segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

Abate halal em Zhuhai

Ontem à tarde fui à China, mais precisamente a Zhuhai, que faz fronteira com Macau, e assisti à seguinte cena: três muçulmanos uighures mataram de forma halal ("permitida", de acordo com o islão) um bode em público à vista de todos. Um deles apanhou-me a filmar e disse-me logo para parar de o fazer.
 
video
 
Esses muçulmanos vendem uns "petiscos" típicos de Xinjiang numa pequena banca que têm numa conhecida rua movimentada de Zhuhai. Quer-me parecer que apesar das autoridades chinesas não terem problemas nenhuns em lidar como deve ser com os muçulmanos, o grosso da população chinesa permanece ainda ignorante em relação àquilo que é verdadeiramente a seita islâmica. Bom era, no lugar de ficarem a assistir ao abate halal com alto grau de curiosidade (mas os polícias não fizeram nada porquê?), boicotarem os "petiscos" desses muçulmanos ranhosos. Assim, sem negócio, pode ser que eles enveredem pela via do crime demonstrando aquilo que lhes está nos genes e sejam depois eliminados do mapa pela justiça chinesa.

Holanda: muçulmanos atacam rapariga, políticos atacam Geert Wilders

Na fantástica, progressista e multicultural Holanda acontecem de facto coisas muito engraçadas: os muçulmanos podem fazer o que querem como por exemplo atacar uma rapariga nas ruas enquanto que os políticos (e não só) preferem antes atacar o líder do Partido da Liberdade (PVV), Geert Wilders, há dez anos a viver com protecção policial. O primeiro-ministro Mark Rutte criticou Geert Wilders e disse que os muçulmanos merecem respeito por causa da sua contribuição para a sociedade holandesa...
 
video
 
Que o PVV consiga obter ainda melhores resultados da próxima vez.

E a ponte mais bonita da Europa é a...

 
... Ponte 25 de Abril Salazar! Inaugurada em 1966, a Ponte Salazar, nome dado em homenagem ao então presidente do Conselho de Ministros, foi eleita como a ponte europeia mais bela pelo site de viagens European Best Destination, à frente de pontes como a Tower Bridge de Londres e a Vecchio de Florença, em segundo e terceiro lugar respectivamente. Em quarto lugar ficou a Ponte Bastei, de Dresden, e em quinto a Ponte D. Luís, do Porto.

António Costa é candidato a primeiro-ministro

 
António Costa é o grande vencedor das primárias do Partido Socialista (PS). O líder da maior câmara de Portugal afirmou que o partido está unido e tem uma maioria na sua candidatura. O derrotado, José António Seguro, assumiu a derrota e deixou a liderança do PS. "Felicito democraticamente o dr. António Costa e todos os que ganharam estas eleições", disse Seguro no seu discurso. "O PS escolheu o seu candidato a primeiro-ministro, está escolhido, ponto final".
Aqui em Macau a generalidade dos súcias portugueses encabeçados pelo súcia-mor José Rocha Dinis, o director do jornal Tribuna de Macau, também elegeu António Costa como o preferido para liderar o partido e quiçá governar Portugal. O problema é que se o PS ganhar as eleições em 2015, coisa que poderá muito possivelmente acontecer, esses súcias aqui estacionados não quererão de qualquer maneira regressar a Portugal, pois palpita-me que eles se sentem muito melhor aqui a mamar porque podem estar aqui a mamar. A escumalha não faz falta em parte nenhuma e os que estão onde estão, enfim, servem apenas para fazer com que os outros tenham que levar com eles.

Portugal campeão europeu de ténis de mesa

 
Portugal fez história e sagrou-se campeão europeu de ténis de mesa pela primeira vez depois de bater na final a Alemanha por 3-1, na MEO Arena, em Lisboa. "Estávamos no grupo da morte, estivemos praticamente fora da competição. Mas depois foi passo a passo. É uma vitória do tamanho do mundo. Os jogadores foram gigantes e merecem ser os actuais campeões da Europa. Somos uma selecção muito temida em todo o mundo, especialmente na Europa. Como me sinto? Estou muito triste... Estou a brincar. Estou muito feliz. Desportivamente é o dia mais feliz da minha vida", afirmou o técnico Pedro Rufino em declarações à Sport TV. Marco Freitas, o melhor português classificado no ranking mundial (12.º), disse que ser campeão da Europa em casa é um sonho. O presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, que também foi praticante de ténis de mesa, felicitou os tenistas campeões afirmando que se tratou dum "marco que honra o desporto português". Também Cristiano Ronaldo fez questão de dar os parabéns à selecção de ténis de mesa no Facebook.
Parabéns, Portugal!!

