico" e acusou-o de querer "reconstruir o muro de Berlim" com o actual conflito da Ucrânia. "O isolamento é um suicídio para a Rússia" e assegurou que a Rússia e a China traduzem situações diferentes, pois a China "quer fazer parte do sistema político mundial e está pronta para aceitar as regras internacionais a longo prazo" enquanto que para Putin "isso não conta nesse momento".
China e Rússia, muito possivelmente dois futuros grandes blocos protagonistas do futuro. E que dizer do fim do Dalai Lama? Será que o princípio cósmico que é o Buda na visão budista mahāyāna já chegou mesmo ao fim? Já terá acabado o ciclo da reencarnação? Ou será que chegou finalmente o fim da liberação universal do sofrimento?

A vítima canina do Jacky Lo

Em Hong Kong, o jovem Jacky Lo colocou no Facebook como se lava de forma super-rápida um cachorro. O seu cachorro foi colocado numa máquina de lavar e nas imagens divulgadas pode-se ver o canídeo em desespero a tentar sair da máquina em funcionamento antes de se afogar. Uma internauta de nome Agnes perguntou ao Jacky se o cachorro tinha morrido, ao que este respondeu com uma pergunta: "Sim, quer ver?"
 

A polícia de Hong Kong abriu uma investigação por crueldade contra animais depois de milhares de pessoas terem assinado uma petição online a exigir que as autoridades punam o Jacky. Ao abrigo da legislação vigente no território vizinho de Macau, os maus-tratos a animais podem ser punidos com penas de até três anos de prisão e multa de 26 mil dólares. "Eu não me importo com o que vocês vão fazer. Eu pareço estar com medo de vocês?", escreveu Jacky na rede social. Uma fonte diz que Jacky é filho de imigrantes ricos da China, tendo chegado a colocar fotos no Facebook em que aparece ao lado de carros desportivos de luxo e garrafas de champanhe caras.

 
A conta do Facebook do Jacky foi entretanto apagada e, segundo alguns dos seus seguidores, o cabrão já terá zarpado de Hong Kong.

A estupidez anti-benfiquista não tem limites

Um tal energúmeno de nome Fernando Vieira - cujo clube não sabemos se é o Sporting, o FC Porto ou outro que não o Benfica - escreveu o que podemos ler em baixo depois do desaparecimento da Nonô (Leonor Coutinho), de 5 anos, a 3 do corrente vítima de cancro no rim direito. A tia da Nonô, Lara Afonso, foi apresentadora da Benfica TV antes de ir para a CMTV (Correio da Manhã TV).

É triste. Muito triste.
Requiescat in pace, Nonô.

O anti-benfiquismo do JN

Segundo o jornal portuense Jornal de Notícias, o equipamento alternativo do Benfica para esta época seria o que podemos ver em baixo à direita na imagem que se segue. Reparai bem nos calções do suposto equipamento alternativo e dizei lá se não se trata duma valente filhodaputice.

Jonas no Benfica


O avançado brasileiro Jonas Gonçalves, de 30 anos, chegou ao Benfica a custo zero depois de se ter desvinculado dos espanhóis do Valência, tendo assinado um contrato válido por duas temporadas. O brasileiro chega à Luz com o rótulo de craque. "Vem preencher a saída do Rodrigo. Desde a primeira hora que queríamos um jogador com as características do Rodrigo. O Jonas vai trabalhar como todos os outros. Foi contratado para fazer parte do plantel. Depois, o treinador escolhe os melhores", disse Jorge Jesus, que lembrou ainda que há muito campeonato pela frente (e mais três competições) e que, por isso, muita rotação tem que ser feita no plantel. "Uma equipa é feita por um plantel e depois tomamos as nossas opções em função de cada jogo. Existem jogadores que jogam mais do que outros, é óbvio, mas uma equipa como o Benfica, em função do calendário, tem que rodar jogadores", acrescentou.