Macau decacampeão asiático de hóquei em patins

 
A selecção macaense de hóquei em patins conquistou o seu 10.º título de campeão asiático e o seu sexto campeonato consecutivo em Hainin, na China. A equipa comandada por Alberto Lisboa, provavelmente a única equipa de hóquei em patins da Ásia com caucasianos, tinha como principal concorrente a Índia que não teve hipóteses nenhumas frente a jogadores como Ricardo Atraca, Dionísio da Luz, Alfredo Almeida, Augusto Fernandes, Nuno Antunes ou Leong Chak In. Na final do torneio, Macau derrotou Taiwan por 13-3, culminando uma prestação com goleadas e não deixando uma única dúvida sobre o poderio macaense no hóquei em patins a nível asiático. Que pena o governo de Macau não apostar mais e melhor nesta que é a modalidade indiscutivelmente melhor praticada por Macau, um legado deixado pelos portugueses, pois vê-se sempre como é que Macau se comporta nos Mundiais perante selecções de maior gabarito sempre que consegue lá chegar. Seja como for, muitos parabéns, Macau!

domingo, 28 de Setembro de 2014

Campeão reforça liderança


O campeão nacional aproveitou bem o empate entre os seus concorrentes directos ao título e venceu o Estoril na Tapadinha por 3-2. O jogo começou muitíssimo bem para os campeões, pois ainda antes dos 10' já venciam por 2-0, bis do jovem brasileiro Talisca que já ninguém duvida de que é de facto um excelente reforço. O problema é que depois disso, em vez de se adivinhar um jogo fácil e uma possível goleada, os campeões nacionais parece que decidiram apostar no masoquismo e permitiram que os canarinhos chegassem à igualdade. O guarda-redes brasileiro Artur recuperou a titularidade (Júlio César e Paulo Lopes estão lesionados, Artur não poderá jogar na Champions por castigo - será uma oportunidade para o jovem Bruno Varela na Alemanha?) e o Estoril só a partir da meia hora de jogo é que começou a ameaçar chegar ao golo. Antes disso Jardel poderá ter cometido grande penalidade, que o árbitro não viu, e no lance que originou um dos golos estorilistas há uma mão na bola que o árbitro também não viu e que seria falta a favor dos campeões nacionais. Até o golo salvador de Lima, aos 70' (a entrada de Derley voltou a ser importante), tanto o Benfica como o Estoril podiam ter marcado mais vezes, mas felizmente coube aos encarnados a estrelinha de campeão e alcançar mais uma merecida vitória. 
Neste momento o Vitória de Guimarães, que tem 11 pontos, ainda não jogou no Funchal frente ao Marítimo, pelo que a vantagem pontual do Benfica na liderança é de 4 pontos sobre o segundo classificado, o Futebol Corrupto do Porto. Este continua sem dúvida nenhuma a ser um dos melhores inícios de época do Benfica nos últimos anos.


Messi já marcou mais de 400 golos


Lionel Messi superou a marca dos 400 golos (tem 401 golos marcados) depois de ter bisado na vitória do Barcelona sobre o Granada por 6-0. O craque argentino, que venceu por quatro vezes a Bola de Ouro, está agora apenas a quatro golos de ultrapassar Telmo Zarra, o máximo goleador de sempre do campeonato espanhol. "Nunca imaginei alcançar feitos destes na minha carreira. Agradeço a todos os que me felicitaram pelos 400 golos marcados no Barcelona e na selecção argentina. Vou continuar a trabalhar no duro para conseguir superar mais objectivos. Um abraço a todos", escreveu o argentino no Facebook.


"Messi é, simplesmente, alguém que foi tocado por uma varinha mágica e disfruta do jogo. Passou-me pela cabeça substituí-lo, mas o prazer de o ver jogar é tão grande que o deixei lá os 90 minutos", comentou o treinador do Barça, Luis Enrique. "Se Cristiano é como Michael Jordan, Messi é como Wilt Chamberlain, que marcou 100 pontos num jogo da NBA. Prefiro ficar com Messi", acrescentou o espanhol.

Erasmus proporciona relações internacionais


Segundo o DN, um estudo da Comissão Europeia estima que 27% dos estudantes (cerca de três milhões) que participam no programa Erasmus começaram relações com pessoas doutras nacionalidades. O estudo diz também que já terão nascido cerca de um milhão de "bebés Erasmus" frutos de relacionamentos internacionais desde que o programa foi criado há 27 anos. O jornal deu a conhecer as histórias de quatro portugueses que se relacionaram com polacas e espanholas: Duarte e Hélio conheceram Justyna e Emilia na Polónia (na foto estão Emilia, Hélio e o filho de ambos) enquanto que Duarte e (outro) Hélio estão a viver em Espanha. Das relações dos dois portugueses com as polacas resultaram já três bebés: Alicia, Eva e Jan. Ainda de acordo com o jornal, os portugueses ficaram encantados com os cabelos loiros e os olhos azuis das polacas enquanto que estas repararam logo nos dois morenos que estavam na fila para entrar numa discoteca de Varsóvia, como se não existissem portuguesas loiras de olhos azuis e polacos morenos.
Pelos vistos o programa Erasmus permite atingir o objectivo da Nova Ordem Mundial (ou Europeia, pelo menos) promovido pela maçónica (de essência cabalística pagã e relativista) União Europeia...

Negros violam rapariga e filmam a cena


Na República da Irlanda, dois negros de 19 anos - Harvey Simukonda, natural do Malawi, e Jesse Edokpagyi, de Dublin (na foto, respectivamente) - foram condenados a ano e meio de prisão por terem embriagado e violado uma adolescente de 15 anos num apartamento em Galway quando ambos tinham 17 anos. A 1 Agosto de 2012, a vítima, conhecida de Harvey, foi primeiro embriagada com Vodka e depois foi duas vezes violada por Harvey na casa de banho. Mais tarde, na mesma noite, a rapariga foi violada no quarto por Jesse e a violação foi filmada com um telemóvel. O vídeo foi visto em tribunal e ambos confessaram o crime, pedindo desculpa à vítima e aos seus familiares. O juiz, Barry White, queria aplicar-lhes três anos de prisão (só?), mas depois acabou por suspender os 18 meses finais da sentença (sem comentários).
Aqui está mais um resultado nefasto da imigração africana no Ocidente.

«A Suécia está a cair aos bocados»


O ex-primeiro-ministro sueco Göran Persson falou à Sveriges Television (Televisão da Suécia) sobre a ascensão da extrema-direita no seu país. O partido nacionalista Democratas Suecos (Sverige Demokraterna) ficou em terceiro lugar nas eleições do passado dia 14 conseguindo 12,9% dos votos através do muito apoio que recolheu nos "lugares com má cobertura de telemóvel" e "onde os comboios não funcionam". Persson acredita que o povo sueco está cada vez mais farto de ver o seu dinheiro a ser gasto em zonas de maioria populacional imigrante enquanto que as áreas onde vivem os cidadãos nacionais recebem menos fundos. O resultado do nacionalismo nas eleições constitui uma "bofetada" na cara dos governantes que têm deixado entrar imigrantes em excesso na Suécia. "A Suécia está a cair aos bocados", lamentou. Por sua vez, o pesquisador Henrik Ekengren Oscarsson, da Universidade de Gotemburgo, afirmou que o "elemento chave" do aumento do nacionalismo na Suécia "é o conflito em torno da questão dos refugiados/imigrantes".
Vamos esperar que os suecos consigam ainda ir a tempo de salvar o seu país.

Desobediência civil em Hong Kong


Em Hong Kong, o movimento Occupy Central, um movimento que surgiu no ano passado e que visa paralisar a actividade no distrito financeiro e comercial das cidades, antecipou a sua campanha previamente marcada para o dia 1 de Outubro, o dia da implantação da República Popular da China, o que levou à detenção de mais de 70 pró-democratas, entre eles os deputados Joseph Cheng, da Aliança para a Verdadeira Democracia, e Emily Lau, do Partido Democrata. O académico e co-fundador do Occupy Central de Hong Kong, Benny Tai, antecipou a campanha por uma verdadeira democracia em Hong Kong depois de duas noites de protestos promovidos pelos estudantes locais. Milhares de pessoas concentraram-se em frente da sede do Executivo de Hong Kong, o complexo Tamar na zona de Admiralty, e a polícia viu-se obrigada a fazer uso do gás-pimenta. O líder estudantil Joshua Wong, de apenas 17 anos, também foi detido.


Os democratas exigem o sufrágio universal na antiga colónia britânica e "o mais rápido possível", contrariando a posição de Pequim, que prometeu à população de Hong Kong a realização de eleições do chefe de Executivo em 2017. O problema para os democratas é que os candidatos ao cargo precisarão de mais de 50% de apoio de um comité de nomeração e apenas dois ou três deles serão seleccionados, coisa classificada de "triagem". Segundo a vice-presidente da comissão da redacção da Lei Básica, Elsie Leung, esta "acção extrema" para forçar Pequim a dar concessões sobre a reforma política nessa sua região administrativa especial vai ter um efeito contrário. Não só não vai conseguir fazer a China ceder como apenas vai piorar a situação, afectando a estabilidade social e económica.