«Hat-trick» de Talisca na goleada no Bonfim


Fomos a Setúbal derrotar o Vitória local por expressivos 5-0, num jogo em que o brasileiro Anderson Talisca, contratado ao Bahia, brilhou ao marcar um hat-trick. O jogo tornou-se mais fácil logo aos 10' quando o argentino Salvio abriu o activo com um golaço de pé esquerdo. O holandês Ola John apontou o nosso último golo numa noite em que se estreou o grego Samaris e também o jovem italino Cristante. "Tenho de agradecer ao Jorge Jesus, que cada vez me ensina mais", disse Talisca na flash-interview. "Daqui a uns aninhos vai dar mais uns milhões", disse por sua vez Jorge Jesus em relação a Talisca e sublinhou que a vitória no Bonfim foi "brilhante e convincente", garantindo que os jogadores vão estar "muito moralizados" para a estreia na Liga dos Campeões na próxima terça-feira frente ao Zenit. Já o treinador dos sadinos, Domingos Paciência (olha quem é ele...), afirmou que o resultado foi "exagerado em virtude dos nossos erros".

video

Carrega, Benfica!!

sexta-feira, 12 de Setembro de 2014

Ricardinho desafia Cristiano Ronaldo

O futsalista Ricardinho, que representa os espanhóis do Inter Movistar, foi o convidado especial do programa "Partido a Partido" do canal televisivo espanhol Cuatro, tendo desafiado Cristiano Ronaldo a marcar um golo de cabrito.
 
video

Paulo Bento já não é seleccionador nacional

 
Paulo Bento já não é mais o treinador da selecção portuguesa. Foi o próprio que pediu para sair por não ter mais condições para continuar e chegou a acordo com a Federação Portuguesa de Futebol. Segundo o pasquim A Bola, o treinador renunciou a boa parte da indemnização. Fernando Santos e Vítor Pereira surgem agora como possíveis nomes para substituir Paulo Bento no comando da selecção nacional. Um estrangeiro também não está fora de hipótese desde que seja conhecedor da realidade portuguesa, acrescenta o pasquim desportivo.

'Striptease' nos jardins da Associação Académica de Coimbra


 
Um grupo de jovens de Erasmus protagonizou um "show erótico" de striptease durante a madrugada de terça-feira nos jardins da Associação Académica de Coimbra. A cena foi vista por dezenas de pessoas, filmada e divulgada nas redes sociais.
Agora percebo porque é que o Ministério de Educação quer estrangeirada de Erasmus nas nossas universidades. E que terão a dizer os pais destas gajas?

Traficante morre após indisposição

 
Um traficante de droga moçambicano de 39 anos morreu na quarta-feira depois de ter dado entrada num hospital de Lisboa com droga dentro do corpo. O homem, que voltava de São Paulo, estava em trânsito no aeroporto de Lisboa para Maputo e sentiu-se mal antes de morrer.
Lá se foi mais uma fonte para os carochos. Não foi o primeiro nem há-de ser o último correio de droga a morrer assim.

Problemas terceiro-mundistas num metro de Helsínquia

Um gangue de terceiro-mundistas entrou em confrontos com os revisores de um metro de Helsínquia no passado dia 7. Os alógenos provavelmente viajavam sem bilhete.
 
video
 
Os lapões vão aos poucos vendo como o multiculturalismo é mesmo muito bom, dá saúde e faz crescer. Parabéns, Finlândia!

O Estado Islâmico celebrou o aniversário do 11/9


"A América mereceu" o ataque terrorista do 11 de Setembro de 2001, disse o "clérigo" islâmico Abu Abdullah, residente no Reino Unido.
 
Muçulmanas da brigada al-Khanssaa, de Raqqa, estão a tomar conta de bordéis onde as mulheres raptadas e mantidas como cativas, entre elas cristãs e yazidis, são usadas para satisfazer os desejos sexuais dos militantes do Estado Islâmico (EI). "Elas usam a fé islâmica para justificar as suas acções. Elas acreditam que os militantes podem usar essas mulheres como eles quiserem porque não são muçulmanas. O povo yazidi está a ser etnicamente limpo e as suas mulheres estão a ser sujeitas aos mais brutais tratamentos".

Dez países muçulmanos, incluindo a Arábia Saudita, decidiram ir contra aquilo que prega o islão e assumir o compromisso de integrar a luta internacional contra o EI. Resta saber se estão ou não a fazer uso da taqiyya (تقية) - dissimulação islâmica - para enganar os "infiéis".

"Se os muçulmanos não conseguirem derrotar os kuffar ("infiéis") duma maneira diferente, é possível usar armas de destruição maciça, mesmo que se mate todos eles e erradique os seus descendentes da face da Terra", disse o "clérigo" islâmico saudita Nasir al-Fahd.