Eu é que não tenho pena nem solidariedade nenhuma com essa gente. Tanto os chineses de Hong Kong como os de Macau celebraram a entrega dos dois territórios à China, portanto agora aguentem-se à bomboca. Nós que por aqui vivemos também temos que gramar com a chinesificação, mas pronto, sempre podemos daqui sair se for mesmo necessário...

Bebé-polvo

Em Tafas, Síria, nasceu um bebé com oito membros fruto do maravilhoso incesto islâmico. O título original do vídeo, طفس:: حالة ولادة نادرة طفل بثمانية أطراف سبحان الخالق, diz literalmente: "Tafas: uma rara criança nascida com oito membros, glória ao criador (Alá)!"
Em Tafas, um dos centros sírios do wahabismo, aumentam de forma desenfreada os casos de procriação consaguínea.

Padre excomungado leva lição de Jô Soares

O apresentador cómico brasileiro Jô Soares, que afirmou não ser católico, entrevistou o ex-Pe. Beto, que ficou famoso no Brasil depois de ter sido excomungado em Abril de 2013. O antigo padreco da moda, que já não pode celebrar mais nenhum acto de culto divino nem receber a Eucaristia, ficou encavacado por o Jô Soares defender o tradicionalismo da Igreja em vez de concordar com o modernismo da mesma. O ex-Pe. Beto, ou melhor, o ex-Pe. Roberto Francisco Daniel, da diocese de Bauru, foi excomungado por heresia e cisma contra os dogmas da Igreja depois de ter traído o compromisso de fidelidade à mesma em nome da "liberdade de expressão". Após várias tentativas goradas por parte do bispo para um entendimento com ele, aplicou-se o cânone 1364 do Código de Direito Canónico.


sábado, 27 de Setembro de 2014

O Papa Bento XVI tinha razão sobre os muçulmanos


O discurso do Papa Bento XVI, hoje Papa emérito como todos nós sabemos, em 2006 na Universidade alemã de Regensburg (Ratisbona), onde ele chegou a ser professor, enfureceu o mundo muçulmano e também o mundo ocidental relativista e cada vez mais hostil ao Cristianismo, com os média a condenarem em peso a palestra do Papa alemão. Hoje, oito anos depois, e perante o que está a acontecer na Síria e no Iraque (e não só infelizmente, mas estes dois países têm cobertura mediática), o seu discurso na universidade parece ressoar com força. Bento XVI tinha então colocado o dedo na ferida. Na altura, tanto os média como os muçulmanos reagiram violentamente às declarações de Ratzinger, que citou um imperador bizantino, acusando-o de fanático e provocador, quando na verdade ele tinha simplesmente convidado ao diálogo na razão. Viu-se afinal que tanto os média como os muçulmanos sofrem de patologias descritas no discurso feito pelo saudoso Papa alemão. Pudera o actual Papa, o Francisco, chegar aos calcanhares dele.

 
O islão é um culto satânico violento por natureza. É pena ainda haver hoje em dia muita gente que não quer enxergar a realidade em nome do relativismo e do multiculturalismo do politicamente correcto.