Um computador de um tunisino de 24 anos, Muhammed S., contém instruções para os muçulmanos usarem armas de destruição em massa para atingirem os seus objectivos. O PC foi apelidado de "laptop do Inferno".

quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

13 anos do 11/9

3000 bandeiras americanas em Malibu, na Califórnia, em homenagem às cerca de
3000 vítimas do ataque terrorista islâmico ao Worl Trade Center de Nova Iorque
Nunca esquecer.

Escândalo pedófilo de Rotherham resultou em mais de 100 crianças

 
O caso de pedofilia em massa de Rotherham resultou em mais de 100 bebés, informa o jornal britânico Mirror. Alguns dos bebés nascidos dos estupros ficaram com as mães, como o caso da Jane (na foto de cima), ou foram dadas para a adopção. Muitos outros foram abortados tanto porque as raparigas, algumas de 13 anos, foram obrigadas ou porque sofreram aborto involuntário durante o período em que estiveram cativas. Jane contou que engravidou duas vezes. Da primeira vez foi obrigada a abortar porque o violador sabia que ia para a cadeia por causa dos testes de ADN. "Ele disse que os amigos deles encontrar-me-iam para me matarem", disse. Aos 15 anos engravidou pela segunda vez e o violador permitiu que Jane tivesse o filho na condição de se converter ao islão, o que foi aceite. "Tinha de comer o que ela comia, sem bacon, e ele falava-me da sua religião durante horas". O caso, na altura, foi comunicado à polícia, mas esta nada fez. Como deveis estar lembrados, ninguém queria ser acusado de racismo e islamofobia, isto num país em que 95% dos condenados por pedofilia é muçulmana...

Itália quer pelo menos 4 jogadores nacionais nas equipas mas a EU não deixa


Segundo o blogue Visão de Mercado, a Itália quer que haja pelo menos quatro jogadores nacionais em cada equipa, mas a União Europeia não deixa. Segundo Carlo Tavecchio, o presidente da Federação Italiana de Futebol, "O requisito de ter pelo menos quatro jogadores italianos dentro de campo é difícil de implementar. Os 28 países da União Europeia aplicam a livre circulação de trabalhadores, mas poderemos obrigar os clubes a utilizar jogadores vindos das camadas jovens, de forma a encorajar a utilização de italianos. Quanto a jogadores vindos de fora da Europa, iremos analisar a questão dos vistos, tal como se faz em Inglaterra. Iremos pedir a intervenção do Governo e pedir um instrumento legal para assegurar que eles tenham de cumprir um certo critério para poderem jogar em Itália". Na origem da questão, que já proporcionou muitos debates, está o fracasso de algumas selecções no Mundial de 2014. As Federações estão a começar a perceber que só obrigando os clubes a utilizar jogadores nacionais podem continuar a ter selecções fortes e competitivas. A Rússia já deu o pontapé de saída ao condicionar de maneira radical as pretensões dos seus clubes, impondo uma regra que só autoriza a inscrição de seis estrangeiros.
Quem é que ainda se lembra do Jean-Marc Bosman?

Jara sofreu aparatoso acidente de carro

 
O avançado argentino do Benfica Franco Jara despistou-se na zona de Aroeira, na Charneca de Caparica, depois de um treino da equipa. O seu Mustang embateu numa árvore e ele terá ficado encarcerado na viatura, sendo necessário o auxílio dos Bombeiros Voluntários do Seixal. Felizmente Jara não se magoou. Quanto ao bólide, não faz mal, compra-se outro e já está.

Cavalo abandonado na EN125

 
Alguém levou um cavalo até à exaustão e abandonou-o. Isto aconteceu em Portugal, mais precisamente na EN 125, na variante de Almancil.
As bestas de duas patas são na maior parte da vezes os verdadeiros animais irracionais.

quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

A identidade de Jack, o Estripador

 
O empresário britânico Russel Edwards escreveu um livro intitulado Naming Jack The Ripper e que garante que sabe a verdadeira identidade do mais famoso assassino em série da História: Jack, o Estripador. Segundo Edwards, que analisou vestígios de ADN encontrados no xaile de uma das vítimas, Jack seria um barbeiro judeu polaco chamado Aaron Kosminski. O xaile, que pertencia a Catherine Eddowes, morta a 30 de Setembro de 1888, manteve-se intacto dentro duma caixa guardada no Museu da Scotland Yard e foi comprado por Edwards num leilão em 2007.

Neil Patrick Harris 'casou-se'

 
O actor americano Neil Patrick Harris (à direita na foto) deu o nó com o seu namorado David Butka (à esquerda), com quem já mantinha uma relação paneleira há mais de 10 anos, no passado sábado. "Adivinhem! O David e eu casámos este fim-de-semana em Itália", escreveu no Twitter para os seus mais de nove milhões de seguidores. Segundo o Today Entertainment, um dos convidados do "casamento" foi o também panilas Elton John, que cantou para os "noivos" e convidados. No próximo mês o "casal" tem mais um motivo para festejar: o quarto aniversário do casal de gémeos Gideon Scott e Harper Grace, nascidos em 2010 através de inseminação artificial numa barriga de aluguer.

Prostituta agredida por exigir preservativo

 
Em Lisboa, uma prostituta de 24 anos foi espancada e sufocada quase até perder a consciência depois de ter exigido que o seu cliente, de 44 anos, usasse o preservativo por causa das doenças sexualmente transmissíveis". De acordo com a PSP, o crime ocorreu numa pensão na Rua do Benformoso para onde foram os dois para terem relações sexuais. Depois de ter negado fazer sexo sem protecção, a prostituta levou vários socos na cara e foi ainda sufocada quase até perder os sentidos, tendo-lhe valido a intervenção de uma funcionária da pensão, que chamou a PSP e entrou no quarto. O Correio da Manhã decidiu primar pelo bom senso e informar que o criminoso é um empregado de hotelaria que é português de ascendência africana e que nunca foi condenado apesar de já ter várias queixas por agressões no currículo. Graças à justiça abrilesca que reina em Portugal, ele foi presente a tribunal e posteriormente libertado com a obrigação de se apresentar mensalmente à polícia.

'Crowdfunding' para o aborto

 
Uma jovem desempregada americana grávida de 20 semanas, Bailey, lançou uma campanha de 'crowdfunding' para poder fazer um aborto. A rapariga de 23 anos engravidou-se de um homem cuja identidade não quer revelar e quer agora livrar-se do bebé que carrega no ventre, pois ele não foi planeado, tal como não deve ter sido nada planeado a queca que resultou no bebé, e como está, informa o Público, "desempregada, completamente falida, endividada, e não tem condição de manter um emprego devido a graves sintomas de uma gravidez difícil", nada como pedir ajuda para abortar. O seu namorado, que usa o nick Lücifer Ryzing ("ascensão de Lúcifer"???), criou uma página na net com a campanha maléfica que visa arrecadar 2000 euros para pôr fim à gravidez, página essa que já foi removida depois de ter provocado uma onda de revolta e protestos. "Eu estava preparada, até certo ponto, para receber manifestações de ódio, veneno e mesmo ameaças, mas eu fiquei surpreendida com o que aconteceu. Houve momentos em que quase tive um ataque de pânico e fiquei chocada com o tipo de reacções", disse Bailey numa entrevista concedida à Vice, onde revela ter recebido "200 a 400 comentários com ofensas e ameaças". "Algumas pessoas ameaçam divulgar todas as minhas informações, ingressando no meu endereço de IP, e descobrindo onde eu moro (para que eles possam) me magoar de alguma forma, ou vir machucar Luci (Lücifer Ryzing)". Bailey, do Arizona, diz que ela e o namorado são como duas "crianças de rastos que realmente precisam de fazer esse aborto" e não compreende a polémica à volta do assunto. "Vemos campanhas com o apelo 'Ajuda-me a quebrar este recorde' ou 'Ajuda-me a pagar a renda'. Vimos o 'Kickstarter' a fazer um monte de dinheiro para a história da salada de batata. Se as pessoas querem doar e podem fazê-lo, é muito mais fácil do que perguntar directamente. Eu espero que as pessoas façam doações, mas se não fizerem tudo bem".
Ela não devia pedir para fazer o aborto; devia era ter sido abortada pela sua mãe. E pelo que podemos ver na foto, se calhar ela não faria grande falta neste mundo. Ela e o seu querido Lücifer.