Cientistas alemães contrariam Hawking

 
O famoso cientista britânico Stephen Hawking concedeu recentemente uma entrevista ao diário espanhol El Mundo em que voltou a descartar a possibilidade da existência de Deus. "Não há nenhum Deus. Sou ateu. A religião crê nos milagres, mas estes não são compatíveis com a ciência", afirmou. "Creio que conseguiremos entender a origem da estrutura do universo. Aliás, estamos perto de conseguir este objectivo. Na minha opinião, não há nenhum aspecto da realidade fora do alcance da mente humana" (com que prova científica Hawking afirma a sua opinião?). Curiosamente, também recentemente, dois cientistas alemães formalizaram o teorema sobre a existência divina escrito pelo matemático checo Kurt Gödel (1906-1978), que por sua vez se inspirou na teoria elaborada por São Anselmo da Cantuária (1033-1109), um dos Doutores da Igreja. Christoph Benzmüller e Bruno Woltzenlogel Paleo, da Universidade Livre de Berlim, aproveitaram-se da teoria deixada por Gödel, baseada nos princípios da lógica modal e com a inovação de ter teoremas (pressupostos que não podem ser comprovados) como equações matemáticas, o que faz com que, a partir daí, a existência de um "ser superior" concebido como "o maior", aquele para o qual não poderia ser concebido um ser maior, poderia ser comprovado. Com o uso de um MacBook comum, ambos mostraram que a prova de Gödel está correcta (pelo menos a nível matemático) através duma lógica modal superior. "É totalmente incrível que, a partir deste argumento liderado por Gödel, tudo isso pode ser provado automaticamente em poucos segundos, ou até menos num notebook padrão", explicou Benzmüller ao jornal Spiegel.
É claro que não importa o quanto a ciência evolui ao ponto de conseguir explicar melhor a existência de Deus, pois há-de haver sempre ateus como há-de haver sempre, felizmente, crentes em Deus. Escreveu Rui Ramos, do Observador, que "para Hawking, Deus fez-se ciência, e é por isso que não hesita em reivindicar para a ciência todos os tradicionais atributos divinos, menos os 'milagres' - o que, todavia, não o impede de avançar com transcendentes promessas de salvação, como a de que a exploração espacial 'poderá evitar o desaparecimento da Humanidade devido à colonização de outros planetas'. A ciência, aparentemente, tem os seus milagres, embora do género Star Wars. Isto não é certamente agnosticismo, mas também não é apenas ateísmo. É a antiga superstição da ciência, o velho culto do progresso, típico dos autodidactas do século XIX, quando a máquina a vapor e a electricidade foram celebradas como os poderes do futuro homem-deus. De facto, é Hawking que representa, nesta história, a fase mais primitiva".
 
Diz o insensato no seu coração: Não há Deus (Salmos 14:1).

Morrem 4 elefantes por dia em Moçambique

 
Segundo a Wildlife Conservation Society (WCS), os caçadores furtivos matam diariamente quatro elefantes em Moçambique. Carlos Lopes, da ONG vocacionada para a vida selvagem, referiu-se ao ritmo a que os elefantes são abatidos como "um desastre nacional", acrescentando que entre 1500 e 1800 elefantes são mortos anualmente e que dos 50 mil que existiam na década de 1970, ie., antes da descolonização portuguesa, agora já só restam menos de 20 mil.
Pois, assim que os elefantes forem todos erradicados da face da Terra o negócio acabará finalmente e ficarão todos muito contentes.

Dogmas Portistas Pintistas

HÁ MENTIRAS QUE OS PORTISTAS NÃO ADMITEM SER POSTAS EM CAUSA. FICAM FURIOSOS, ATÉ VIOLENTOS.


Porque sabem que são essas mentiras que sustentam o actual (com 30 anos) FC Porto. Ao deixarem ou se deixarem atingir ou desmascarar essas mentiras estão a permitir desestruturar o poderio do FCP. E isso deitará por terra o mito do Clube do Presidente Infalível. 
Apesar do tema de hoje no EDB ser acerca de assuntos do FC Porto, eles tornam-se importantes para os adversários - o Benfica para eles é inimigo - porque mostram como esse clube utiliza todos os meios para vigarizar e ainda "se ri". A rábula do número de espectadores - os dois últimos números são o dos marcadores do primeiro golo do FCP no jogo - ilustra como desprezam a verdade e o rigor! 
Em 2014/15 como desde... sempre. Até o número de espectadores presentes no estádio viciam. Está-lhes no "sangue"!

Record; página 17; 24 de Setembro de 2014
Nem tudo é mau. Pelo menos ficamos logo a saber quem marcou o primeiro golo do FC Porto: Jornada 1, n.º 36 - Rúben Neves; Jornada 3, n.º 8 - Brahimi; Jornada 5, n.º 9 - Jackson (como não houve golo do FCP deu-se uma ocorrência com o futebolista): primeiro remate, fora-de-jogo mal assinalado, grande penalidade por assinalar, etc., ou seja, algo que um dirigente do FCP (Antero Henrique ou Pinto da Costa) decidiu ser o facto mais importante do jogo. Assim se vê o rigor do FêCêPê! 