Querem mais escolas clássicas católicas


Segundo o portal do The Cardinal Newman Society, aumentam os pedidos para mais escolas clássicas católicas nos Estados Unidos da América. Os esforços feitos no sentido de revitalizar a educação clássica católica recolhe o apoio dos pais, professores e muitas pessoas porque sabem que uma educação clássica católica forma e desenvolve as capacidades de compreensão e de acção em termos de moral, intelecto e virtudes teologais. A educação clássica católica enfatiza também a procura do bem, da verdade, do belo, e coloca Jesus Cristo e a Encarnação no centro. "Nós não queremos que as nossas crianças almejem a faculdade e a carreira. Nós queremos que eles almejem a vida boa", disse Michale Van Hecke, da Academia de Santo Agostinho em Ventura, na Califórnia. O objectivo das escolas clássicas católicas é a compreensão baseada em Cristo nas capacidades humanas, o que faz com que as pessoas afirmem e defendam publicamente a fé com confiança e com uma certa habilidade artística de argumentação. "Queremos que eles tenham vidas felizes, mas também queremos que eles sejam guerreiros (católicos), defendendo a fé católica", acrescentou Van Hecke.

terça-feira, 9 de Setembro de 2014

Feriado do dia seguinte do Festival da Lua 2014

 
Hoje é feriado público aqui em Macau porque ontem foi o Festival da Lua, ou Festival do Meio-Outono (中秋節; Chong Chao Jit). Nesta altura do ano contempla-se o céu e consome-se o característico bolo lunar (月餅; Yut Péng), uma iguaria tradicional que a população não dispensa apesar das quebras nas compras muito possivelmente devido à inflação e também aos novos sabores dos bolos mais modernos. O senhor da foto, Wong Kei Song, começou a confeccionar o bolo lunar há 43 anos na sua loja, Long Fong, junto à Rua da Felicidade, e queixa-se hoje da produção estar agora reduzida para metade. "Ainda se vendem milhares de bolos. Todos os anos temos uma média de 5000 neste período. Mas há 20 anos conseguíamos produzir mais de 10 mil bolos lunares. O negócio era melhor", recordou ao Jornal Tribuna de Macau. "Actualmente, as pessoas compram menos, a venda diminuiu porque a nova geração prefere bolos mais modernos, com sabor a chá verde ou gelado, mas nós mantemos o mais tradicional e só as pessoas mais velhas é que compram para levar para casa ou oferecer".
No Albergue da Santa Casa da Misericórdia decorreu desde o dia 6 até ao dia de ontem o Festival de Meio-Outono com momentos de animação, música e as famosas lanternas temáticas, com comida de borla para os que foram.
 
 
As festividades do Bolo Lunar, ligadas aos rituais de passagem do Verão para o Outono com origem nas festas das colheitas do mundo rural, são comemoradas em Macau e também na China em família numa noite passada ao ar livre. Devido muito possivelmente à natural e ao gradual afastamento da população em relação à mitologia e ao misticismo, muitos jovens do território resumem a ocasião a apenas mais um feriado para estar com a família ou com os amigos.

Cônsul de Angola em Macau acusado de assédio sexual

 
O cônsul de Angola em Macau, Pedro da Silva Feijó Sobrinho, terá sido chamado pelo governo angolano depois de ter sido alegadamente conotado com um caso de assédio sexual a uma ex-funcionária do consulado e poderá não regressar mais ao território. A alegada situação de assédio sexual terá acontecido durante uma viagem de trabalho a Xangai e uma queixa foi apresentada no Gabinete de ligação e mais tarde junto da Polícia Judiciária. Segundo o portal informativo angolano Club-k.net, Pedro Sobrinho, que foi colocado em Macau no ano 2001, é mestre em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília-UnB.

Obama foi jogar golfe depois da morte de Foley

 
Depois da conferência de imprensa do dia 20 de Agosto em que denunciou a morte do jornalista James Foley, o presidente americano mulato Barack Obama foi jogar golfe. Numa entrevista à NBC, Obama reconheceu não ter tido o comportamento mais adequado: "É claro que, após ter falado com a família - numa conversa em que tive dificuldade em reter as lágrimas ao ouvir a sua dor - e depois daquilo que eu disse, deveria ter antecipado o efeito que teria" participar numa partida de golfe. O facto de ter ido jogar golfe não autoriza ninguém, afirmou Obama, a duvidar da sinceridade das suas declarações após a morte de Foley e do modo como esta o afectou "profundamente".
Mas então o Prémio Nobel da Paz não tem direito ao lazer?

FEMEN ataca no Ministério do Interior espanhol

 
Quatro activistas da secção espanhola das feministas da FEMEN mostraram no passado dia 4 as suas mamas no Ministério do Interior, em Madrid, para exigir "medidas drásticas" de sanção aos violadores e agressores sexuais, como por exemplo a castração química, ao mesmo tempo que defenderam que o "aborto é sagrado". Em causa estava a violação de uma rapariga em Málaga que ficou arquivada por falta de provas. "A violação não é tradição", gritaram antes de serem detidas. Lara Alcázar, a líder da FEMEN espanhola, disse que as mulheres estão a ser ameaçadas pelos violadores e que não vão estar quietas, acrescentando que o governo espanhol não está a proteger sequer metade da população.
O aborto é sagrado? Só se a violação também for sagrada...