Calabote 

Dogma criado por José Maria Pedroto no final da década de 70 para "esconder" os benefícios que estava a obter da arbitragem. Perante as críticas que o FCP estava a ser beneficiado respondia que o "Benfica/ Benfiquistas/ Vocês queriam era Calabotes!" 
O árbitro Inocêncio Calabote era "persona non grata" de Pedroto já no tempo deste - anos 50 - como futebolista e capitão do FCP, devido a - pelo menos - duas arbitragens do FCP com o SCP. Depois de terminar o campeonato nacional de 1958/59 o "Processo Calabote" serviu para esconder a arbitragem de Francisco Guiomar em Torres Vedras onde expulsou dois futebolistas do SCU Torreense. Se foram "justas ou não" a verdade é que o clube visitado ficou reduzido a nove, entre o 2-0 (88 ') e 3-0 (90') que deu o título ao FC Porto. 
Depois com Pinto da Costa seguiu-se a arquitectura do Dogma Calabote: mais de dez minutos de "prolongamento" (quando foram três ou quatro minutos), expulsões de jogadores do GD CUF (nem no singular houve expulsões quanto mais no plural), grandes penalidades inventadas (quando duas são inequívocas, uma dúbia - há quem escreva desde não ter existido falta, até ser livre directo ou mesmo que era grande penalidade) mas há quem escreva - por exemplo, em "O Século" - que existiu uma grande penalidade aos 60 minutos transformada em livre-directo, ou seja, a falta foi cometida dentro da grande-área mas Inocêncio Calabote mandou colocar a bola fora desta! 
O dogma ainda há pouco tempo foi avivado, em Maio, pela revista oficial do clube portista.

Revista "Dragões", Maio de 2014

Para o excelente "O Norte Desportivo" foram cinco minutos. O que confirma o que dizem algumas "fontes" que o jogo do Benfica começou sete minutos depois do que se realizou em Torres Vedras, mas depois, o FCP em Torres Vedras conseguiu atrasar o início da segunda parte em cerca de dois minutos, "encurtando" de sete para cinco o tempo de desfasamento entre os dois encontros!

Para o "O Primeiro de Janeiro" foram bem assinaladas as três
grandes penalidades, mesmo aquela da qual resultou o 2-0!
Antigo Regime 

Dogma criado por Pinto da Costa (no seguimento da Cartilha Pedroto de desviar as atenções) em meados dos anos 90 para justificar porque ganhava o FCP tanto nos anos 90 e não o conseguia fazer antes! Não conseguia porque o Benfica era o Clube do Regime por isso protegido por este com todos os outros clubes a serem prejudicados. 
Há um outro dogma (numa espécie de dogmazinho) associado a este. O FCP começou a dominar quando começou em Portugal a Democracia. Mentiras, mas que passam por verdades. 
O primeiro clube a beneficiar do Regime Repressivo, implantado em 28 de Maio de 1926, foi o FCP. Foi Instituição de Utilidade Pública em 13 de Março de 1928. O SLB - integrando um conjunto de cinco emblemas - só atingiu tal distinção (e benesses financeiras) em 6 de Setembro de 1960.



O FCP teve dirigentes - presidentes da Direcção - com promiscuidade entre clube e Regime, ou seja, foram em simultâneo dirigentes do FCP e exerceram cargos políticos no Estado Novo. Ao contrário do Benfica.

Da esquerda para a direita. Ângelo César (presidente do FC Porto entre 1938 e 1939),
Oliveira Salazar (1889/1970), Óscar Carmona (1869/1951), Urgel Horta (presidente do
FC Porto em 1928/29 e de 1951 a 1953)
O Clube que mais beneficiou da implantação da Democracia foi o Benfica. Tricampeão logo entre 1974/75 e 1976/77. Nas vinte temporadas após 1974 (1974/75 a 1993/94) o SLB conquistou mais que o FCP: Mais dois campeonatos nacionais e mais duas Taças de Portugal, além de melhores classificações e melhores percursos na Taça de Portugal.
Por tudo isto Pinto da Costa só criou o dogma nos anos 90. Se fosse a seguir ao 25 de Abril de 1974 era ridicularizado, pois havia ainda muitas pessoas vivas e com memória que fariam chacota e virariam - com exemplos concretos - o Clube do Regime para o FC Porto. 

SLB e FCP NAS DUAS COMPETIÇÕES QUE OUTORGAM TÍTULOS NACIONAIS EM PORTUGAL


Por tudo isto Pinto da Costa só criou o dogma nos anos 90. Se fosse nos anos 80 seria ridículo pois o Benfica ganhava mais. E ganhou enquanto a Democracia não se degradou, com o FCP a ser um dos principais cancros dessa degradação, pela interferência que tem na política e na justiça. 