Opiniões DN

O poder, para ser poderoso, tem de ser claro, patente, eminente. Isso é tão óbvio como sempre foi; apesar de o queremos esconder. Quem manda na sociedade tem de ser, portanto, o maior grupo comunitário, a classe média. Somos uma democracia da era da comunicação, onde a opinião pública tudo controla. O poder oficial está no voto e o oficioso nos media e nos mercados. Tudo é definido por eleições, comércio, sondagens. O soberano que todos seduzem e aliciam é o eleitor, cliente e cidadão. Os chamados poderosos - políticos, partidos e governantes, companhias, empresários e banqueiros, juízes, jornais e outras forças sociais - procuram continuamente atrair, capturar e cativar a realmente omnipotente classe média. É nela que reside o poder soberano (João César das Neves).
 
Ora, a Rússia de hoje não é a União Soviética, apesar do arsenal nuclear. E Putin, o ex-agente do KGB que até recuperou a melodia do hino comunista, tem de o saber melhor que ninguém. Ao contrário dos Estados Unidos, que continuam a ter um modelo para exportar, e que o fazem tanto pela política como através da Apple e de Hollywood, a Rússia procura só, como nação, reerguer-se da derrota que lhe tirou território, minguou a população e pôs a economia de rastos (Leonídio Paulo Ferreira).
 
A pergunta, como em todos os referendos bem feitos, vai ao osso: "Deve a Escócia ser um país independente?" Nenhum chantilly para encher o olho, nenhuma palavra supérflua. Nem mas nem meio mas: sim ou não? Milhares de anos de misturas de povos como inevitavelmente aconteceu, porque se passou numa ilha, e pequena ilha, e três séculos de pátria comum, o Reino Unido da Grã-Bretanha, desde 1707... E agora (dia 18 de Setembro), separa-se, como o trigo do joio: sim ou não? Muito antigas derrotas comuns (por exemplo, na Independência americana) e vitórias comuns (I e II Guerras Mundiais), um destino imperial feito junto, descobertas de máquinas e de ideias, literatura, desastres, sonhos e líderes partilhados (Ferreira Fernandes).

Os exegetas mais conceituados reconhecem que, também no que se refere às mulheres, Jesus operou uma revolução. Por princípio, as mulheres não deviam falar com um homem em público, o seu testemunho não tinha força, eram definidas como uma "lua", recebendo o seu brilho do "sol", que era o homem, eram impuras por causa da menstruação. Jesus não atendeu à impureza ritual, falou com a samaritana, uma mulher que tinha tudo contra ela - herética, estrangeira, com vários homens na sua vida -, teve discípulos e discípulas, fazendo-se acompanhar por eles e por elas nas suas tarefas apostólicas. Como escreve o teólogo X. Pikaza, "Jesus rompeu com todas as tradições culturais do seu tempo e trata a mulher como igual"; "homens e mulheres aparecem no seu projecto como iguais, sem prioridade de um sexo sobre o outro"; "não quis sacralizar a sociedade patriarcal da sua época" e "fundou um movimento de homens e mulheres, contra os rabinos da sua época, que não admitiam as mulheres nas suas escolas" (Anselmo Borges).

segunda-feira, 8 de Setembro de 2014

Lenços brancos para Paulo Bento


A selecção das quinas perdeu frente à poderosíssima Albânia (70.ª classificada da FIFA) em Aveiro por 0-1 em jogo a contar para a qualificação para o Euro 2016. Sem Cristiano Ronaldo, Portugal apresentou um futebol medíocre e tornou-se na terceira selecção a perder em casa frente à Albânia, que em 51 anos de história apenas tinha chegado a vencer no Luxemburgo e na Moldávia num jogo de qualificação. Mesmo apesar de ter feito mais remates que os albaneses (44 contra 19), um excelente pontapé à meia volta de Balaj, solto de marcação na grande área aos 52', ditou o resultado e deixou Portugal no último lugar do grupo I. O jornal A Bola classificou a derrota de ontem como "a maior vergonha de sempre da selecção nacional" e Paulo Bento viu lenços brancos no final do jogo. "São situações naturais no futebol quando os resultados não acontecem. Temos de respeitar e continuar o nosso caminho, sabendo que esta primeira jornada não nos correu de feição. Se no final da primeira jornada colocamos já tudo em causa não me parece que seja o melhor caminho", disse o seleccionador na flash interview. "Foi seguramente uma vitória histórica, um triunfo muito bonito que alcançámos numa partida que foi muito difícil", disse por sua vez o técnico da Albânia, Giovanni de Biasi. Recordemos que os dois primeiros classificados do grupo são apurados e o terceiro melhor posicionado dos nove grupos também.