Antes e Depois 

Um dos dogmas que mais recentemente têm sido reforçados dentro do Pintismo portista é o do Dia e da Noite. Do Tudo e do Nada. Do Depois e do Antes. E que é a ideologia do Museu do FCP by BMG. Antes de Pinto da Costa o FC Porto nada ganhava. Quase nem existia. Porque a sua existência era vegetativa. Depois com Pinto da Costa refundou-se o Clube. Como que a dizer se todos fossem como Pinto da Costa, se soubessem defender o FCP, o FCP ganhava tudo. O "problema" é que não podiam ter feito corrupção como Pinto da Costa. Eram presos. O FCP ganhava à sua dimensão. E ganhava muito. Na sua região - campeonatos regionais e outras competições no âmbito da AFP - ganhava praticamente tudo. Dizimou os outros clubes. Nem que fosse à força, como no caso dos "Andrades" no início dos anos 30. Por isso era odiado na cidade. E ainda é. Só nos subúrbios da Invicta é que tem apoio. Porque o tempo tudo faz esquecer, e há muito desenraizamento de valores. 
A nível nacional foi o primeiro a ser campeão de Portugal (1921/22) depois equiparado a Taça de Portugal, pela FPF, em 1939. O primeiro a conquistar a I Liga (1934/35) depois equiparado a campeonato nacional, pela FPF, em 1939. O primeiro a conquistar um Bicampeonato. O segundo a conseguir - igualando o Benfica - três títulos de campeão nacional. Tudo antes do Sporting CP conseguir o primeiro título de campeão nacional. 
O FCP ganhou menos que o Benfica e Sporting CP porque era de uma região menos populosa que Lisboa e com menor poder económico, baseada numa economia de desigualdades, onde estas eram maiores do que a existente na Grande Lisboa (Indústria pesada e comércio grossista). No Grande Porto (indústria familiar e comércio retalhista) os ricos são mais ricos e os pobres são mais pobres. Desde o tempo do Marquês de Pombal - desenvolvimento da região vinhateira do Douro - que é assim. 
O Grande Porto, em termos económicos, não é comparável a Manchester/ Liverpool, à Catalunha, a Milão/ Turim, etc. É comparável a Salónica, Craiova, Sampetersburgo, etc. Mesmo assim ainda ostracizava e achincalhava os pequenos clubes da cidade e arredores levando o ódio ao FC Porto a metade dos habitantes...



Fotografias tiradas por mim no Museu do FC Porto (NOTA: Tenho dois textos + fotografias
programados para escrever acerca de dois assuntos tratados neste Museu: O modo como
tratam a história do FCP e o modo como tratam um adversário valoroso, o único bicampeão
europeu português, o SLB)!
Refundação em 1893 

Outro dogma é o da fundação em 28 de Setembro de 1893. Quando entre 1907 e 1987 foi sempre comemorada tendo como referencial 2 de Agosto de 1906. Uma decisão que se sabe foi tomada por Pinto da Costa depois de 2 de Agosto de 1986 quando lhe foi sugerida por Rui Guedes, autor da "Fotobiografia do FC Porto, quando este andava a preparar a edição do livro, publicado em 1987. Livro que está proibido de ser reeditado por conter muitos documentos com data de fundação 2 de Agosto de 1906. Além disso Rui Guedes dá a entender que descobriu a data de 28 de Setembro de 1893 quando é falso. O notável portista António Rodrigues Teles que acompanhou e historiou o FCP praticamente desde o inicio já tinha analisado o assunto e percebido que não tinha havido ligação entre os dois clubes, apesar do nome e porque o de 1893 não passou de um repto lançado apenas num jornal de Lisboa para desafiar os futebolistas da cidade de Lisboa a defrontarem os da cidade do Porto. 
Consta - foi dito pouco tempo depois da resolução da assembleia geral de Fevereiro de 1988 que alterou a data de fundação - que Pinto da Costa pressionado, por associados e alguns dirigentes que faziam parte da sua lista de gerência - pelos maus resultados após a sua eleição como presidente em Março de 1982 assegurou que seria "até capaz de alterar a fundação do Clube e que conseguiria mudar na comunicação social a data de 2 de Agosto de 1906 para 28 de Setembro de 1893". E conseguiu. Provavelmente até com mais facilidade do que pensaria, a ser verdade que ele disse o que se disse - em finais dos anos 80 - que disse (por volta do aniversário dos cinco anos, da eleição ou tomada de posse - Março/ Abril de 1987 - de presidência)!


A refundação é uma mentira grosseira. 
1.º - Se o FCP tivesse sido fundado em 1893 o seu fundador António Nicolau de Almeida tinha esclarecido o assunto. E teve muitos anos para isso pois faleceu em 1948. Teve 42 anos!; 
2.º - Se o FCP tivesse sido fundado em 1893 António Nicolau de Almeida mesmo não podendo jogar (o dogma encena uma proibição por parte da esposa!) nada o impedia de ser associado do FCP!; 
3.º - Se o FCP tivesse sido fundado em 1893 o clube não andava até 1987 enganado!; 
4.º - Se o FCP tivesse sido fundado em 1893 não se homenageava José Monteiro da Costa como fundador desde que faleceu em 1911!; 
5.º - Se o FCP tivesse sido fundado em 1893, 13 anos depois, em 1906, não se ignorava essa fundação!; 
6.º - Se o FCP tivesse sido fundado em 1893 sabia-se a data da inauguração não tendo necessidade de utilizar - por nada haver - e apropriarem-se da data de um jornal de Lisboa em que se publicou um repto. Logo no dia em que o Clube foi fundado! Que pontaria. 