Benfica conquista Supertaça de Futsal Feminino


O Benfica conquistou a primeira edição da Supertaça de Futsal Feminino depois de bater o Golpilheira por 6-2 no Entroncamento. As comandadas de Pedro Nobre controlaram sempre o jogo, pelo que a vitória não se põe em causa. A capitã Rita Martins inaugurou o marcador, Micaela Semedo e Inês Fernandes marcaram cada qual um golo e Sara Ferreira foi autora dum hat-trick. A equipa feminina de futsal do Benfica é, para não variar, a equipa com mais títulos na modalidade em Portugal: sete.
Os parabéns às nossas gloriosas meninas!

Nzingalis


No Facebook tomei conhecimento duma notícia que já é de 2001 mas que não deixou de merecer a minha atenção: um projecto liderado por um grupo de africanos e descendentes de africanos residentes na área metropolitana de Lisboa e denominados Nzingalis que tem em vista a criação de um Estado independente em Portugal. Creio que na altura a notícia não chegou sequer a ser veiculada nos principais mé®dia nem tão pouco gerou repercussões que possível e certamente geraria se estivessemos a falar dum grupo de brancos a reivindicar o mesmo em território onde eles não são a maioria. O Estado que os Nzingalis querem, ou pelo menos queriam, criar chamar-se-ia Nzingalis, em honra da rainha angolana Nzinga e em homenagem a Lisboa, e inclusive houve um site na Internet - www.blackmind.com/hosting/nzingalis - que servia como "porta de entrada para as aspirações destes jovens". Segundo eles, a criação de um Estado africano na zona de Lisboa é, ou era, uma inevitabilidade e esse Estado teria as suas fronteiras em Sesimbra/Setúbal, a Este, a Benavente e Cartaxo e, a Norte, às Caldas da Rainha e Rio Maior, o que quer dizer que incluiriam localidades como Lisboa, Cascais, Sintra, Setúbal, Almada e Torres Vedras. A inevitabilidade prende-se com o facto de, segundo as suas contas, daqui a 50 anos a região de Lisboa e Vale do Tejo ser "uma região de maioria negra". Acrescentam, ou acrescentavam, que Portugal nada poderá fazer para limitar esse crescimento, até porque também "já demonstrou que não consegue controlar a entrada de um número crescente de imigrantes africanos". O mais engraçado é como esse grupo tinha adoptado valores arianos de apuramento racial em relação aos mestiços: "nós acreditamos que a variabilidade humana é uma componente importante da biodiversidade global (...) A mestiçagem é um empobrecimento dessa biodiversidade. Não criaremos nenhuma lei para dificultar a formação de casais multirraciais, mas implementaremos nos programas escolares aplicáveis às crianças a partir dos 13 anos aulas próprias em que lhes serão explicadas as consequências dessa descaracterização racial".
Apesar de agora não se falar disso, não consigo deixar de lhes dar alguma razão, pois daqui a 50 anos, ou melhor, 40 anos agora, a situação da área metropolitana de Lisboa poderá ficar mesmo negra literalmente. Só não entendo muito bem o arianismo deles, já que o que não falta, e parece até haver cada vez mais, é negros que se interessam e que só querem é mulheres brancas. De resto, já todos sabemos muito bem como é que muitos desses imigrantes ou descendentes de imigrantes se comportam em terras do Ocidente. Para eles, não são eles que têm que se adaptar às regras de jogo dos países ocidentais onde estão mas sim o contrário: os ocidentais é que têm que se adaptar aos seus cotumes, à sua cultura ou à sua falta de disponibilidade para um convívio são e civilizado em sociedade. Dominariam os ocidentais e deixar-nos-iam existir se e na medida que se lhes achasse mais favorável; e quando assim não é jogam a cartada do racismo, quando na verdade o racialismo é a sua agenda.
O que é que é feito dos Nzingalis?