NOTA (Em que pergunto a mim mesmo e respondo): 
Alberto Miguéns não estás farto deste assunto? Não estou farto. Estou fartíssimo. Mas ainda estou mais enojado com a conivência dos media que "comem e calam"! Mesmo com uma mentira do tamanho do Universo! 

Um dogma com que Pinto da Costa goza pois até conseguiu inventar uma nova data de fundação para o clube e ajoelhar tudo e todos!


1.º Se o FCP tivesse sido fundado em 1893, o seu fundador, António Nicolau d'Almeida tinha esclarecido o assunto. E teve muitos anos para isso pois faleceu em 1948. Teve 42 anos para repor a "verdade"!


2.º Se o FCP tivesse sido fundado em 1893 António Nicolau d'Almeida mesmo não podendo jogar (o dogma encena uma proibição por parte da esposa!) nada o impedia de ser associado do FCP!




3.º Se o FCP tivesse sido fundado em 1893 o clube não andava até 1987 enganado!


4.º - Se o FCP tivesse sido fundado em 1893 não se homenageava José Monteiro da Costa como fundador desde que faleceu em 1911 até 1987 (Pinto da Costa ainda esteve no cemitério de Agramonte em 2 de Agosto de 1986)! E com romagens anuais publicitadas nos inúmeros jornais da cidade António Nicolau d' Almeida nunca ficaria "impávido e sereno"! Nada disse ou esclareceu, porque nada havia a dizer ou esclarecer!




5.º - Se o FCP tivesse sido fundado em 1893 em 1906 - 13 anos depois - não se ignorava essa fundação! Os fundadores de 1906 desconheciam a existência desse FCP de 1893! Até da existência de futebol na cidade!!!!!!!!!!!!!



6.º - Se o FCP tivesse sido fundado em 1893 sabia-se a data da fundação não tendo necessidade de utilizar - por nada haver - o dia da edição de um jornal de Lisboa em que se publicou um repto de velocipedistas - cycles - do Porto a futebolistas de Lisboa. E logo com notícia da fundação escrita no dia em que o Clube foi... fundado! Num tempo em que uma carta demorava dois ou três dias a chegar a Lisboa vinda do Porto! Que pontaria! (Apesar das letras da data surgirem sempre bem pequenas para não se perceber que a data do jornal é a data do dia da fundação)

Arbitragens 

Dogma. Não ligam aos árbitros, só se interessam pelo futebol "jogado nas quatro linhas" mas... nunca quiseram, através da Associação de Futebol do Porto (como maior associação regional do País), escolher o presidente da Federação Portuguesa de Futebol (davam a Lisboa - AFL, 2.ª maior), o presidente do Conselho de Justiça (davam a Braga - AFB, 3.ª maior), o presidente do Conselho de Disciplina (davam a Aveiro - AFA, 4.ª maior), para poder escolher o presidente do Conselho de Arbitragem, 4.ª na hierarquia!


Sport TV 

Dogma. A Olivedesportos nunca quis desenvolver o espectáculo - futebol português - do qual vivia: as transmissões de jogos do Benfica, Sporting CP e FC Porto. Ao Benfica davam "tostões" para recolher "milhões" que distribuíam pelo FC Porto e Sporting CP (enquanto vigorou o Projecto Roquette).


Jornalecos e jornais 

Dogma. São perseguidos pelos media, principalmente os de Lisboa. Mas têm jornais arregimentados - O Jogo, Jornal de Notícias e Diário de Notícias (através da Controlinveste); e Público (da Sonae do portista, ex-dirigente do FCP, Belmiro de Azevedo). Em "A Bola" têm uma redacção norte de fanáticos e colunistas inenarráveis como Miguel Sousa Tavares e Pedro Marques Lopes. Do Benfica Bagão Félix e Fernando Seara. Quem?! Dâmaso Salcede!


Conexões 

Muitas amizades e ódiozinhos tem ele tecido em 30 anos. Amigo do meu amigo meu amigo é! Inimigo de meu inimigo meu amigo é!


Outro lado 

Onde estão os portistas que andam de cabeça erguida!? Têm de existir. Haverá!?


Abaixo este portismo abjecto. 


Alberto Miguéns
in Em Defesa do Benfica