A polícia da «sharia» já chegou à Alemanha


A polícia da sharia já chegou à Alemanha, mais precisamente à cidade de Wuppertal. Um grupo de jovens muçulmanos radicais e apoiantes do Estado Islâmico está agora a patrulhar as ruas da citada cidade e já foi visto a impedir que muçulmanos bebam bebidas alcoólicas, fumem, apostem dinheiro, vão às protitutas ou vejam pornografia, bem como ameaçar homossexuais e intimidar mulheres que vistam pouca roupa ou que andem em público com alguém do sexo masculino. De acordo com o DW, a polícia local está à procura duma maneira de travar o grupo que pelos vistos prefere fazer estas tristes figuras na Alemanha no lugar de ir viver para países regidos pela sharia.

video

Repitam os negacionistas as vezes que forem suficientes até acreditarem mesmo que não existe islamização nenhuma no Ocidente.

É preciso proteger o verdadeiro matrimónio

 
De acordo com o Forum Libertas, uma mulher canadiana que foi criada por homossexuais dedica-se agora a ajudar pessoas que atravessam a mesma situação e a pedir que os governos do mundo protejam o matrimónio verdadeiro, isto é, o casamento entre homem e mulher. Dawn Stefanowicz vive em Ontário com o seu marido e os seus dois filhos e está a preparar a sua autobiografia em que fala de como a sua infância esteve exposta a intercâmbios de parelhas gays, jogos nudistas e falta de afirmação na sua femininalidade, e como tudo isso lhe feriu o estilo de vida em que cresceu. Como tal, não deseja a ninguém a experiência que teve e crê que não deveria haver leis que apoiem os emparelhamentos homossexuais, muito menos as adopções por parte dos gays. Segundo Stefanowicz, as "experiências pessoais, profissionais e sociais com meu pai (biológico, que era gay) não me ensinaram o respeito pela moralidade, pela autoridade, pelo matrimónio e pelo amor paterno. Sentia-me temerosamente silenciada porque o meu pai não me permitia falar dele, dos seus companheiros de casa, do seu estilo de vida e dos seus encontros nessa subcultura. Enquanto vivi em casa, tive que viver segundo as suas regras. Sim, eu amava o meu pai. Mas sentia-me abandonada e desprezada porque o meu pai deixava-me sozinha para ficar vários dias com os seus parceiros. As suas parelhas realmente não se interessavam por mim. Fui vítima de maltratos domésticos homossexuais, das tentativas sexuais com menores e da perda de parelhas sexuais como se as pessoas fossem só coisas para se usar. Busquei consolo, busquei o amor do meu pai em diversos namorados a partir dos 12 anos". E acrescentou: "desde cedo, (ele) me expôs a conversas sexualmente explícitas, estilos de vida hedonistas, subculturas LGBT e lugares de férias gay. O sexo parecia-me gratuito quando era criança. Expus-me a manifestações de sexualidade de todo o tipo inclusive sexo em casas de banho, travestismo, sodomia, pornografia, nudismo gay, lesbianismo, bissexualidade, voyeurismo e exibicionismo. (...) Eu não via o valor das diferenças biologicamente complementárias entre homem e mulher. Nem pensava acerca do matrimónio. Fiz votos de não ter nunca filhos, porque não cresci num ambiente seguro, sacrificial, centrado nas crianças. (...) Mais de duas décadas de exposição directa a estas experiências stressantes causaram-me insegurança, depressão, pensamentos suicidas, medo, ansiedade, baixa auto-estima, insónias e confusão sexual. A minha consciência e a minha inocência foram seriamente danificadas. Fui testemunha de que todos os outros membros da família também sofriam". E concluiu: "A minha cura implicou olhar de frente a realidade, aceitar as consequências a longo prazo e oferecer perdão. Podem imaginar ser forçados a aceitar relações instáveis e práticas sexuais diversas desde muito pequena e como afectou o meu desenvolvimento? Infelizmente, até o meu pai, as suas parelhas sexuais e a minha mãe morrerem, não pude falar publicamente de minhas experiências. Afinal, as crianças são as vítimas reais e os perdedores do matrimónio legal do mesmo sexo. Que esperança posso oferecer a crianças inocentes sem voz? Governos e juizes devem defender o matrimónio entre homem e mulher e excluir todos os outros, pelo bem de nossas crianças".
E quem fala assim não gagueja.